Votação adiada

Luizinho Gari e Da Silva escaparam de votar, hoje, no veto do prefeito Carlos Roberto Pupin (PP) ao projeto do vale alimentação aos servidores públicos municipais, que acabou retirado de pauta por duas sessões. Na sessão foi aprovado projeto da mesa executiva que concede licença ao prefeito, de 11 a 20 próximos, para que ele tire férias.

Angelo Rigon


2 pitacos em “Votação adiada

  1. Fala-se em inconstitucionalidade, nem Ulisses Maia, nem o Sismmar se pronunciam.
    O artigo citado pela competente PROGE/PMM – Art. 61. § 1º – II a e b/CF , no meu “burro” entendimento refere-se ao Presidente da República, e o 66 e 87 da CE/PR, ao governador, o que não é o caso em tela e quanto ao da referenciado pela Lei Orgânica do Munícipio, refere-se a remuneração que me parece também não se enquadra no tema.
    Alguém, por favor, me corrija se eu estiver errada

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Você pode usar estas HTML tags e atributos:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>