Empresa acusada de sobrepreço em Curitiba tem contrato em Maringá

A Comissão Parlamentar de Inquérito da Urbs ouviu representantes da empresa Enterhelp, que entre os anos de 2011 e 2012 prestou serviço de bilhetagem eletrônica e controle de passagens por meio do cartão-transporte. Os membros da comissão tomaram a decisão de convocar a prestadora pelo fato de o contrato da empresa ter sido citado ao longo das sessões da CPI. De acordo com os vereadores, esse contrato tinha um valor de R$ 240 mil por ano – metade da quantia cobrada atualmente pela Dataprom, contratada sem licitação pelo Instituto Curitiba de Informática. Leia mais. A Dataprom tem contrato com a Prefeitura de Maringá há vários anos, inclusive com inexigibilidade de licitação, como ocorreu este ano, para fornecer peças e componentes eletrônicos para os famosos semáforos da cidade.

Angelo Rigon


Um pitaco em “Empresa acusada de sobrepreço em Curitiba tem contrato em Maringá

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Você pode usar estas HTML tags e atributos:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>