Um olho na falta de água e outro na captação indevida

OAB Maringá

Conselheiros da subseção maringaense da OAB reúnem-se hoje à tarde para discutir a responsabilidade da Sanepar em relação à crise hídrica na cidade. Reclama-se a falta de um plano de emergência da companhia.
Numa rede social, o presidente Marcelo Costa manifestou preocupação em relação à captação indevida de causas. Lembrou o Estatuto do Advogado e orientou que os profissionais sigam os estritos limites da lei “para qualquer ato de publicidade”.


“Muitos casos de panfletagem e publicidade para angariação explícita no caso da Sanepar estão sendo encaminhados à Comissão de Fiscalização, que tomará as medidas cabíveis”, escreveu ele em seu perfil.

Angelo Rigon

Jornalista em Maringá. Começou em jornal aos 14 anos, foi editor-chefe dos três jornais diários de Maringá. Pioneiro em blog político, repórter e apresentador de programa de televisão, apresentador de programa político nas rádios Jornal, Difusora e Banda 1, comentarista das rádios Metropolitana e Guairacá, editor de diversos jornais e revistas, como Umuarama Ilustrado, Correio da Cidade, Expresso Paraná, Maringá M9 e Página 9. Atualmente integra o cast da Jovem Pan Maringá.

2 pitacos em “Um olho na falta de água e outro na captação indevida

  1. Sustentabilidade kkķkkk SÍLVIO BARROS o Sr. Palestra…… sinceramente a questão da água é apenas um detalhe…. Maringá a fazenda iluminada… dominada pelos coroneis… maringa de toda nossa gente….. kkkkkkkkkkkk

  2. KKKKKKK, olha em caso semelhante (agua suja e com cheiro) houve diversos processos judiciais contra a Sanepar, mais em primeira instância e em segunda ficou claro que é impossível brigar contra o reinado. Aos advogados que querem ingressar com ações contra a Sanepar por esse motivo aconselho dar uma espiadinha nas recentes decisões no nosso micro sistema jurídico e no TRU.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Você pode usar estas HTML tags e atributos:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>