Verba de gabinete

O caso da verba de gabinete – em que 21 vereadores da legislatura 2001-2004 foram condenados a devolver dinheiro referente às atividades legislativas – andou nesta quarta-feira, no Superior Tribunal de Justiça.
Desde 14 de março os autos estão conclusos para julgamento ao ministro Herman Benjamin, relator,  com embargos de declaração. Hoje, às 14h51, os autos foram recebidos na Coordenadoria da Corte Especial. Os vereadores e ex-vereadores já perderam recursos no STJ, e este seria o último.

Angelo Rigon


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Você pode usar estas HTML tags e atributos:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>