Passeata LGBT, segunda edição


A Passeata LGBT deste ano em Maringá, com o tema “O Estado Laico e os Direitos Humanos”, teve um atraso de mais de uma hora para começar. Novamente, houve discussão sobre a quantidade de participantes; o evento este ano, para muitos, teve menos público que no ano passado. A organização informou que houve 15 caravanas de outras cidades. A terceira passeata está marcada para 18 de maio de 2014. Fotos Tabajara Marques. Leia mais.

Angelo Rigon

Jornalista em Maringá. Começou em jornal aos 14 anos, foi editor-chefe dos três jornais diários de Maringá. Pioneiro em blog político, repórter e apresentador de programa de televisão, apresentador de programa político nas rádios Jornal, Difusora e Banda 1, comentarista das rádios Metropolitana e Guairacá, editor de diversos jornais e revistas, como Umuarama Ilustrado, Correio da Cidade, Expresso Paraná, Maringá M9 e Página 9. Atualmente integra o cast da Jovem Pan Maringá.

14 pitacos em “Passeata LGBT, segunda edição

  1. Cadê as fotos de plano superior da parada ? Ficaram com reservas em colocá-las e ser verificado que o movimento esvaziou totalmente ?

    Desafio a colocarem aqui as fotos de plano superior da parada de ontem, a fim de verificarmos que mesmo com a “ajuda” de diversas caravanas de pessoas de outras cidades o movimento com a dimensão que querem dar a impressão que existe, a bem da verdade não se sustenta em Maringá.

  2. Humberto Boaventura diz:

    Independentemente do número de participantes o fato de Maringá realizar a segunda parada LGBT de Maringá consecutiva mantendo a pauta da equiparação de direitos e combatendo o preconceito é um marco na história dos movimentos sociais de Maringá uma cidade com uma elite política e um pensamento médio de forte teor conservador. Participei da parada e tinha aproximadamente 3.000 pessoas no momento da saída!

  3. O pior foi a sujeira que deixaram no pátio do Willie Davis, um nojeira, depois querem respeito. Dá para respeitar um povo assim? Pregam que tem direitos, mas não respeitam os direitos dos outros.

  4. Humberto Boaventura diz:

    A culpa é do prefeito Pupin que negou aos organizadores da Parada a instalação de banheiros químicos e lixeiras nos espaços públicos.

  5. 3 mil pessoas? Veja vídeo no Maringá Manchete, que támbém tenta focar no blolinho de gentalha mas dá para notar que não tinha 200 pessoas. Se vieram 15 caravanas, ou ficaram pela estrada ou vieram de bicicleta, o que é elogiável porque além de gays são ambientalmente conscientes. Mas parabéns ao Luiz Modesto, cada ano mais modesto ainda. kakakakakakaka!!

  6. Bom para quem deseja ver as fotos, procure no face
    Vi e consegui contar na frente do caminhão cerca de 150 pessoas, em cima do caminhão umas 12 pessoas, dos lados umas 20 de cada lado e atrás mais umas 100 pessoas.
    Mas, vamos lá vou aumentar por conta para 500 pessoas.
    Cada vez mais diminuir mais, e não adianta ridicularizar os maringaenses, não gostam de Maringá, procurem outra cidade.

  7. Isso Prova que os Verdadeiros Bambis são corintianos e ficaram assistindo a final do paulistão. Vai ser bonito ver o pq tiete cheio de bambis após os jogos no itaquerão. Quem mandou marcarem a passeata no horário da final.

    • Cala boca seu bambi enrustido, de certo tava com a camisa do são paulo por baixo na passeata, nao colocou por cima por vergonha. Assume que é bambi menina! Sai do armário. Ficou com raiva que perdeu do timao ? CORINTHIANS 2 x Bambis 1 kkkkkkkkkkkkkk sai fora seu baitola, nao tem time pra falar do Corinthians fica quieto bailarina

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Você pode usar estas HTML tags e atributos:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>