TCE alerta Sarandi por ter extrapolado limite prudencial

Sarandi

No final de janeiro o Tribunal de Contas do Paraná emitiu um alerta ao município de Sarandi, através de decisão definitiva monocrática endereçada ao prefeito Carlos Alberto de Paula (PDT), por ter extrapolado o limite prudencial (46,55% da receita) com despesa com o funcionalismo público municipal.
De acordo com o procedimento de alerta solicitado pela Diretoria de Contas Municipais do TCE, e acolhido pelo relator, conselheiro Nestor Baptista, no segundo semestre de 2014 aquele município apresentou despesa total com pessoal na ordem de 48,93% em relação à receita corrente líquida.

A despesa total de pessoal ultrapassou o percentual de 90% do limite máximo permitido no artigo 20, III, b da LRF – ou seja, 54% da receita corrente líquida.
O Executivo de Sarandi foi intimado e tomou ciência da emissão do alerta.
Em maio do ano passado o prefeito de Sarandi anunciou medidas para redução de despesas, por conta da redução de recursos federais e estaduais.

Angelo Rigon

Jornalista em Maringá. Começou em jornal aos 14 anos, foi editor-chefe dos três jornais diários de Maringá. Pioneiro em blog político, repórter e apresentador de programa de televisão, apresentador de programa político nas rádios Jornal, Difusora e Banda 1, comentarista das rádios Metropolitana e Guairacá, editor de diversos jornais e revistas, como Umuarama Ilustrado, Correio da Cidade, Expresso Paraná, Maringá M9 e Página 9. Atualmente integra o cast da Jovem Pan Maringá.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Você pode usar estas HTML tags e atributos:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>