Candidata a vice de Beto apaga foto com Dilma Rousseff

Página não encontrada
Candidata a vice na chapa do governador Beto Richa (PSDB), a deputada federal Cida Borghetti (Pros) retirou de seu Instagram uma foto feita no último dia 24, em Brasília, ao lado da presidente Dilma Rousseff (PT). A foto foi feita durante a convenção do Pros, conta Mariana Franco Ramos em reportagem da Folha de Londrina. Acima, o Twitter da parlamentar com o link da foto, que no entanto foi retirada da outra rede social. No início do mês Cida havia anunciado aliança com o PHS, para apoiar seu cunhado, Silvio Barros II, ao governo do estado; em nível nacional, o Pros apoia a reeleição de Dilma, enquanto o PSDB de Beto Richa está com Aécio Neves.

Angelo Rigon

Jornalista em Maringá. Começou em jornal aos 14 anos, foi editor-chefe dos três jornais diários de Maringá. Pioneiro em blog político, repórter e apresentador de programa de televisão, apresentador de programa político nas rádios Jornal, Difusora e Banda 1, comentarista das rádios Metropolitana e Guairacá, editor de diversos jornais e revistas, como Umuarama Ilustrado, Correio da Cidade, Expresso Paraná, Maringá M9 e Página 9. Atualmente integra o cast da Jovem Pan Maringá.

3 pitacos em “Candidata a vice de Beto apaga foto com Dilma Rousseff

  1. O maior exemplo de hipocrisia a gente vê em partidos políticos. Eu, como eleitor, não voto por partido político. O PT, poderia colocar um poste pra se candidatar e por isso eu deveria votar nele? Foi mais ou menos o que eles fizeram com a Dilma.

    Felizmente não vou atrás de bandeiras ou siglas. E sim busco conhecer os candidatos, independente de partidos.

    Eu, por exemplo, detesto o PT. Mas estou decepcionadíssimo com o candidato escolhido pelo PSDB. Devo votar no Aécio mesmo assim? Só porque não gosto do PT? No dia em que o povo parar de se importar com essas disPUTINHAS partidárias, quem sabe a coisa muda.

  2. Cido do Gabinete diz:

    “Eu jamais iria para a fogueira por uma opinião minha, afinal, não tenho certeza alguma. Porém, eu iria pelo direito de ter e mudar de opinião, quantas vezes eu quisesse.”

    (Friedrich Nietzsche)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Você pode usar estas HTML tags e atributos:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>