‘Maioridade’ na improbidade

Inconveniência e destempero marcaram a solenidade de repasse de recursos públicos para entidades assistenciais, na manhã de hoje no paço municipal de Maringá. O prefeito Silvio Barros II (PP) usou a cerimônia para destacar o ex-prefeito de São Jorge do Ivaí, José Luiz Bovo, atual secretário de Fazenda e tido como candidato da família Barros em 2012. Não bastasse isso, voltou a atacar o Ministério Público – desta vez, porém, sem chamar ninguém de psicopata.
O prefeito, que se considera um enviado divino e o maior chefe do Executivo que já pisou na Cidade Canção, revelou que responde a 18 ações por improbidade administrativa. O discurso não cabia no evento, mas pelo menos o pessoal saiu da sala sabendo que Silvio II, em relação à má gerência o dinheiro público, já atingiu a “maioridade” perante o MP.

Angelo Rigon

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Você pode usar estas HTML tags e atributos:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>