A prioridade do prefeito de Maringá

A avenida Brasil, em Maringá, trava na maior parte do dia, por conta do sistema binário, ainda incompleto. As mudanças na Brasil dependem dos recursos do Banco Mundial, e devem demorar um pouco. Mas poderia ser feito um projeto temporário, que diminuiria a dor de cabeça do motorista maringaense (possivelmente, até do pedestre). O paliativo em questão – na verdade, uma antecipação da obra de revitalização daquela avenida – custaria no máximo R$ 1 milhão.

O prefeito Silvio Barros II (PP), porém, prefere gastar R$ 5 milhões com propaganda este ano do que fazer a obra.

Angelo Rigon

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Você pode usar estas HTML tags e atributos:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>