“É uma lástima”

Avenida Brasil, Maringá
Do leitor Josué Junior Gonçalves, que envia fotos do último dia 5: “É uma lástima. Moro há dez anos na região central e jamais vi a movimentada avenida Brasil nesse marasmo em pleno sábado pela manhã. Fiz questão de fotografar, pois fiquei abismado”.
Avenida Brasil, Maringá

Angelo Rigon

Jornalista em Maringá. Começou em jornal aos 14 anos, foi editor-chefe dos três jornais diários de Maringá. Pioneiro em blog político, repórter e apresentador de programa de televisão, apresentador de programa político nas rádios Jornal, Difusora e Banda 1, comentarista das rádios Metropolitana e Guairacá, editor de diversos jornais e revistas, como Umuarama Ilustrado, Correio da Cidade, Expresso Paraná, Maringá M9 e Página 9. Atualmente integra o cast da Jovem Pan Maringá.

15 pitacos em ““É uma lástima”

  1. As duas lojas fechadas mostradas nas fotos não servem de parametro. A loja com a porta azul, era de uma rede de lojas de um antigo presidente da ACIM, e pelo que sei, foi uma reestruturação na rede que os levaram a fechar não só esta mas outras várias, a outra loja nunca foi alugada, desde que foi construida, o aluguel cobrado é exorbitante.Portanto, não é a falta de vagas que fez com que elas não estivessem abertas, Post capicioso este.

    • Olá Ronaldo, tenho loja na Av Brasil a mais de 6 anos, comparando os 3 primeiros meses dos anos anteriores teve uma média de 65% de queda nas vendas este primeiro trimestre, obs: tenho outra loja no bairro fiz o mesmo comparativo e está dentro da média dos anos anteriores!!! E aí o que você me diz sobre o assunto, é ou não é a falta de estacionamento? Obs: minha loja na Av Brasil é confecções, situada na melhor quadra da Av…ao lado das Casas Bahia

  2. Só pra informar quem tem comércio na Avenida Brasil e está reclamando do baixo movimento, eu trabalhei como empresario do comércio por 12 anos na Avenida Brasil e faz 2 anos que estou com meu comércio na Avenida Mauá e posso afirmar que este ano de 2014 está sendo o pior começo de ano dos últimos 5, então talvez o baixo movimento não é culpa somente da retirada do estacionamento da Brasil e sim do desgoverno que estamos vivendo em todas as esferas;
    Imagina o governo do estado atrasando o pagamentos aos fornecedores, calcula quanto dinheiro está deixando de circular e tem mais, espera só os professores do Estado e UEM entrarem em greve aí sim vai ver o que é paradeira.

  3. Maringaenses,

    Não é papo de oposição! É papo reto de um Maringaense! A vontade que da é de chorar:

    – Avenida Brasil está desse jeito,
    – Avenida São Paulo, Paraná, Herval, caiu assustadoramente o comércio pelo exagero da implantação do Binário, agora instalar o Estacionamento pago o “ESTAR”! Pode isso! Avenida Colombo, Avenida Morangueira um caos! Portas e mais porta fechadas com placas aluga-se!

    Agora cair o movimento do maior centro comercial do Noroeste do Paraná e quando, implantar o Binário na Avenida Brasil,em Maringá, Culpa é do Prefeito, mas a maior culpa é dos vereadores de Maringá, não tem pulso, independência, conhecimento de causa, coragem, para defender o povo.

    Veja comerciantes de Maringá, se vocês não tomarem uma providencia, vão falir todos e as propriedades, estas centenas e mais centenas de prédios que estão construindo, vão ficar todos vazios! Não entre no papo da ACIM, gente, eles estão pensando nelles, no banco delles, nos supermercados delles, nos empreendimentos delles, pensaram que iriam construir um grande centro comercial derrubando a única história de Maringá a “Rodoviária Velha”, mas nós, Via Rede Sociais! Estamos segurando, e vamos para luta!

    Veja, conheço lojistas que ainda não vendeu a alma para o diabo, e mantem os seus direitos de suas lojas que sempre vão ter, e eles dizem, que até o advogado que eles tinham é empregado do empreendimento, o advogado é o Aberto Abrão!

    E senhores governantes (Vereadores e Prefeito) eleitos pelo povo(partes), desculpe o meu desabafo mas o TSE elegeu o Prefeito e não sei qual a Justiça não nomeou dois vereadores da Coligação PDT/PV o Luizinho Gari e o Da Silva, tem coisa ai?

    Somos uma população chamada gente de atinge quase 400 mil habitantes, e somos uma cidade polo regional do noroeste do Paraná e Maringá e a cidade referencia desse Polo chamado Noroeste do Paraná com uma estimada habitação de mais de 1 milhão de habitantes:

    E estamos morrendo na praia, pois, as pessoas fogem, ao momentos que as estruturas não oferecem alternativas, está totalmente parado em todos os aspectos, nada de novo.

    Onde poderíamos programar grandes centros para atendimentos na área da saúde, Educação, e infraestrutura.

    É fato de ser uma cidade Polo Regional o movimento em todos os aspectos aumentam e a violência também, o que poderíamos fazer cobrar os nossos Vereadores, e vemos que desconhecem o verdadeiro teor desse município chamado Maringá.

    Cobrar a responsabilidade o Estado, para dar mais seguranças a nossa cidade dado a está estrutura que abriga o nosso Noroeste do Paraná! E assim e a cobrança que deveria fazer também na Saúde e Educação! Kêde os nossos Deputados Estaduais e Federais?????

    Porque todos sabem que quem manda em Maringá é o Ricardo Barros, e o consequentemente o Ricardo Barros é quem da às cartas e sempre é ele que está com o “Royal straight flush”, e os empresários estão no mínimo com um “Quadra kicker”
    “E os maringaenses todos estão no mato”!

    Quer reagir população, vamos começar, este ano tem eleição, quer mudar, vamos mudar o comando, vote certo, se eleger os mesmos, as consequências, serão desastrosas!

    Por esse e outros motivos que as Mudanças são Imprescindíveis!

    José Fuji.

    • A Fuji dá um tempo. E Sr. Rigon! Parem de ser sensacionalistas.

      Primeiramente essa quadra, nunca foi tão movimentada assim, que chegasse a ser espantoso.

      Vamos expor alguns motivos que parecem que vocês não querem enxergar:

      Então você queria que o trânsito continuasse uma porcaria? Não tem nada a ver com o ESTAR ou o sentido binário (que por sinal, melhorou o trânsito umas 10x), ou a retirada dos estacionamentos mas sim que a economia do Brasil não tá lá essas coisas, então para de dor de cotovelo.

      Maringá está com uma das frotas maiores do Paraná, mas a cidade não é tão grande que nem a Capital, então tem que se tomar medidas para melhorar o trânsito! Se for deixar como antes deixando o centro um inferno, todos demorando meia hora para se locomover à pequenas distâncias, só para não quebrar o comércio da Brasil?? Já foi para Curitiba, São Paulo? Para melhorar o trânsito acabaram com muitos estacionamentos, infelizmente isso se chama medidas públicas sociais que são para todos, inclusive para o Senhor pegar seu carro e se locomover mais rápido sem um trânsito de louco e infernal, agora esse pensamento de empresário, infelizmente isso se chama riscos do negócio.

      Tem um problema também é que o Maringaense acha que a cidade é pequena ainda, parou no tempo e esquece que a cidade cresceu drasticamente e aí tem costume de querer parar o carro em frente a loja que irá comprar ou entrar, mas infelizmente a cidade cresceu rapidamente, a qualidade de vida do município também, então é necessário ter consciência que terá que estacionar em um local mais tranquilo que é “longe” (que comparado com ouras cidades, andar 3, 4 quadras ainda é perto!)

      E não acha que o mercado imobiliário está inflacionado, preços absurdos??? Isto tem a ver com que??? o Estacionamento da Brasil, o sentido binário??? Não, isto se chama uma com a ECONOMIA mesmo!

      Outra coisa que é de mente pequena e parada no tempo é achar que o comércio deve ser só no centro. Maringá tem muitos bairros e locais fora do centro que ainda podem ser expandidos.

      E os outros motivos também já felizmente citados pelos colegas Ronaldo, Thiago e Debora

  4. Não devemos culpar somente a retirada do estacionamento pelo fracasso do comércio de rua. Na medida que as condições das pessoas melhoram, elas buscam centros comerciais mais dinâmicos, como os shoppings por exemplo, onde além de comprar o consumidor tem varias opções para lazer e alimentação, isso sem contar o conforto do ar condicionado, a segurança e a paz de espírito de não ser ameaçado pelos infames flanelinhas

  5. Não é de hoje , de ontem ou de meses que varias lojas da av Brasil se encontram fechadas! Isto ja vem d uns 4 anos pra ca. Pela cidade inteira se repararem, existem muitas lojas pra alugarem! É a lei da oferta e da procura. Mas a consequência disso é do Governo, que individou as famílias deste país,toda família hj em dia tem financiamento de alguma coisa, de carro, faculdade, casa, moveis e eletrodomesticos. Tudo bem que isto melhorou a vida de muitas famílias, porém hj em dia as coisas sao construidas com muita dificuldade.
    Não acredito que a retirada das vagas da av. BRASIL são culpadas por estas lojas estarem fechadas, pois ja existem mtas na onde ainda existe. Mas acredito que logo logo muitas lojas vao fecharem por motivos finaceiros ou vão buscar outros bairros que ainda existem algumas vagas. Trabalho com vendas, e converso com muitos comerciantes, o que mais escuto é reclamação das vendas, de como o faturamento vem caindo, mês após mês. Juros sobre juros e pra que?? Pra beneficiar os bolivianos? Ou o bolso de nossos queridos politicos??

    Mudanças meu povo, rezem, orem e peçam a DEUS dicernimento e sabedoria para fazerem as coisas certas, pois a tendencia é piorar!!

  6. Mas o dedo da prefeitura se faz presente.

    Quando começar as demissões e vão começar
    aí vcs verão aqueles que defenderam as
    ações da prefeitura culpar os empresários.

  7. Cada cidade tem a administração que merece… quem pariu Pedro que o embale… Foi justamente essa mesma região que mais se via fervorosa pelos eleitos na atual administração … então toma…

    Mas uma verdade é inegável… ninguém pediu pra mudar o av Brasil… foi feito a revelia e por interesses que todos sabem quais são.
    Mas como pimenta no c* dos outros é refresco tem um monte de CC´s defendendo essa arbitrariedade…

    Obs: Tenho escritório na Av. Brasil e essa mudança é sentida por todos e atrapalhou, muito minha vida e de todos os comerciantes da região.

  8. A ferida é mais embaixo. O resultado dessas salas comerciais estarem vazias (em toda a cidade) é o alto valor do aluguel e da burocracia. O mercado imobiliário de Maringá já perdeu o bom senso. Chega a ser ridículo o que vem acontecendo.

    Agora achar que é por causa de umas vaguinhas de estacionamento é o cúmulo e é consentir com a exploração desse mercado imobiliário.

  9. Josué Júnior Gonçalves diz:

    Não é post tendencioso nem conversa para “boi dormir”.
    É fato que nesses últimos meses o movimento caiu drasticamente.
    Falo com propriedade de quem mora há muitos anos nessa região central e jamais vi uma situação dessa.
    O cidadão aí em cima comentou sobre grandes cidades, etc, etc. Tenho viajado por muitas e muitas cidades desse Brasil e posso afirmar que é vergonhosa a forma ou opções que são dadas para quem deseja estacionar para fazer compras ou qualquer outra razão.
    Sinto-me um sortudo por não necessitar de estacionamento, onde a exploração de flanelinhas, as multas abusivas ou preços exorbitantes de estacionamentos particulares estragam o dia de qualquer um.

    • Moro no Jardim Paris III e vou no centro todos os dias pelas 15:00 (fazer serviço de banco e as vezes em alguma loja). Não demoro tanto para achar um lugar para estacionar… No dia que demoro muiiito é no máximo 10 minutos. Só que é aquele negocio, eu consigo colocar meu carro (gol) em qualquer vaga… Agora tem uns que reclamam tanto que acho que são horríveis pra fazer baliza e ficam procurando vagas grandes ou são cegos e não conseguem ver as vagas livres. Sobre as multas em Maringa acho ridículo reclamar… Se fez algo de errado tem mesmo é que levar multa. Tenho carta a 17 anos e nunca levei nem uma multa. E olha que eu as vezes ultrapasso a velocidade limite, só por isso eu já mereceria receber uma multa…Mas nunca recebi…Não quer multa?! Então larga de fazer besteira no transito.

  10. Se estacionar uma Biz já complicou, imagina um carro? Há anos que vou ao centro de moto…ah…essa é certa…da minha pequena motoquinha vejo 1 carro, 1 pessoa…quase sempre. Minha motinha leva 2…egoísmo? Mostrar meu carrão? Sou foda?…

  11. marcos antunes souza diz:

    Se a AV. Brasil chegar a ficar com um movimento igual de um bairro afastado do centro, então as lojas (loja do centro e loja do bairro) terão as mesmas oportunidades. E logo o valor do aluguel na avenida Brasil automaticamente irá diminuir, pois compensará ter uma loja em um bairro. Socialistas adoram reclamar da “elite” mas na hora que realmente as oportunidades começam a se igualar dai o discurso muda só pra poder reclamar da oposição.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Você pode usar estas HTML tags e atributos:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>