Carnaval 2010: o Bloco da Mentira

O que diz trecho do acórdão do TCU sobre as obras do Novo Centro de Maringá:

(…) determinar, cautelarmente, ao Departamento Nacional de Infra-Estrutura de Transportes, na pessoa do seu Diretor Geral, Sr. Luiz Antonio Pagot, que, até ulterior deliberação desta Corte, se abstenha de repassar recursos à Prefeitura Municipal de Maringá/PR, no âmbito das obras de execução do prolongamento do rebaixamento da via férrea e da via expressa (convênios nºs 234/2003 e 298/2008), tendo em vista terem sido detectadas irregularidades referentes a sobrepreço e superfaturamento na execução dos contratos nºs 72/2004, 134/2008 e 73/2004, firmados com as empresas C.R. Almeida S/A Engenharia de Obras e Vega Engenharia e Consultoria Ltda.

O que  diz trecho da nota oficial da administração Barros:

Os indicativos de irregularidades se referem a convênios, licitações e contratos assinados em 2003 e 2004. Embora não sejam da atual gestão, entendemos que a obra é de interesse de toda a comunidade e portanto os problemas precisam ser resolvidos para que ela seja concluída o mais rápido possível.

Angelo Rigon


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Você pode usar estas HTML tags e atributos:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>