“Políticos com dificuldades gramaticais”

Se o presidente Lula fosse processar todos os humoristas, jornalistas, internautas e outras pessoas que tiraram e tiram ‘sarro’ dos seus erros de português, a justiça brasileira estaria ainda mais abarrotada de processos. Logo, Tiririca precisa levar com bom humor as críticas construtivas, se for caso, contratar um’ fono’, um professor de Português, para não fazer feio no Congresso. Mudando de assunto, li no blog do jornalista Milton Ravagnani o seguinte: “XXX agora não precisa apenas de um professor de português. Precisa de terapia. E de alguém que lhe explique a diferença entre prestar informações e ser arrolado como réu. Mas para isso, teria de ter nomeado um assessor que soubesse a diferença. Preferiu o outro. Deu no que deu.”Explicação: o XXX é para citar o nome de um político local, que teria dito que vai processar este colaborador por ter insinuado que ele não fala nem lê corretamente. Meu apelo: Caro XXX, leve na esportiva como o presidente e o Tiririca, e entenda como uma crítica construtiva, ainda é tempo de corrigir este pequeno. Nada que uns anos de escola, muita leitura, ‘fono’, não resolva, basta querer.
Akino Maringá, colaborador

Angelo Rigon


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Você pode usar estas HTML tags e atributos:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>