Laranja azeda

De Claudio Humberto:
O MST reocupou uma fazenda do grupo Cutrale, em São Paulo. O dono, José Carlos Cutrale, é amigo e financiador de campanha de Lula, que chamou de “vandalismo” a invasão em 2009.

Angelo Rigon

Jornalista em Maringá. Começou em jornal aos 14 anos, foi editor-chefe dos três jornais diários de Maringá. Pioneiro em blog político, repórter e apresentador de programa de televisão, apresentador de programa político nas rádios Jornal, Difusora e Banda 1, comentarista das rádios Metropolitana e Guairacá, editor de diversos jornais e revistas, como Umuarama Ilustrado, Correio da Cidade, Expresso Paraná, Maringá M9 e Página 9. Atualmente integra o cast da Jovem Pan Maringá.

4 pitacos em “Laranja azeda

  1. Só lembrando que boa parte das terras do Brasil também já foi invadida por grandes famílias de fazendeiros há décadas ou séculos. As terras do vale do paranapanema estão há décadas em litígios infindáveis nos Tribunais Superiores, porque ninguém sabe exatamente quem são os donos…
    Somos contra qualquer invasão de terras, seja por sem-terra, seja por grandes latifundiários.
    Por que invasão por sem-terras é coisa hedionda , mas invasão por famílias tradicionais são apenas ocupações históricas?

  2. Humberto Boaventura diz:

    Está certo o MST! Aquela terra é da União é preciso denunciar o crime que a Cutrale esta cometendo e devolver esse bem ao governo para que repasse as familias de trabalhadores sem terra.

  3. Está certo o MST (nesse caso) pois a cutrale é invasora de terras devolutas… e está errado o tio Lula por (a se comprovar) aceitar tais ajudas de empresários vagabundos… aliás, ajudam exatamente para ver se tiram vantagem depois… aqui em Maringá está cheio de gente assim…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Você pode usar estas HTML tags e atributos:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>