Diária de Kireeff é US$ 200 mais barata que a de Pupin

Dolar

Akino Maringá tem razão quando defende que o prefeito Carlos Roberto Pupin (PP), ao invés de fazer turismo no exterior com dinheiro público, pegue o busão e vá até Londrina aprender com o prefeito Kireeff (PSD) como gastar menos. Vez ou outra a prefeitura oferece um curso desses aos servidores, mas parece que o fazendeiro rico nunca se interessou em participar.
Veja agora, quando Pupin arruma as malas para mais uma viagem ao exterior: de próprio punho ele aumentou a diária internacional de US$ 450 para US$ 500. No país do PT, hoje, isso equivale a R$ 1.929,50 – ou R$ 27.013,00 ao final do périplo de 14 dias. Kireeff, prefeito de uma cidade maior que Maringá, quando viaja para o exterior tem diária de US$ 300, ou seja, R$ 1.157,70. (Foto: Marcos Santos)

Angelo Rigon


4 pitacos em “Diária de Kireeff é US$ 200 mais barata que a de Pupin

  1. Essas viagens são autorizadas por alguém? Ou Sua Majestade não precisa de autorização? Arranja um prêmio fake para receber e se manda? Eu tou inconformada com isso!

  2. A diferença é que o prefeito de Londrina não é convidado nem para comprar prêmio porque administra uma cidade quebrada. Nem o Paraguai convida o prefeito de Londrina para fazer compras em Cidade Deleste.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Você pode usar estas HTML tags e atributos:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>