Retomada de obra, anunciada em maio, só aconteceu ontem

Duplicação

O londrinense Osmar Ferreira Lopes, atarefado superintendente do DER em Maringá, que foi candidato a deputado estadual pelo PSC nas eleições passadas, garantiu a Carina Bernardino, da CBN, que a Extracon recebeu todo o dinheiro acordado com o governo do estado e que retomou ontem as obras da duplicação Maringá-Paiçandu, trecho de 4 quilômetros que virou uma novela para ser concluído. A obra deveria ter sido entregue em março de 2013, os deputados da base chegaram a anunciar a inauguração várias vezes e, em maio último, em meio à crise com os professores, o governo anunciou a retomada da parte final – mentiu, pois isso só ocorreu agora, em agosto.
O último pagamento teria ocorrido em junho, R$ 7 milhões via BNDES; a obra foi orçada em R$ 33 milhões.

Angelo Rigon


Um pitaco em “Retomada de obra, anunciada em maio, só aconteceu ontem

  1. Pagamento via BNDES? O Banco empresta, não faz pagamentos? Ou será que está fazendo pagamentos também? Às vezes desconfio que determinadas obras e aquisições de bens e serviços são pagos duas ou três vezes por fontes diferentes. E, se bobear, ainda inscrevem como restos a pagar para que um novo pagamento seja feito no ano seguinte.
    É verdade que vão trocar o nome da rodovia e chamá-la de tobogâ?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Você pode usar estas HTML tags e atributos:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>