Sem carreata e com viatura

Petistas de Maringá festejaram a vitória de Dilma Rousseff, como o blog registrou, nas proximidades do diretório municipal, na avenida Brasil, perto do antigo Aeroporto Gastão Vidigal. Houve bandeiras, gritos e rojões. O blog soube que, na empolgação, houve quem quisesse realizar uma carreata para comemorar, mas a direção do partido teria avaliado que não, que era melhor só ficar por ali.
Um secretário da administração municipal telefonou para o secretário de Trânsito e Segurança, Ideval de Oliveira (PMN), e pediu que, por via das dúvidas, uma viatura da Guarda Municipal ficasse de prontidão, nas imediações. Apesar dos problemas de frota, uma viatura ficou nas proximidades, com o giroflex ligado. Mas tudo transcorreu sem problemas.

Angelo Rigon

Jornalista em Maringá. Começou em jornal aos 14 anos, foi editor-chefe dos três jornais diários de Maringá. Pioneiro em blog político, repórter e apresentador de programa de televisão, apresentador de programa político nas rádios Jornal, Difusora e Banda 1, comentarista das rádios Metropolitana e Guairacá, editor de diversos jornais e revistas, como Umuarama Ilustrado, Correio da Cidade, Expresso Paraná, Maringá M9 e Página 9. Atualmente integra o cast da Jovem Pan Maringá.

3 pitacos em “Sem carreata e com viatura

  1. Não precisa protejer, mas também não precisa oprimir, como aconteceu com a polícia militar em Sarandi. Os simpatizantes de Dilma foram para a rua e foram agredidos até com spray de pimenta.

  2. Feliz com Dilma Presidente diz:

    O que foi feito pelo profissional da GM foi controlar o Transito já que a rua estava ocupada, tinha crianças e teve motorista louco. Foi prevenção, papel do poder público.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Você pode usar estas HTML tags e atributos:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>