Biopuster: nova multa

A Maringá Lixo Zero Tratamento de Resíduos Sólidos Urbanos Ltda. (Biopuster), o mais recente sonho dos Barros que virou pesadelo, foi novamente multada pela Seção de Multas e Recursos da Superintendência Regional do Trabalho e Emprego no Paraná. Para o Ministério do Trabalho, a empresa está em lugar incerto e não sabido (deviam perguntar na prefeitura de Maringá). O mais recente auto de infração é de R$ 1.175,83.

O esquema com o Biopuster era tão “firme” que o PP colocou no programa estadual de governo a adoção do sistema, abandonado depois que começou a naufragar, em Maringá, onde foi apresentada como franquia redentora para vários municípios do país. Resta saber se Beto Richa também adotou o programa do PP em relação à empresa caloteira, que deixou dezenas de trabalhadores na mão em Maringá.

Angelo Rigon

Jornalista em Maringá. Começou em jornal aos 14 anos, foi editor-chefe dos três jornais diários de Maringá. Pioneiro em blog político, repórter e apresentador de programa de televisão, apresentador de programa político nas rádios Jornal, Difusora e Banda 1, comentarista das rádios Metropolitana e Guairacá, editor de diversos jornais e revistas, como Umuarama Ilustrado, Correio da Cidade, Expresso Paraná, Maringá M9 e Página 9. Atualmente integra o cast da Jovem Pan Maringá.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Você pode usar estas HTML tags e atributos:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>