Financiamento público de campanhas?

Li no blog do Lauro Barbosa e reproduzo: “Os vereadores votam na sessão desta terça-feira projeto do vereador Bravin que prevê a criação do Laboratório de Prótese Dentária para atender, produzir e fornecer, gratuitamente, próteses dentárias para os postos de saúde, a fim de atender a população carente.”
Meu comentário: Mas isto é o começo, para alguns vereadores, do financiamento público de campanhas. Há quem diga que muitos se elegem distribuindo dentaduras, pagas, teoricamente com recursos próprios e de caixa dois. Agora com a distribuição legal, quantos votos não conseguirão aprovando a lei? Muitos eleitores ficaram boqueabertos com a bondade. Por falar em financimento público de campanhas, que volta a ser discutido, li algumas críticas, mas sou favorável. Este tipo de financiamento já existe há muito tempo, desde quando inventaram a corrupção. Com o financiamento oficial os não corruptos teriam mais chances. Simultaneamente deveríamos apertar o combate aos superfaturamentos, desvios e outros, e a imprensa, inclusive os que criticam, poderia ajudar muito.
Akino Maringá, colaborador

Angelo Rigon

Jornalista em Maringá. Começou em jornal aos 14 anos, foi editor-chefe dos três jornais diários de Maringá. Pioneiro em blog político, repórter e apresentador de programa de televisão, apresentador de programa político nas rádios Jornal, Difusora e Banda 1, comentarista das rádios Metropolitana e Guairacá, editor de diversos jornais e revistas, como Umuarama Ilustrado, Correio da Cidade, Expresso Paraná, Maringá M9 e Página 9. Atualmente integra o cast da Jovem Pan Maringá.

3 pitacos em “Financiamento público de campanhas?

  1. Aquino, só quem é contra a democracia de verdade é contra o financiamento público de campanha. Essa democracia que nós temos hoje, no Brasil, só atende os ricos e o controle da sociedade. Portanto; ela é uma democracia de fachada, pra inglês ver.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Você pode usar estas HTML tags e atributos:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>