Concorrência estranha

De Carlinhos Brickmann:
– Duas horas antes da abertura dos envelopes da concorrência para a publicidade da Petrobras, o repórter Paulo Macedo, no site do Propaganda&Marketing, divulgou o resultado. Duas horas depois, quando os envelopes foram abertos, as informações de Paulo Macedo foram confirmadas: as três agências vencedoras, a Heads, a Dentsu e a Quê, eram exatamente as três que ele tinha apontado. Perguntará o caro leitor: terá sido anulada a concorrência?

Não: a Petrobras diz que só vai estudar o caso na semana que vem. A conta é de R$ 250 milhões por ano.  Recordando: há anos, quando o colunista Janio de Freitas revelou quem venceria a concorrência para a construção da Ferrovia Norte-Sul, em anúncio cifrado na Folha de S.Paulo, foi tudo suspenso. E veja só: era o Governo Sarney.

Angelo Rigon


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Você pode usar estas HTML tags e atributos:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>