Beto quer gastar até R$ 120 milhões com publicidade

publicidade

De Alexsandro Ribeiro, no site Livre.jor:

“Os investimentos realizados pela gestão precisam chegar até o público final”, alega o Governo do Paraná, no edital de licitação 01/2016 da Secretaria de Estado da Comunicação Social.
No próximo dia 13 de fevereiro, o órgão escolherá cinco agências de publicidade, que receberão até R$ 120 milhões por 12 meses de trabalho.

Isso inclui planejamento, pesquisas, “formas inovadoras de comunicação publicitária”, execução técnica das peças e criação para o ambiente digital. Afinal de contas, diz o documento, “as realizações do Estado devem ser percebidas pelos benefícios que geram aos paranaenses”.
A última licitação para contratar agências de publicidade foi finalizada em 2012, quando seis empresas foram credenciadas para trabalhar na divulgação do Governo do Paraná: Master, CCZ, GPAC, Opus Múltipla, By Vivas e TIF Comunicação. O valor, na época, era de R$ 143 milhões para atender toda a administração direta e indireta. Ano a ano, desde então, o contrato foi estendido por meio de aditivos, cujos valores totais, mesmo com alguma redução, ficaram em torno dos R$ 100 milhões/ano. Comparando as duas licitações, foi mantido o valor médio de R$ 24 milhões/ano por agência de propaganda a ser contratada. Leia mais.

Angelo Rigon

6 pitacos em “Beto quer gastar até R$ 120 milhões com publicidade

  1. WalterAlexandrno diz:

    Aguardaremos notícias sobre o andamento das medidas anunciadas pelo governo quando da falta d’água na cidade, que completará aniversário no próximo dia 11/01.

    Parte desse valor a ser gasto com publicidade virá da tributação/aumento do ICMS sobre remédios, manchete estampada por um jornal na semana passada.

    A propósito, quando se fala em tributação as pessoas pensam de imediato no governo federal, esquecendo-se que os Estados são grandes tributadores. No Paraná contas de água, luz, celular, tributação de ICMS de 29%. Com o aumento da alíquota e redução do desconto, desconfio que o IPVA daqui é o mais caro do Brasil.

  2. Prá isso tem dinheiro, depois fica reclamando.

    O governo não precisa fazer publicidade do que faz, pois todos ficam sabendo ao ver as obras do governo em andamento e rápido, não a passo de tartaruga.

  3. Eleitor injuriado diz:

    Uma vergonha os gastos com publicidade deste governo, e o pior muitas das propagandas não são reais, só existem nos visores, sem contar que coisas anunciadas a anos voltam a ser temas em propagandas atuais,isto també é uma forma de desvio de dinheiro que deveria ser questionada pelo MP. E que podem muito bem ser considerada como desvio de dinheiro,aos moldes que ocorrem na operação lava jato.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Você pode usar estas HTML tags e atributos:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>