Asfalto remendado

Asfalto remendado
Moradores de um bairro de Maringá resolveram, por conta própria, fazer aquilo que a prefeitura deveria fazer. Uma enorme cratera, como tantas que existem nas ruas da cidade, foi preenchida com concreto.

Angelo Rigon

Jornalista em Maringá. Começou em jornal aos 14 anos, foi editor-chefe dos três jornais diários de Maringá. Pioneiro em blog político, repórter e apresentador de programa de televisão, apresentador de programa político nas rádios Jornal, Difusora e Banda 1, comentarista das rádios Metropolitana e Guairacá, editor de diversos jornais e revistas, como Umuarama Ilustrado, Correio da Cidade, Expresso Paraná, Maringá M9 e Página 9. Atualmente integra o cast da Jovem Pan Maringá.

4 pitacos em “Asfalto remendado

  1. A situação da avenida Mandacaru não esta longe mas nada que divulgar em rede estadual as pinturas da pavimentação em locais que o asfalto esta danificado.

  2. Acho incrível que neste ano (por que será???) a prefeitura resolveu, não tapar buracos, mas refazer o asfalto em algumas vias; mas a falta de comprometimento é tanta que as obras começam e não acabam nunca, exemplo da Av. Tuiuti, da Av. Lucilio de Held, Av. Pedro Taques, entre tantas. Mas é claro que se o problema existe nas áreas centrais, imagine na periferia, cujos digníssimos só lembram que existe neste ano!!!!

  3. Não fala uma coisa dessas, se não a prefeitura manda toda saop pra tampar o buraco na hora que o transito está travado só pra fazer campanha do Pumpum.

  4. Incrível, é na Avenida Itororó, mais barato do que tapar é pintar o buraco, e diga-se de passagem que a tinta é de péssima qualidade, pois já está desbontando. Essa prefeitura está sem gerência a 8 anos, será qua vai continuar por mais algum tempo? Prestem atenção eleições chegando, precisamos de mudanças…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Você pode usar estas HTML tags e atributos:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>