Negociações para uma vice

Da Agência Estado:

Já citado nas listas de possíveis vices, o nome do senador Álvaro Dias (PSDB-PR), por exemplo, ganha espaço dentro do partido, uma vez que não precisa disputar com o presidente da legenda [Sérgio Guerra]. Álvaro Dias também tem nas mãos a possibilidade de convencer o irmão, Osmar Dias (PDT), a desistir de concorrer ao governo do Paraná, em aliança com o PT, para ser candidato à reeleição ao Senado na chapa do PSDB. A cúpula tucana avalia que, se Osmar Dias ingressar na aliança tucana, garantiria a Serra, pelo menos, mais dois milhões de votos no Paraná. Leia mais.

Angelo Rigon


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Você pode usar estas HTML tags e atributos:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>