Entidades ligadas à Acim fazem protesto nesta quarta

Entidades maringaenses ligadas à Associação Comercial e Empresarial de Maringá estão conclamando empresários e funcionários a fechar as portas por uma hora amanhã, 23, das 10 às 11 horas, em protesto contra a corrupção, a favor da moralidade na gestão pública e em apoio à Operação Lava Jato.
As entidades ligadas à construção civil orientam que as obras sejam paralisadas das 10h30 às 11h30.

Apoiam a mobilização da Acim a subseção local da Ordem dos Advogados do Brasil, Maringá e Região Convention & Visitors Bureau, Sivamar, Abrasel, Sinepe, Noroeste Garantias, Conseg Maringá, Codem, ICI, Sincontábil, Sinduscon, Seconci, Sinca e Setcamar.

Angelo Rigon

Jornalista em Maringá. Começou em jornal aos 14 anos, foi editor-chefe dos três jornais diários de Maringá. Pioneiro em blog político, repórter e apresentador de programa de televisão, apresentador de programa político nas rádios Jornal, Difusora e Banda 1, comentarista das rádios Metropolitana e Guairacá, editor de diversos jornais e revistas, como Umuarama Ilustrado, Correio da Cidade, Expresso Paraná, Maringá M9 e Página 9. Atualmente integra o cast da Jovem Pan Maringá.

6 pitacos em “Entidades ligadas à Acim fazem protesto nesta quarta

  1. Seria lindo se essas entidades começassem protestando dentro das próprias casas, por exemplo, combatendo a sonegação fiscal praticada por seus sócios, exigindo que os mesmos garantam os direitos trabalhistas de seus funcionários. Que a OAB combatesse os advogados que ao invés de trabalharem pelo cumprimento da lei atuam para orientar seus clientes a burla-la. Que o Sindcontábil pegasse no pé dos contadores que acobertam e até estimulam a prática do caixa 2 e da sonegação fiscal. Que o Condem deixasse de ser um braço da administração municipal e trabalhasse realmente pelo desenvolvimento da cidade e pelos interesses de determinados grupos. Que o Sinduscon combatesse a especulação imobiliária que há tempos vem descaracterizando o ambiente urbano de Maringá em prol dos lucros das grandes construtoras. Etc, Etc, Etc…
    Que tal também protestar contra a corrupção que assola a cidade e exigir a investigação das tantas denúncias que surgem mas são engavetadas porque um determinado grupo politico tem total controle sobre quem deveria fiscalizar? Que tal combater uma certa figura que exerce sobre o Executivo e o Legislativo municipal uma influência muito maior do que a exercida pelo Lula sobre a presidente Dilma e sua base aliada no Congresso? Que tal combater uma família que já comanda politicamente a cidade e aos poucos está estendendo seus tentáculos sobre o estado tornando o Paraná uma espécie de “Maranhão do Sul”? Que tal protestar contra um deputado da cidade que apoia a presidente Dilma e que está prestes a deixar o cargo para o qual foi eleito e assumir uma secretaria de estado no governo tucano e que já declarou publicamente que fará isso para poder cuidar dos próprios interesses políticos que neste momento são eleger o irmão prefeito de Maringá, encaixar a filha em uma chama majoritária para concorrer à prefeitura de Curitiba e costurar alianças (não se sabe a que custo) para eleger a esposa governadora em 2018?

  2. Esta entidade a ACIM, “MICA” ao contrário, deveria chamar Dom RB, para proferir palestra em homenagem a dona Dil má. A entidade nessas questões, ao longo dos anos tem sido omissa. E na questão do fluxo de comércio em Maringá, notadamente na Avenida Brasil, tem que ser responsabilizada pelo fechamento das lojas comercias, já que a retirada dos estacionamentos centrais, espantou a clientela vindo de cidades regionais

  3. Por que não protestaram quando os Barros tiraram as escamas de peixe da Av. Brasil, fechando lojas e deixando os comerciantes em maus lençóis? Eita “sociedade organizada”?

    Ah… E preparem-se, funcionários da prefeitura… A a$$im vai vir babando em cima de vocês porque vocês acham que não vão conseguir viver UM ANO com um mísero reajuste de 4%… Ora, os secretários e cc$$$$ vão ficar SEM “aumento” ($ic)!!!!… Pra que elle$$$ vão precisar di$$o, senhor prefeito? Já e$tão com a$ “burra$” cheia$! Afinal, são 11 (ops… 11… ) anos de “benefícios”, né não?

    Pergunto à acim: existe algum sócio de vocês que não aplicaram a inflação TOTAL aos seus empregados?

    Ah… $ó pra lembrar… E o Beto Richa e a Operação Republicano? Aqui tem quantos sonegadores? Vão protestar não?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Você pode usar estas HTML tags e atributos:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>