Valor compatível

Edson Leonardo Pilatti, do movimento $uper%aláriosnão!, informa que a mobilização popular defende a manutenção dos atuais subsídios em R$ 6,3 mil, com reajuste de 6% (o mesmo dado aos servidores em 2011) e o índice vinculado ao funcionalismo municipal no final de 2012 (para o exercício de 2013), ou seja, algo em torno de R$ 7 mil. “Sabemos que o reajuste é válido para a próxima legislatura (2013-2016), no entanto, verificando o padrão de municípios como de mesmo porte e PIB de Maringá, os valores já estão muito acima da média. Portanto, consideramos que é um reajuste e valor compatível, suficiente e justo”, comenta.

Angelo Rigon


2 pitacos em “Valor compatível

  1. Esse Pilati tá de olho em um carguiinho cc na administração do Ênio. Ele e outros que sequer existiam agora estão em todas contra. A preocupação com a comunidade começa em ano eleitoral. Até de quem não é candidato.

  2. COISA FEIA, TODOS SABEM QUE ISTO É COISA DE GENTE QUE NAO TEM O QUE FAZER SO OS VEREADORES MUDAM ISTO ENTAO MALHAR FERRO FRIO PRA QUE…NAO DEEM FORÇA A LOUCOS QUE
    ACHAM QUE SABEM E ETC…VC VAI PIRAR ASSIM

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Você pode usar estas HTML tags e atributos:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>