Estudante vai a júri popular

Jovem que estudou na UEM será julgado em Marília (SP), acusado de provocar uma morte durante racha.

O julgamento será nesta terça-feira. Em 2006, Rainer William Aguilar Gaspar, 23, que estudava Medicina na UEM, dirigia uma S-10 cabine dupla, placa de Maringá, e foi acusado de participar de um racha que resultou na morte do funcionário público Cícero José de Santana, 42, que atravessava a avenida Sampaio Vidal em uma moto. Matheus Teodoro da Silva, 22, que estava na garupa, sofreu ferimentos graves. A decisão de júri popular foi tomada no ano passado. O suposto racha estaria sendo disputado com Samuel Henrique Meduqui, 24, de Bauru (SP), também estudante de Medicina, que estava num Audi. Samuel já foi julgado e absolvido. Leia mais.

Angelo Rigon

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Você pode usar estas HTML tags e atributos:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>