Lambança no paisagismo

Canteiro

Canteiro

Leitor, que viu dias atrás reportagem sobre obras mal feitas na avenida Morangueira, em Maringá, denuncia que (o caro) paisagismo do canteiro central foi feito de maneira errada – tanto na Morangueira quanto na avenida 19 de Dezembro.
Embaixo do canteiro tem um grossa camada de pedras, logo acima tem uma camada de 10 cm de terra e por cima dessa fina camada de terra tem a grama e as palmeiras plantadas.

“Acontece que essa fina camada de terra é insuficiente para as palmeiras e a grama sobreviverem, pois no caso da avenida 19, mesmo as plantas tendo sido plantadas em pleno período de chuva, a grama, e principalmente as palmeiras, que devem ter custado no mínimo R$ 1 mil cada (preço de mercado sem superfaturamento), estão morrendo, e vão morrer todas”, acrescenta.
As fotos acima mostram a avenida Morangueira e dá pra ver como está sendo feito o serviço. As do canteiro pronto, abaixo, são da avenida 19 de Dezembro, onde dá para se notar que a grama e as palmeiras estão quase mortas. O que tem de verde por cima da grama é apenas mato.
Lembrando que a administração Pupin/Barros, inimiga do meio ambiente, retirou trocentas grevíleas e flamboiãs floridos para fazer esta lambança, que, como sempre, pesará no bolso do contribuinte maringaense.

Canteiro

Canteiro

Angelo Rigon

Jornalista em Maringá. Começou em jornal aos 14 anos, foi editor-chefe dos três jornais diários de Maringá. Pioneiro em blog político, repórter e apresentador de programa de televisão, apresentador de programa político nas rádios Jornal, Difusora e Banda 1, comentarista das rádios Metropolitana e Guairacá, editor de diversos jornais e revistas, como Umuarama Ilustrado, Correio da Cidade, Expresso Paraná, Maringá M9 e Página 9. Atualmente integra o cast da Jovem Pan Maringá.

4 pitacos em “Lambança no paisagismo

  1. A fina camada de terra como foi citado não é o problema pois o bulbo da palmeira chegará num ponto mais profundo, essa camada de terra serve apenas para a grama.
    O problema de manter a palmeira viva é a manutenção que ela gera, são necessários centenas de litros de água por dia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Você pode usar estas HTML tags e atributos:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>