Fazenda que foi de JK está abandonada

De Lourdes Souza:
Refúgio do ex-presidente Juscelino Kubitscheck até sua morte, em 1976, a fazendinha JK, no entorno de Brasília, está abandonada devido a uma disputa familiar. Localizada a 13 quilômetros do município goiano de Luziânia, a propriedade de 78 alqueires (cerca de 3,77 milhões de metros quadrados) foi desocupada pelos moradores Antônio Henrique Servo, 45, sua mulher, Rosana, e pelos três filhos no último dia 4 de maio. Servo é um dos seis filhos do deputado estadual paranaense Lázaro Servo [pai de Nilton Servo, ex-presidente do Grêmio e que chegou a disputar a Prefeitura de Maringá] , que comprou a fazenda em 1984 da viúva do ex-presidente, Sarah Kubitscheck. Amigo da família JK, o então deputado teria prometido preservar o patrimônio histórico. Mas, após sua morte, em 1999, os herdeiros iniciaram uma batalha pela herança. Leia mais.

Angelo Rigon

Jornalista em Maringá. Começou em jornal aos 14 anos, foi editor-chefe dos três jornais diários de Maringá. Pioneiro em blog político, repórter e apresentador de programa de televisão, apresentador de programa político nas rádios Jornal, Difusora e Banda 1, comentarista das rádios Metropolitana e Guairacá, editor de diversos jornais e revistas, como Umuarama Ilustrado, Correio da Cidade, Expresso Paraná, Maringá M9 e Página 9. Atualmente integra o cast da Jovem Pan Maringá.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Você pode usar estas HTML tags e atributos:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>