Prazo para loteamento irregular

Portal das Flores tem 6 meses para ter benfeitorias.

O juízo da 3ª Vara Cível da comarca de Maringá deu prazo de seis meses para responsáveis por loteamento irregular realizarem as obras e serviços que a legislação obriga, além da regularização administrativa, ou de indenizarem o município. Local foi loteado entre as gestões Said Ferreira e Jairo Gianoto e não possui infraestrutura exigida pela lei. Leia a sentença do juiz William Pussi, em ação civil pública movida pelo Ministério Público.

Angelo Rigon

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Você pode usar estas HTML tags e atributos:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>