Porto Rico deve ganhar mais segurança

O governador Beto Richa disse ontem ao deputado Evandro Junior (PSDB) que estuda implantar um posto avançado do Batalhão de Fronteira em Porto Rico e transformar a companhia da PM de Loanda, hoje subordinada ao 8º BPM, de Paranavaí, em unidade independente. As medidas seriam uma resposta à insegurança na região, após ação de quadrilha que levou barcos e motores de Porto Rico e Porto Brasílio, localizados às margens do rio Paraná. Os barcos seriam utilizados para fazer o transporte de contrabando e alguns deles foram tomados em assaltos violentos.


Na última sexta, o deputado se reuniu com autoridades policiais, moradores, síndicos de condomínios e empresários da área de turismo fluvial para discutir medidas para prevenir e reprimir a ação da quadrilha, formada por brasileiros e paraguaios, como já apurou investigações da polícia. O clima de insegurança gerado pelos assaltos reduziu o movimento de pessoas em Porto Rico. Como prevenção, condomínios investem em medidas de proteção, como cercas elétricas, muros altos e mais rigor na contratação de funcionários e na entrada e saída de pessoas. Mas é preciso patrulhar o rio. A quadrilha chega pelo rio em barcos rápidos e a polícia não dispõe de equipamentos para persegui-los. A aquisição de uma lancha com motor potente e equipada para agir à noite, com tripulação treinada, é uma das reivindicações dos moradores. O patrulhamento do rio seria uma atribuição da Marinha.
Além da falta de equipamento, o reduzido efetivo da Polícia Militar dificulta operações de prevenção e repressão. Apesar dessas limitações, síndicos de condomínios e empresários elogiariam a rapidez da polícia quando solicitada. A instalação de uma unidade independente da PM em Loanda resolveria o problema de efetivo. “De imediato, solicitamos ao governador o aumento do efetivo na região para restabelecer o clima de tranquilidade”, afirma o deputado. “Trata-se de um problema que reivindica intervenção urgente, considerando-se os riscos da bandidagem aproveitar a falta de ações enérgicas de prevenção e repressão”, acrescenta. (Assessoria)

Angelo Rigon


2 pitacos em “Porto Rico deve ganhar mais segurança

  1. kkkk E o povo acredita ainda nessas promessas.

    O GOVERNADOR PROMETEU UM BATALHAO DE FRONTEIRA COM 500 POLICIAIS E FAZ MAIS DE UM ANO E NAO TEM NEM 120 POLICIAIS.

    PROMETEU COMPANHIA DO BATALHAO DE FRONTEIRA A MAIS DE ANO E ATÉ AGORA NADA. SÓ OS PREFEITOS PAGANDO ALUGUEL DO PREDIO PARA O BPFRON SEM TER POLICIA.

    ALGUEM ACREDITA QUE VAI TER POSTO DO BATALHAO DE FRONTEIRA EM PORTO RICO?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Você pode usar estas HTML tags e atributos:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>