Operação salvem as almas

portal

Ontem o prefeito Carlos Roberto Pupin (PP), numa operação que também visa a salvar a imagem de seu antecessor, mandou uma comitiva de cargos comissionados defender o gasto absurdo com obras desnecessárias no Parque do Ingá.
Parece que manipularam números e omitiram outros. Mas dá para saber se Pupin se contentou com o desempenho dos CCs amestrados: se ficou, contratará a turma para fazer um portal de R$ 300 mil na entrada de sua fazenda.

Angelo Rigon

Jornalista em Maringá. Começou em jornal aos 14 anos, foi editor-chefe dos três jornais diários de Maringá. Pioneiro em blog político, repórter e apresentador de programa de televisão, apresentador de programa político nas rádios Jornal, Difusora e Banda 1, comentarista das rádios Metropolitana e Guairacá, editor de diversos jornais e revistas, como Umuarama Ilustrado, Correio da Cidade, Expresso Paraná, Maringá M9 e Página 9. Atualmente integra o cast da Jovem Pan Maringá.

4 pitacos em “Operação salvem as almas

  1. ambrosio brambilla diz:

    Ouvi a explicação da secretária sobre o valor gasto no portal do parque do Ingá.
    Ela enfeitou tanto o portal, deu tanto detalhes, que me pareceu que o portal mais parecia a oitava maravilha do mundo.
    Na verdade ela se enrolou todinha, e só convenceu os trouxas.
    Também não gostei dos vereadores da oposição, que em resposta a secretária, disseram que o portal é lindo.
    Essa oposição da Câmara é fraca, frouxa. Verdadeira como uma nota de 3 reais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Você pode usar estas HTML tags e atributos:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>