Creches insuficientes

A rede municipal de MNaringá oferece 5 mil vagas para crianças de zero a três anos para o berçário e maternal. Porém, há ainda uma lista de espera de mais de mil crianças. Estranhamente, o prefeito Silvio Barros não reconhece a caótica situação. Durante a solenidade de entrega do novo prédio do Centro Municipal de Educação Infantil Dona Guilhermina Cunha Coelho (12-2009) o administrador, acompanhado pela secretária de Educação Márcia Socreppa, afirmou que “Maringá tem um dos maiores índices de vagas em educação infantil por habitante…”. O prefeito e a secretária estão mal informados ou mal intencionados?

Ivana Veraldo

Angelo Rigon


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Você pode usar estas HTML tags e atributos:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>