“Não procede”

Ricardo Maia

Ricardo Maia nega qualquer movimento junto ao governo do estado visando eventual nomeação em cargo público.
Como conhece vários secretários e assessores de Beto Richa, ele tem tratado de ajudar a abrir portas para Maringá – não mais que isso.

O ex-deputado estadual, que considera este tipo de especulação uma estratégia que busca prejudicar a administração do irmão, acrescenta que em fevereiro retorna ao comando de sua emissora de rádio FM, que iniciará uma nova fase, com novidades na programação.

Angelo Rigon

Jornalista em Maringá. Começou em jornal aos 14 anos, foi editor-chefe dos três jornais diários de Maringá. Pioneiro em blog político, repórter e apresentador de programa de televisão, apresentador de programa político nas rádios Jornal, Difusora e Banda 1, comentarista das rádios Metropolitana e Guairacá, editor de diversos jornais e revistas, como Umuarama Ilustrado, Correio da Cidade, Expresso Paraná, Maringá M9 e Página 9. Atualmente integra o cast da Jovem Pan Maringá.

21 pitacos em ““Não procede”

  1. nereu vidal cezar diz:

    Se o Governador nomeá-lo fara uma boa aquisiçao, pois o Ricardo Maia, possuíum grande jogo de cintura, poderá ser muito útil, como intrelocutor do Governo, no Noroeste.

  2. Dê acordo com informações de pessoas fidedignas do Beto RIcha, é que Ricardo Barros, barrou ida de Ricardo Maia, irmão do prefeito para o governo do estado para não fortalecer o Ulisses Maia..

  3. ambrosio brambilla diz:

    2018 vai ser eleição só para os novos.
    Acredito que nenhum dos deputados estaduais e federais de Maringá terão chance da reeleição.
    Evandro…..20% de reeleição
    Maria Victória….30% de reeleição.
    Batista……50% reeleição

    Enio Verri……….5% de reeleição
    Edmar……10% de reeleição
    Ricardo……30% de reeleição
    Nishimori….40% de reeleição

    Mas a pergunta que não se cala nos bastidores, é quem serão estes nomes novos que terão chances em Maringá.

    Talvez Humberto Henrique, Homero Marquese, Ricardo Maia…Sargento Fahur…

    Tá complicado a situação, porque destes novos, ninguém tem a grana para uma disputa e a procura de votos no estado.
    Portanto, cuide-se da política em Maringá, ou diminuiremos nossos representantes a partir de 2018.

  4. e as cczada da gestao anterior como estao? como disse um individuo aqui….quem era 11 cresceu virou 12….. e sao diretores ho0je da educação e tudo mais….e quando ler esse pitaco a diretorinha fica P da vida e ja esta soltando farpas para acabar com as professorinhas.. coitadas…. Edson ta ficaNDO FEIOOOOOO O NEGOCIO DA EDUCAÇÃO

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Você pode usar estas HTML tags e atributos:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>