Lixo: cuidado com novos prejuízos

Leio no blog de Lauro Barbosa que o prefeito de Maringá, Silvio Barros II (PP), vai continuar tratando pessoalmente da questão do lixo – como se já não estivesse fazendo, o que gerou despesas para o município se defender de ações judiciais. A propósito, ele e o irmão incluíram o sistema Biopuster, que nunca havia sido testado no país, no programa de governo do PP; agora, vai aos Estados Unidos, na terceira viagem internacional para conhecer um outro sistema.
Para o Biopuster, implantado na marra, ao arrepio da lei, sobraram dívidas. Pior: fornecedores e trabalhadores dificilmente serão ressarcidos, pois os equipamentos arrestados não foram nacionalizados, a importação foi temporária. Sobrou até para o empresário curitibano Joel Malucelli (TV Maringá, aquela punida várias vezes pela Justiça Eleitoral por fazer campanha irregular para os Barros), que teria investido, sem retorno, cerca de R$ 1,5 milhão na brincadeira. Há que se tomar precauções para que a próxima aventura não dê novos prejuízos.

Angelo Rigon

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Você pode usar estas HTML tags e atributos:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>