Maior jardim botânico do mundo terá um brasileiro como diretor de ciência

brasileiro

O Royal Kew Gardens, localizado em Londres, na Inglaterra, anunciou recentemente a contratação do brasileiro Alexandre Antonelli como diretor de ciência da instituição. A missão do professor será aproximar a comunidade científica e o público da mais completa coleção de plantas e fungos do planeta. O novo diretor terá até 2020 para finalizar este importante projeto.

“Quanto mais informação a sociedade tiver, maior será a sua preocupação com a preservação do meio ambiente”, disse Antonelli, em entrevista à emissora de rádio RFI, da França. A ideia é usar o banco do Royal Kew como base para a criação de um aplicativo para smartphone, onde qualquer usuário possa consultar imagens e obter informações sobre a distribuição e uso das espécies.

De acordo com o novo diretor, a plataforma poderá ser utilizada por especialistas e também por leigos, como por exemplo, para pesquisar se determinada espécie é comestível ou venenosa.  Além disso, poderá ser explorada nas escolas, para que desde cedo as crianças aprendam sobre a importância da biodiversidade e sua preservação.

Embora já existam aplicativos semelhantes disponíveis, inclusive um criado pelo próprio Antonelli e sua equipe sueca, o cientista afirma que o alcance ainda é relativamente restrito.

O Kew Gardens tem cerca de sete milhões de plantas e mais de um milhão de fungos catalogados. Mais de 40 mil espécies são cultivadas nos jardins abertos à visitação pública. Antonelli deverá coordenar cerca de 300 pesquisadores. “É o maior jardim botânico do mundo. Tanto em termos de suas coleções de plantas e fungos acumulados durante a sua história de quase 260 anos quanto pelo número de pesquisadores. Por isso, é a instituição botânica mais importante para pesquisa internacional. Existem, por exemplo, ótimas relações com universidades brasileiras e um grande intercâmbio entre estudantes e pesquisadores entre os dois países”, declara.

Alexandre Antonelli é natural de Campinas (SP) e comanda o maior centro de pesquisas ativas da Suécia, do qual é fundador.  O foco do seu trabalho é a proteção das espécies em função das mudanças climáticas do planeta e da devastação do meio ambiente. Antonelli dedicou sua carreira à pesquisa de campo e à busca por espécies ameaçadas, em expedições por quase todos os países da América Latina, onde identificou maior deterioração dos biomas.

O primeiro brasileiro a chegar no futebol inglês

Liverpool e Manchester City prometem brigar pela conquista da Premier League 2018/19 até o fim, dois emblemas que contam com os contributos de atletas de nacionalidade brasileira. Os Reds têm Alisson Becker, Fabinho e Roberto Firmino em suas fileiras, enquanto o Manchester City conta com os serviços de Ederson Moraes, Danilo, Fernandinho e Gabriel Jesus. De todos esses atletas, só Fernandinho era nascido quando Mirandinha se converteu no primeiro brasileiro a atuar no futebol inglês, ainda na era que antecedeu a Premier League.

Fonte: Pexels

A história do cearense Francisco Ernandi Lima da Silva se confunde com a de tantos outros jogadores brasileiros. Mirandinha – como viria a ficar conhecido nos gramados por inspiração de um atacante que à época defendia o São Paulo – encontrou no futebol  a escapatória para uma infância difícil, se afirmando primeiro em território nacional em um trajeto no qual representou o Ferroviário, Ponte Preta, Palmeiras de São João da Boa Vista, Botafogo, Náutico, Cruzeiro, Santos, Portuguesa e Palmeiras. Ao chegar no Verdão, Mirandinha ganhou uma outra projeção e saltou das categorias da base para a principal seleção brasileira, agarrando as oportunidades concedidas. O nome de Mirandinha já era conhecido em solo europeu e surgiu então a chance da seleção brasileira enfrentar a Inglaterra em Wembley. O brasileiro viria a fazer um gol na partida e ainda participaria de mais dois confrontos em solo britânico com a Irlanda e com a Escócia, sendo que o brasileiro se destacou em todas essas ocasiões. Mirandinha estava referenciado e, em agosto, o Newcastle iniciou conversações com o Palmeiras, discutindo todos os termos durante duas semanas, até que tudo chegasse a bom ponto para o lado dos Magpies. Vale lembrar que os clubes ingleses tinham abolido a proibição de contratar “gringos” em 1978, mas até à data era bem fora do comum ver jogadores estrangeiros atuarem no país, sobretudo sul-americanos. A passagem pelo St. James Park se fecharia cerca de dois anos após a chegada, em 1989, retornando posteriormente ao futebol brasileiro.

Edu, primeiro campeão inglês

No momento, são quatro os brasileiros campeões em título na Premier League – Ederson Moraes, Danilo, Fernandinho e Gabriel Jesus. A briga pela conquista do título promete ir até final e podem ser encontrados palpites futebol hoje para cada jogos dos dois times. No entanto, o primeiro jogador brasileiro a se sagrar campeão na Inglaterra não vestia a camisa de nenhum desses dois times, mas sim do Arsenal. Produto da base do Corinthians, clube com o qual estrearia como profissional, Edu Gaspar vestiu a camisa do Arsenal entre 2001 e 2005, após ter se sagrado campeão brasileiro por duas vezes com o Timão. Em Londres, Edu somaria títulos de relevância ao seu palmarés, faturando duas edições da Premier League, outras tantas da FA Cup e da Community Shield. Curiosamente, Edu participou daquela que foi a última edição da Premier League conquistada pelo Arsenal até os então, em 2003/04. Os Gunners contam com um total de 13 edições do campeonato inglês em seu palmarés.

Fonte: Pexels

Na data em que a Premier League 2018/19 arrancou, a 10 de agosto de 2018, essa era a edição com mais brasileiros a competir, no caso, 20 atletas distribuídos por 11 clubes distintos. Coutinho (ex-Liverpool) é o brasileiro com mais gols apontados na Premier (41) e o goleiro Heurelho Gomes (ex-Tottenham/Watford) com mais partidas disputadas – 195.

Prêmios divididos no Oscar 2019

Não houve um grande vencedor na cerimônia do Oscar 2019. Vários filmes saíram com as mãos recheadas do evento, que não teve um apresentador oficial. Mas não houve nenhum prejuízo com esta opção, que aconteceu porque o apresentador escalado, Kevin Hart, teve várias mensagens homofobicas reveladas no Twitter.

Bohemian Raphsody, dirigido por Bryan Singer (acusado de estupro, não foi ou teve seu nome citado) ganhou 4 prêmios, dentre eles o de melhor ator, para Rami Malek. Roma, Pantera Negra e Green Book – que levou o Oscar principal da noite, Melhor Filme, além de Ator Coadjuvante e Roteiro Original – ganharam 3 cada um e as outras estatuetas se dividiram.

Fazia muito tempo que uma safra de filmes repartia os prêmios da noite de maneira tão uniforme, sem que houvesse um grande vencedor. A safra 2018/19 mostra-se com uma qualidade uniforme, muitos filmes bons ao mesmo tempo. Nenhum excepcionalmente superior.

 

Roma, a grande aposta da noite, não levou Melhor Filme. Seria inédito ver uma história contada em língua espanhola atingir tal feito. Ganhou Fotografia, Direção e Filme Estrangeiro. Seu diretor, Alfonso Cuaron, recebeu o prêmio de direção pela segunda vez. O primeiro foi por Gravidade, em 2013.

Aliás, o México parece que se apossou da categoria. Nos últimos 5 anos, em apenas uma oportunidade um diretor não nascido no país latino conseguiu ganhar. Foi em 2016, quando o estadunidense Damien Chazelle arrebatou a estatueta por seu trabalho em La La Land. Cuaron, Guillermo Del Toro e Alejandro González Iñárritu, se revezaram nos últimos anos.

O Oscar de Gravidade foi melhor do que um grande prêmio de loteria para Cuaron. Permitiu que o diretor recebesse o aval da indústria para realizar um projeto tão pessoal quanto Roma. Nele, o diretor fala sobre sua infância, contextualizando toda a história com os problemas que seu país e a America Latina sofreram durante os anos 70.

A diversidade, no entanto, foi a grande vencedora da noite. A premiação tenta se afastar da pecha de ser “muito branca e masculina” e dá a chance de mulheres e artistas afrodescendentes terem seus talentos reconhecidos. Foi a primeira vez que uma Figurinista e uma Diretora de Arte negras foram as vencedoras, por seus trabalhos no filme Pantera Negra.

Além destas categorias, o filme que quebrou barreiras em Hollywood e mundo afora também levou o Oscar de Melhor Trilha Sonora. O jovem artista Ludwig Goransson misturou música clássica, orquestrada, com ritmos africanos e o resultado, brilhante, foi elogiado por todos, artistas ou apreciadores da boa música.

https://youtube.com/watch?v=G0CI8pF2ZGw

Green Book: o Guia sofreu uma campanha negativa pouco antes da premiação, com acusações contra o diretor da película e produtor e até mesmo denuncias de que seu roteiro não retratava a verdade da história, vindas dos sobrinhos do personagem retratado. Nada disso impediu que Mahersala Ali levasse sua segunda estatueta de Melhor Ator Coadjuvante.

Glenn Close, infelizmente, foi mais uma vez esnobada pela academia.  O prêmio de Melhor Atriz foi para a inglesa Olivia Colman, que também já havia recebido o Bafta e o Globo de Ouro. Foi sua primeira indicação ao Oscar, mas ela já havia chamado a atenção por suas atuações em O Lagosta, de 2015, e na série The Crown, da Netflix.

Spike Lee, após receber uma homenagem pela carreira, ano passado, levou seu primeiro Oscar por Infiltrado na Klan, de melhor roteiro. Lady Gaga ganhou como compositora de Shallow, tema de Nasce Uma Estrela e realizou uma linda apresentação ao lado de Bradley Cooper. A sempre competente Regina King venceu Melhor Atriz Coadjuvante por Se a Rua Bale Falasse, completando a lista.

Melhores lojas de informática do Brasil

Comprar pela internet tem suas vantagens. A compra se aplica aos mais diversos produtos desde roupas até mesmo eletrônicos. Não é necessário enfrentar filas. Tudo pode ser feito de casa mesmo sem você gastar o seu tempo, e o melhor, dá para pesquisar pelo melhor preço de um produto rapidamente, e ainda comprar quando quiser!

E os aparelhos eletrônicos são um dos mais vendidos em lojas virtuais. Celulares e computadores costumam estar na lista dos aparelhos eletrônicos comercializados que muitos clientes procuram com frequência para adquirir por um bom preço.

É cada vez mais comum realizar as compras através dos sites. É muito fácil, e é uma maneira de fazer pesquisas sobre marcas de computadores ou celulares. Inclusive, fica bem mais prático pesquisar sobre as marcas e fazer um comparativo de preços.

Lojas de e-commerce no Brasil

Há vários sites que comercializam itens de informática. Algumas são mais conhecidas entre o público, e outras vem aos poucos ganhando destaque pela credibilidade. De qualquer forma, antes de fazer uma compra, é sempre bom fazer uma pesquisa sobre a reputação da loja, para então fazer a compra com mais segurança e tranquilidade.

E uma das lojas de informática do Brasil é a Kabum. Mas será que a Kabum é confiável? A loja costuma realizar promoções e também apresenta preços competitivos. No caso da Kabum, ela não possui loja física no Brasil, e todos os seus produtos são comercializados pelo site da Kabum.

Para saber mais sobre a confiabilidade da Kabum é bom ficar atento a reputação da loja que pode ser conferia no site Reclame Aqui. Atualmente o que chama a atenção é sua reputação no site que é considerado ótimo. Para muitas lojas, isso é algo bem difícil de se manter.

Outras lojas virtuais para compra de informática são: Girafa, Onofre Eletro, eFácil, Waz, Balão de Informática, Mega Mamute, Brasil Facin, Terabyteshop, Silicontech, Mega Brasil, Shopinfo, Kalunga, entre outros.

Por exemplo, na loja Girafa é possivel conseguir bons descontos pagando à vista.

Já a Mega Mamute é indicada para aqueles que querem montar um computador novo comprando as peças de forma individual, ou seja, ótimo para montar pc gamar. É sem dúvida uma boa opção.

Para aqueles que buscam smartphones e acessórios diversos voltados para o seguimento, pode pesquisar no site da  Gurivéio.com.

E aí, o que você achou destes sites? Conhecia todos? Sempre antes de qualquer compra, faça uma pesquisa sobre a reputação da empresa. Assim, você compra mais tranquilo.

Independente do site, algumas marcas de informática sempre acabam tendo boas reputações. Marcas como Apple, Dell, lenovo, Asus são boas referências em diversas categorias.  Mas lembre-se que a satisfação com a marca é sempre muito pessoal!

Fique atento em relação as compras e não compre o mais barato, independente do site. Desde celular até computador, cuidado. Você precisa saber o que vem com o sistema operacional

E não se esqueça, que em qualquer site de informática, deve-se observar o pós-venda, como a loja resolve as reclamações.

Novas formas de apostar no desporto vão beneficiar a sociedade brasileira segundo Michael Temer

A Medida Previsional 846/2018 é uma peça legislativa que Michael Temer, conseguiu muito rapidamente, foram necessárias apenas algumas semanas para todo o processo,fosse aprovada em todas as câmaras para a poder promulgar a apenas três de semanas de cessar o seu mandato.

Este documento legal estabelece uma nova forma de distribuição dos proveitos do jogo, que era, até então, exclusivamente gerido pelo estado federal, por um conjunto mais alargado de entidades que beneficiárias, nomeadamente, Ministério do Esporte, Comitê Brasileiro de Clubes (CBC), Confederação Brasileira do Desporto Escolar (CBDE),  Confederação Brasileira do Desporto Universitário (CBDU), Federação Nacional dos Clubes (Fenaclubes), Federação Nacional das Associações de Pais e Amigos dos Excepcionais (Fenapaes), Comitê Olímpico Brasileiro (COB), Fundo Nacional da Cultura (FNC),Fundo Nacional de Segurança Pública (FNSP), Fundo de Financiamento Estudantil (Fies), e à Cruz Vermelha Brasileira (CVB).

Porém o passo mais arrojado desta nova lei é que passa a considerar a existência da possibilidade de apostas em prognósticos desportivos, em casas de apostas digitais inclusive e já não apenas prognósticos numéricos como a lotaria ou outros que sempre foram estatais ou federais.

Temer, numa das suas últimas promulgações presidenciais, deixou o quadro legal para o surgimento de casas de apostas desportivas, físicas ou online, pela primeira vez na história do Brasil.

Junto do Ex-Presidente estavam o ministro do desporto, o da cultura, o dos direitos humanos e o da segurança interna que, pelas alterações da distribuição dos proveitos das apostas efectuadas são partes interessadas na gestão dessas receitas.

O então presidente Temer elogiou a iniciativa caracterizando-a publicamente como sendo aquele momento de assinatura uma tarde brilhante para a segurança pública, cultura, desporto e, acima de tudo, para o povo brasileiro.

O processo não estará completo até que o Ministro das Finanças elabore o regulamento que permitirá as apostas desportivas com os moldes definidos ao nível ministerial e também iniciar o processo de licenciamento das entidades que poderão operar estas apostas e celebrar os acordos com as entidades públicas a quem as receitas serão repassadas de acordo com esta lei agora em vigor.

No espírito da lei está estipulado que deverá ser ambiente concorrencial que os novos operadores de apostas desportivas entrem no mercado brasileiro mas há receios de que no fim do processo apenas se tenha criado um monopólio deste tipo deapostas  devido ao clima político toldado pela corrupção sempre com a oposição firme dos grupos religiosos.

A aplicação destes fundos terá de ser efectuada em actividades para-desportivas, deverão ser preferencialmente usados em jogos escolares de desportos olímpicos e paraolímpicos. Devendo também haver parte dos fundos aplicados no desenvolvimento de desporto educacional bem como na construção e melhoramentos de instalações desportivas.

Com vista a uma maior inclusão parte das verbas irão ser canalisadas para desportos praticados por pessoas portadoras de deficiência.

A lei visa ainda beneficiar com verbas asentidades desportivas da modalidade futebol que dispuserem as respectivas denominações, símbolos ou marcas para uso por parte das casas de apostas que venham a poder operar na área a concurso de prognóstico específico de resultados desportivos.

Dicas de marketing de conteúdo para pequenos negócios

Começar a usar o marketing de conteúdo, especialmente se você estiver trabalhando em uma startup, pode parecer assustador.

Envolve mais do que simplesmente criar posts, vídeos e infográficos estimulantes e envolventes para impulsionar as vendas, o que já é difícil o suficiente. A par de tudo isso, também é preciso ser um especialista na disseminação da conscientização em todo o mundo digital.

Além de escrever um conteúdo agradável ou criar visuais de alta qualidade, você precisa integrar o uso de ferramentas de gerenciamento de conteúdo, dados de sites e algoritmos de mídia social para aumentar o desempenho de seu conteúdo.

Muitos pontos devem ser usados ​​se você quiser que sua estratégia de marketing de conteúdo seja bem-sucedida.

Como está sua estratégia de pesquisa de conteúdo? Seu conteúdo atende às expectativas? Você pode analisar as razões pelas quais algo foi um fracasso enquanto outra coisa foi um sucesso? As metas de vendas estão sendo atingidas no final?

As pessoas capazes de entender os dois lados do marketing de conteúdo, o criativo e o analítico, serão as que realmente aproveitarão o poder da criação de conteúdo.

Se você puder fazer isso, você certamente verá enormes ganhos à medida que sua empresa cresce. Estudos sugerem que o marketing de conteúdo custa 62% menos que o marketing tradicional, mas gera três vezes mais leads.

Grandes empresas podem se dar ao luxo de gastar dinheiro com métodos antigos e modernos de marketing, mas as startups precisam ser mais inovadoras.

Desse modo, aqui estão algumas dicas de marketing de conteúdo simples, mas cruciais para empresas iniciantes.

Dicas de marketing de conteúdo que vão ajudar a sua pequena empresa

Começar um negócio nem sempre é algo simples. Contudo, com algumas dicas é possível aprimorar um pouco mais a sua estratégia. Assim, conheça nossas dicas de seguida.

1 – Encontre seu público-alvo

O que você deseja alcançar com o marketing de conteúdo? Digamos que você queira ser um líder de ideias em seu setor para aumentar sua reputação como influenciador em seu campo. Estrondo!

Agora você tem um objetivo em mente. Mantenha o foco e faça o que precisa ser feito para atingir esse status.

2 – Torne as metas mensuráveis

É importante garantir que seus objetivos possam ser medidos. Isso lhe dá a oportunidade de descobrir o que as coisas funcionam e o que pode ser melhorado. Também tem um efeito psicológico positivo.

Se você puder ver os resultados do seu trabalho duro, ele encoraja você a continuar crescendo e se esforçando ainda mais. Você começa a sentir uma sensação de realização.

Continuando com o exemplo acima – você quer ser um líder de ideias – é possível medir o sucesso contando o número de vezes que você foi chamado para obter informações ou para ser uma fonte de uma notícia.

À medida que sua reputação continua crescendo, você também poderá acompanhar quantas conversões foram feitas a partir de diferentes canais de entrada.

3 – Os objetivos devem ser realizáveis

Sempre sonhe alto, mas tente se manter realista. Seria fantástico se você ganhasse US $ 1 milhão no primeiro mês, mas, honestamente, isso é possível?

Se você definir metas que podem ser atingidas, poderá testar para ver se sua estratégia está realmente funcionando sem ser esvaziada. Os dados históricos são uma maneira segura de apresentar uma estratégia realista.

4 – Escolha um sistema de gerenciamento de conteúdo

Uma das decisões que você deve tomar é qual sistema de gerenciamento de conteúdo deseja usar.

Se você decidir algo como o WordPress ou outro CMS profissional, escolha uma interface e um preço que funcione melhor para você.

Se você não quer investir muito em uma plataforma, pode até compartilhar conteúdo em uma plataforma como o Medium. De qualquer maneira, o CMS que você usa deve ser intuitivo e adequado para ajudá-lo a atingir suas metas de marketing de conteúdo.

Claro que se você deseja ter um e-commerce de dropshipping por exemplo, terá de ter uma excelente plataforma, por isso, escolha com bastante cuidado.

5 – Distribuir nas redes sociais

O conhecimento da mídia social pode ser um grande avanço quando se trata de compartilhar conteúdo e aumentar a exposição de sua marca.

Descubra quais plataformas funcionam melhor com diferentes tipos de conteúdo e adapte-as conforme necessário. Envolva-se com seu público-alvo e seja ativo na comunidade. Cubra o número de redes sociais que você achar adequado.

6 – Construir relacionamentos

As startups geralmente operam com um orçamento apertado, o que significa que você provavelmente não tem dinheiro para relações públicas.

É por isso que você precisa ser criativo. Se você conseguir que os influenciadores lhe deem uma mensagem, isso pode dar à sua marca um grande impulso.

A melhor maneira de fazer isso acontecer é construindo relacionamentos com eles. Ofereça sua ajuda e insight, e talvez eles te devam um favor um dia.

Como vê, o marketing de conteúdos é o futuro, independentemente do tipo de negócio que você tenha.

Fatos curiosos sobre Ben Affleck

Ben Affleck

Duas vitórias no Oscar, três Globos de Ouro, dezenas de indicações em outros prêmios e mundialmente reconhecido como diretor e ator de muita qualidade. Ben Affleck, que no cinema já foi de super-herói a agente da CIA, tem apenas 46 anos e coleciona uma série de fatos curiosos em sua ilustre trajetória.

Abaixo, separamos algumas curiosidades da vida de uma das maiores estrelas de Hollywood.

Affleck ajudou Matt Damon a ingressar na carreira de ator

Affleck e Damon protagonizam uma das amizades mais duradouras de Hollywood. Eles se conhecem desde cedo, moravam a duas quadras de distância na adolescência e tiveram início humilde em Massachusetts.

Quando Affleck conseguiu um acordo com um empresário de Nova Iorque, ele fez questão de apresentá-lo a Damon — que assim conseguiu seu primeiro vínculo na indústria.

Ele e Damon já chegaram até a dividir uma conta bancária

Não era fácil a vida de jovens atores tentando conquistar o seu espaço. Quando Affleck e Damon eram adolescentes, muitas vezes eles passavam o dia em Nova Iorque indo atrás de testes para ator.

Como muitas vezes eles viajavam juntos, a dupla dividia o mesmo dinheiro na conta bancária. “Ben e eu, na verdade, tínhamos uma conta bancária conjunta e a conta bancária era o dinheiro que tínhamos feito fazendo comerciais locais e só podíamos usá-la em viagens a Nova York para fazer teste”, revela Damon.

Ele já interpretou três super-heróis diferentes

Os mais novos conhecem Affleck em seu trabalho como Bruce Wayne em Batman, mas a trajetória do ator interpretando super-heróis vai além.

Affleck sempre teve O Demolidor como super-herói favorito e o sonho de interpretá-lo se tornou em realidade em 2003, quando o ator tinha apenas 29 anos.

De maneira indireta, Affleck também trabalhou como Super-homem. Isso aconteceu em 2006, no filme Hollywoodland. Na ocasião, ele interpreta George Reeves, ator conhecido pelo trabalho como Super-Homem. No filme, Affleck tem algumas cenas com a roupa do super-herói.

Photo by Elen Nivrae >>> CC BY-SA 2.0

As cartas são um dos principais hobbies de Affleck

Não sobra muito tempo livre para Affleck. Em quase 30 anos de carreira, ele já participou de dezenas de produção e geralmente está envolvido em algum projeto. No entanto, quando tem folga, um dos hobbies favoritos do ator é o blackjack e o poker.

O blackjack é conhecido por ser um dos jogos mais emocionantes e acessíveis do mundo e Affleck é uma das personalidades famosas que domina esse tipo de modalidade.

Já no poker, Affleck chegou a disputar torneios profissionais e tem um bom currículo no esporte das cartas. Em 2004, ele venceu o campeonato estadual da Califórnia e derrotou vários competidores profissionais.

O mais jovem da história a ganhar um Oscar de Melhor Roteiro Original

A carreira de Affleck tomou proporções mundiais após o filme Gênio Indomável, de 1997. Escrito junto com Damon, ambos levaram a Estatueta de Melhor Roteiro Original.

Na época, Affleck tinha apenas 25 anos e se tornou o mais jovem da história a levar esse prêmio. Damon era um pouco mais velho (nasceu em 1970, enquanto Affleck é de 1972).

Torcedor dos Red Sox, ele se recusou a usar o boné dos Yankees em um filme

A paixão de Affleck pelo Boston Red Sox é enorme. Crescido em Massachusetts, em que a capital do Estado é Boston, o ator é apaixonado pelo clube de beisebol desde cedo e frequentemente vai ao Fenway Park (estádio da equipe).

O amor de Affleck pelo Red Sox é tão grande que no filme Garota Exemplar ele chegou a negar o pedido do diretor David Fincher do personagem de Affleck usar um boné do New York Yankees — grande rival dos Red Sox.

Não foi uma recusa simples. Fincher não gostou, fechou a produção por quatro dias até chegar a um acordo com Affleck. Para a filmagem do longa continuar, o ator teve que usar um boné do New York Mets (rival dos Yankees).

“Eu disse para o David: ‘Eu te amo, faço qualquer coisa para você. Mas eu não vou usar um boné dos Yankees. Eu simplesmente não consigo”, disse Affleck para o New York Times.

Dicas para manter a sua casa fresca mesmo sem ar-condicionado

ar-condicionado
dadwawdaw

Como sempre, é nesta época do ano que o ar-condicionado se torna o item de primeira necessidade na casa dos brasileiros. Mas, em muitos casos, a compra e a instalação de um ar-condicionado não cabe no orçamento familiar.

Isso não quer dizer que não existam outras maneiras de manter sua casa fresca durante os dias mais intensos de verão. Com alguns ajustes básicos (e bem mais baratos) é possível adaptar sua casa para que o calor não seja sufocante. Estes métodos, obviamente, não baixarão a temperatura de sua casa em 20 graus, mas deixarão a temperatura mais suportável.

Controle de umidade

Esta é uma informação valiosa e que pouca gente conhece: não é tanto o calor, e sim a umidade o que dá a sensação de desconforto durante os dias mais quentes. À medida que a umidade aumenta, mais difícil é para que seu suor evapore e mais pegajoso você se sente. Se o suor não evapora, seu corpo também não consegue regular sua temperatura, aumentando a sensação de umidade e calor.

Na verdade, a diferença entre o ar “normal” e o “úmido” pode fazer com que a sensação térmica varie quase 20 graus. A umidade ideal para as temperaturas de verão está entre 45% e 55%. Um desumidificador é a maneira mais rápida e eficiente de reduzir a umidade e aumentar o conforto. Se a sua casa estiver regularmente acima de 50% de umidade, considere comprar um. Se sua casa está regularmente acima de 70% de umidade, você com certeza precisa de um.

O poder da física

Pronto para colocar seus conhecimentos de física em prática? Você vai precisar de um ventilador de teto e um ventilador torre. A idéia é colocá-los de tal maneira que o ar quente seja empurrado para fora enquanto o ar fresco circula. Para isso, coloque a torre de frente para a janela para que expulse o ar quente. O ventilador de teto deverá funcionar no modo exaustor para levar o ar quente para cima. Assim, o ar fresco correrá pelo centro do ambiente.

 Desligue os eletrodomésticos

Outra medida útil para reduzir o calor em casa é desligar alguns eletrodomésticos, pois ligá-los durante os horários mais quentes do dia aumentará a temperatura em sua casa. As máquinas de lavar roupa e as máquinas de lavar louça, por exemplo, usam muita água quente. Por isso, é melhor esperar até que esteja mais fresco para ligá-las. Também é uma boa ideia desligar televisões, computadores e outros dispositivos eletrônicos quando eles não estiverem sendo usados.

Bloqueie a entrada de luz e calor

Outra maneira de controlar a temperatura do seu quarto – ou de qualquer cômodo – no tempo quente é manter a luz apagada durante as horas mais intensas do dia e depois abrir as cortinas para permitir que o calor acumulado se dissipe durante as horas frescas da noite. Cortinas blackout podem manter seu quarto escuro e fresco no verão e também vão evitar que o ar quente escape através das janelas no inverno.

Coloque seu lençol no freezer

Uma dica pouco ortodoxa mas que funciona surpreendentemente bem se você estiver disposto a fazer a sua cama antes de dormir cada noite. Coloque seus lençóis em um ziploc e leve-os ao freezer. Estenda-os na sua cama antes de dormir e garanta um começo de noite bem fresco.

https://pixabay.com/pt/branco-ventilador-madeira-andar-926202/
StockSnap / Pixabay

Como ficar milionário em 2019

ficar milionário
Fonte: Pexels

Embora chegar ao primeiro milhão não coloque ninguém na lista das pessoas mais ricas do mundo, essa é sim uma grande conquista, com a qual muita gente sonha com frequência. Para alcançar esse objetivo, existem caminhos mais fáceis e outros que exigem bastante suor — e nem todo mundo alcança o mesmo resultado.

Você começou o ano triste porque não ganhou na Mega da Virada, que premiou dois sortudos no Paraná? Não se preocupe. Mostraremos aqui outras formas de se tornar um milionário em 2019. Escolha a sua preferida.

Jogos de cassino online

Com sorte, mas também estratégia, é possível ganhar muito dinheiro apostando em jogos de cassino online e, quem sabe, conquistar o seu primeiro milhão. Um ponto positivo desse caminho é que muitos cassinos oferecem bônus grátis para atrair novos membros.

O bônus sem depósito destes sites permite que o novo usuário teste diferentes jogos sem ter que investir o seu próprio dinheiro. Ou seja, é possível ganhar sem arriscar perder nada, além de conhecer melhor os jogos disponíveis sem precisar fazer um depósito para isso.

Fonte: Pexels

Começar uma startup

Esse caminho exige uma ideia inovadora e viável e um investimento inicial, mas pode levá-lo até mesmo ao seu primeiro bilhão. No Brasil, 2018 foi um ano recorde para as startups, que chegaram a um valor maior que US$ 1 bilhão. Maringá, por sua vez, avançou como polo de startups no país.

As startups, que são empresas novas e baseadas em ideias criativas e escaláveis, são cercadas de condições de muita incerteza, porém, costumam crescer de forma mais rápida do que as empresas tradicionais. Isso significa que uma boa ideia, com investimentos e as práticas corretas, pode tornar um empreendedor milionário em menos de um ano.

Investir na Bolsa de Valores

Para ganhar dinheiro com a Bolsa de Valores, é preciso mais do que sorte e dinheiro para investir — é imprescindível aprender sobre o assunto e estudar as empresas das quais pretende-se comprar ações.

O retorno é alto, mas, como mostra uma matéria do InfoMoney, ficar rico investindo na Bolsa de Valores leva tempo e demanda estudo, disciplina e paciência. Portanto, este caminho provavelmente não fará de você um milionário em 2019, mas pode ser o primeiro passo em direção ao seu primeiro milhão.

Estude para ser um milionário

Fonte: Pexels

Não importa se você vai jogar pôquer em um cassino online, se vai começar uma startup ou investir na Bolsa de Valores, conhecimento é essencial para quem quer se tornar um milionário. Estude estratégias e pratique bastante antes de apostar dinheiro online; aprenda sobre startups antes de criar a sua; entenda o mercado de ações e conheça a empresa na qual pretende investir antes de entrar no mundo da Bolsa de Valores.

Como mostra um texto da Revista Forbes, nada é mais essencial do que os estudos para se tornar um milionário. Nesse processo, não só os livros são aliados, mas também sites de confiança e até mesmo redes sociais de pessoas de sucesso e de especialistas no assunto.

Seja em um cassino online, seja na Bolsa de Valores, invista seu tempo e, em seguida, o seu dinheiro, para começar em 2019 o percurso em direção ao seu primeiro milhão. Pode ser que, no fim deste ano, você nem precise apostar na Mega da Virada.

Opções binárias são confiáveis? Elas valem a pena?

Imagem: Binomo.com

Opções binárias são confiáveis? Elas valem a pena?

É normal que uma pessoa ao pegar o celular ou ligar o computador e abrir o navegador se depare com todo tipo de solução milagrosa para vários problemas. Então para quem não conhece tanto, as opções binárias podem cair nessa esfera e serem vistas com desconfiança. Isso é um erro.

Para responder as perguntas do título, sim elas são confiáveis e elas valem a pena, mas dependem de alguns fatores. Para quem não sabe o que são opções binárias, vamos à explicação.

Imagem: Binomo.com

O que são opções binárias?

Elas são uma forma de investimento totalmente online, usando commodities e moedas como referência. A diferença para as ações, por exemplo, é que você não compra uma parte de uma empresa, e também não ganha de forma proporcional.

A ideia aqui é você prever se o preço do ativo irá subir ou descer em um período de tempo. Se a sua previsão estiver correta, tem de volta o investido e mais uma porcentagem que pode chegar a 90% do valor colocado previamente, como lucro. Se estiver errado, perde o investido.

Por que devo confiar nessa forma de investimento?

Como sempre, nunca é bom se jogar de cabeça em algo sem conhecer bem do que se trata. Há empresas que se aproveitam de movimentações financeiras e cessão de dados para cometer delitos. Por isso é bom pesquisar sobre as melhores plataformas online para fazer essas negociações.

Uma deles é a Binomo. Premiada na indústria, credenciada pela Comissão Financeira Internacional (Categoria A) e citada por veículos de imprensa, podemos afirmar com certeza que a Binomo é confiável.

Mesmo com a plataforma certa, ainda há que se tomar outros cuidados.

Inteligência, paciência e estudo

Assim como todo investimento, não há lucro sem paciência e estudo de mercado. Apesar das opções binárias terem o risco do tempo, que é muito curto, dá para antecipar tendências e ter melhores resultados acompanhando as notícias do mercado internacional.

As opções binárias são interessantes porque não dependem tanto do humor de governantes com taxas de juros e as movimentações da economia brasileira como títulos de dívida pública ou a poupança. – Rever o parágrafo; está um tanto incompreensível.

É comum que os softwares de transações tenham notícias e até gráficos que ajudam bastante nesse estudo, mas acompanhar sites especializados, como o da Forbes, The Economist e Bloomberg são de grande ajuda.

Um bom conselho é também ficar esperto quando se opera remoramente. Algumas plataformas têm aplicativos para Android e IOS, e a citada Binomo inclusive. Com a rapidez das informações e a acessibilidade, dá para negociar em qualquer lugar e sempre ficar alerta com as notificações. Isso pode te dar mais retornos.

E por fim, inteligência emocional. Nunca se empolgar em demasia com os ganhos ou ficar para baixo com as perdas, porque isso leva a cometer erros, quando se tenta recuperar o investido ou colocando mais que o devido porque confia-se que a maré nunca vai virar.

Não é uma questão de sorte, mas não é por isso que se deve confiar em demasia no próprio taco. É interessante fazer um planejamento de cabeça fria e se manter nele.

Conclusão
As opções binárias são sim confiáveis e é interessante ter uma parte de sua carteira de investimentos com esse produto financeiro, já que ele é de alto risco, mas também de grandes recompensas.

Só que tome cuidados: procure se informar, escolher a melhor plataforma online possível para fazer suas transações e criar um plano de ação que se encaixe com seu perfil de investidor e seu objetivo.

Feito isso, não há porque desconfiar.

Qual o melhor modelo de currículo para vagas no exterior?

vagas no exterior

Concorrer a vagas no exterior é uma tarefa que exige dedicação e planejamento do candidato, já que é necessário se adequar às características do país desejado para atrair a atenção dos recrutadores para, assim, criar a oportunidade tão desejada por muitos.

Para isso, é preciso utilizar um modelo de currículo capaz de se destacar entre tantos documentos disponíveis.

Neste artigo vamos trazer diversas dicas para montar o modelo de currículo ideal para conquistar a tão desejada vaga fora do Brasil. Leia até o final, faça anotações e boa sorte!

Seja objetivo e claro nas informações

Essa regra vale para quase todos os casos, afinal, nenhum recrutador gosta de ficar interpretando qualificações e outras informações sobre as dezenas de candidatos que precisa avaliar. Sendo assim, um bom modelo de currículo internacional precisa ser objetivo e assertivo nas informações disponibilizadas.

Adapte seu modelo de currículo para cada país

Não tem jeito: cada país terá uma característica a ser valorizada em seu currículo. Nos Estados Unidos, por exemplo, dá-se muito valor para recomendações de outras pessoas que tiveram contato profissional direto com você, já que esse tipo de situação, na cultura americana, é vista como sincera e extremamente confiável.

É claro que uma recomendação pode ser “maquiada” por quem te recomenda. Mas lembre-se: não vale a pena começar um novo relacionamento profissional com uma mentira, principalmente quando se almeja uma oportunidade em outros países. Portanto, procure aquele colega de trabalho que pode falar de você profundamente e de maneira muito sincera.

Outro ponto é a forma de escrever. Nos EUA é bem comum falar das coisas que realizou, criou ou desenvolveu, sempre evitando o uso da voz passiva. Lembre-se que é a sua avaliação profissional que está em jogo, então não tenha medo de se posicionar em relação às suas qualidades.

Há, ainda, uma outra situação, nos países europeus, onde a formação acadêmica é muito valorizada. Por isso, não esqueça de deixá-la em destaque para modelos de currículos destinados à Europa, mesmo que você não tenha se formado naquela faculdade dos sonhos.

Atente-se ao que é exigido no documento

Em alguns processos seletivos, os recrutadores e empresas solicitam pontos específicos para recrutar. Isso pode envolver foto, uma carta de recomendação, exame de fluência do idioma e algum certificado técnico específico. Se esse for o caso, não hesite em atender as exigências impostas por quem irá te avaliar, já que elas serão decisivas na escolha.

Inclusive o modelo de currículo pode ser específico, como é o caso do Europass, que é um documento requisitado, em alguns casos, para países da Europa. Mas lembre-se: só coloque informações extras se for um requisito para a vaga que estiver concorrendo, caso contrário, siga os padrões do mercado do país de destino.

Seja verdadeiro com o domínio do idioma

Não adianta tentar enrolar o recrutador: se você não domina o idioma padrão da empresa, não tente “forçar a barra” para participar da seleção.

Algumas empresas são bem flexíveis neste requisito, aceitando candidatos estrangeiros que não dominem o idioma, já que com algum estudo é possível atingir um bom nível de comunicação em pouco tempo. Mas esse tipo de atitude depende da empresa que está contratando, então é importante fazer a sua parte e deixar bem claro como está sua habilidade de comunicação no idioma do país desejado.

É claro que existem histórias de brasileiros que enrolaram o recrutador e conseguiram conquistar a vaga, mesmo sem um domínio da língua estrangeira. Mas, é importante enfatizar que esses são casos isolados e, além do tempo perdido pelo recrutador, pode gerar um grande desconforto no dia a dia.

Lembre-se que um comportamento ruim pode gerar efeitos negativos em outras contratações, então seja responsável e se prepare de verdade para o processo seletivo.

Evite tradução automática do currículo

Essa dica será dada por qualquer recrutador e tem relação direta com o tópico anterior. Assim como recomendamos a sinceridade com o domínio do idioma da empresa estrangeira, o mesmo vale para seu currículo, que deve ser confecionado da mesma forma: natural e com amplo domínio da língua estrangeira.

Apesar dos tradutores atuais serem excelentes, hoje em dia, alguma falha de tradução costuma acontecer e isso pode te eliminar completamente do processo seletivo. Pior: uma empresa pode se recusar a te avaliar mesmo em uma segunda oportunidade, situação que é bem ruim.

Na dúvida, procure informações

Para finalizar, uma boa dica é entrar em contato com outras pessoas que trabalham na empresa que você almeja ou, ainda, com nativos do país sobre as boas práticas na hora de criar seu currículo.

Pessoas que passaram por situações específicas podem te dar o “caminho das pedras” e, na maioria dos casos, estão superacessíveis para responder dúvidas e esclarecer questões pontuais. Fazendo isso, você também pode desenvolver uma amizade e um networking importante para o futuro. Então, não tenha medo de perguntar, sempre com educação, por uma boa dica para ser o escolhido pelo recrutador estrangeiro.

De resto, tenha bom senso, se prepare muito bem para a vaga, crie o modelo de currículo perfeito para o local que você deseja se desenvolver profissionalmente e boa sorte!

Sites de Apostas Crescem no Futebol Brasileiro e da América do Sul

apostas esportivas

Os patrocínios ao futebol no Brasil vivem, atualmente, um cenário bastante peculiar. O segmento de apostas esportivas têm investido cada vez mais nesse mercado o que, fora do país, é bastante comum. Com a aprovação da Medida Provisória 846 esses investimentos tendem a ser cada vez maiores uma vez que fica, oficialmente, legalizado os patrocínios desse mercado no futebol e demais eventos esportivos.

A última novidade aconteceu no evento da Copa do Brasil onde a empresa Bodog foi um dos principais patrocinadores da competição ao lado da Elo que já tem um histórico nos eventos esportivos nacionais. Assim as duas empresas ficaram com a cota máster no campeonato nacional que tem bastante repercussão tanto no Brasil como também fora das nossas fronteiras.

Além desse acontecimento houve também, na Copa São Paulo de Futebol Júnior, o investimento da Bet90 que também já esteve presente na própria Copa do Brasil em edições anteriores. Já houve também diversos acordos entre os times e as empresas do ramo inclusive no caso da Bola de Prata da ESPN com naming right da Sportingbet nas duas últimas edições. A sportingbet é, inclusive, uma das empresas que têm se destacado cada vez mais com o lema de aliar o esporte com as apostas esportivas, algo que é tão comum fora do país e que tem ganhado força no Brasil. A ligação é extremamente proveitosa para ambas as partes e se você quiser saber mais pode ver esta análise no sportingbet assim como os lemas e diretrizes da empresa que vêm crescendo cada dia mais no mercado brasileiro.

Vale ressaltar que até então todos os jogos de azar são proibidos no Brasil apenas em locais físicos e que não há regulamentação contra as atividades online, por isso, existem vários sites hospedados fora do Brasil que atendem ao mercado brasileiro sem nenhum problema. Com a medida provisória aprovada na última quarta feira, 12 de dezembro, passam a ser legalizadas as apostas esportivas, de quota fixa. Ou seja, todo esse processo de patrocínio de sites de apostas ao futebol nacional está regulamentado pela lei.

Segundo o professor da Fundação Getúlio Vargas, Pedro Trengrouse, é necessário ressaltar que as apostas correm soltas no país, mesmo não sendo legalizadas ainda e que esse mercado movimenta cerca de 4 bilhões de reais anualmente e que o governo não tem nenhum controle ou tributação sobre isso, o que deixa o país em desvantagem uma vez que não aproveita a mina de ouro que têm em mãos. Ainda segundo Pedro a falta de controle nesse segmento representa um problema para o esporte que recebe esses patrocínios porque sem regulamentação não há o monitoramento e, consequentemente, há risco de manipulação dos resultados. Então é necessário que a medida aprovada pelo Michel Temer entre o mais rápido possível em vigor para que esse mercado seja regulamentado e oficialmente oferecer os devidos benefícios ao Brasil.

A indústria de cassinos no Brasil já tem um primeiro apostador

Fonte: Pexels.com

O magnata de cassinos em Las Vegas e Macau, o norte-americano Sheldon Adelson, já esteve no Brasil e manifestou interesse em incluir seu conceito de Resort Integrado nas cidades de São Paulo e Rio de Janeiro.

Fonte: Rio de Janeiro via Facebook

O homem que nasceu em uma família pobre e que construiu uma fortuna estimada em US$ 40 bilhões, é o presidente e fundador do grupo Las Vegas Sands, cujo conceito reúne hotéis, cassinos, restaurantes, shoppings e centros de entretenimento no mesmo lugar.

Graças a esse particular modelo de negócios, Adelson está incluído na lista do jornal Época Negócios, dos bilionários mais ricos do mundo em 2018. Sendo um empreendedor com visão de futuro, Adelson fez uma visita ao Brasil, para considerar seu investimento em um ou mais resorts integrados no país.

Com grandes estruturas e investimentos lucrativos nessa área, como o Venetian Hotel em Las Vegas, o Marina Bay Sands, em Cingapura, ou o Venetian Macau, nessa região autônoma da China; Adelson busca trazer investimentos desse tipo para o Rio de Janeiro e São Paulo, devido à infraestrutura atual dessas cidades, que inclui redes de hotéis e aeroportos internacionais.

Fonte: Pixabay.com

O lucro da indústria de cassinos ao redor do mundo

Além da fortuna que os cassinos geraram para Adelson, este setor do entretenimento e lazer já tem resultados positivos em todo o mundo.

Um exemplo disso ocorre em Portugal, onde de acordo com o Serviço de Regulação e Inspeção de Jogos de Turismo do país (SRIJ), as receitas totais ultrapassaram os 449 milhões de euros em 2017 (cerca dos US$ 487 milhões), incluindo os cassinos físicos e os cassinos online.

Particularmente, a indústria de cassino online teve uma recepção muito boa no país europeu desde sua abertura de mercado em 2015, já que sua popularidade aumentou devido à sua facilidade de uso e grande variedade de opções, especialmente nos chamados Slot Machines (caça-níqueis), que são jogos nos quais, girando várias rodas com imagens e desenhos diferentes, dão a oportunidade de ganhar prêmios quando imagens semelhantes aparecem juntas por acaso.

Essa forma de entretenimento foi criada em 1895 nos Estados Unidos, tornando-se rapidamente popular em todos os cassinos físicos do mundo, e suas versões online atuais estão facilmente disponíveis em todo o mundo. Conheça as slots da semana aqui e saiba mais desta popular forma de entretenimento online.

O benefício é também a criação de empregos

Considerando-se os notáveis aumentos nos lucros da indústria do turismo e o aumento do número de turistas que foram mencionados tomando o exemplo de Portugal, o desenvolvimento de resorts integrados no Brasil também representaria a criação de milhares de empregos diretos e indiretos no país.

No Brasil, a indústria do turismo gera mais de 7,5 milhões de empregos, representando quase 9% do Produto Interno Bruto, e casos isolados são aqueles de comunidades que estão em faixas positivas dentro dos números do desemprego.

A cidade de Maringá é uma das privilegiadas nesse aspecto, já que a geração de empregos cresceu em 2018, principalmente dentro do setor de serviços, segundo o Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (CAGED). Por sua vez, o setor industrial da microrregião também reverteu o cenário negativo que teve no início do ano.

Fonte: Pexels.com

Caso a aposta de Sheldon Adelson tenha um resultado positivo no Brasil, diversos setores industriais do país seriam beneficiados, gerando empregos diretos e indiretos, além de oferecer uma fonte extra de arrecadação de impostos para o governo federal.

Atletas de Maringá se destacam pelo mundo

Atletas de Maringá

Uma nova geração de atletas nascidos ou radicados em Maringá desponta no mundo esportivo. Seja no atletismo, no handebol, no taekwondo ou até no xadrez, esses maringaenses levam o nosso de nossa terra aos quatro cantos do planeta e colecionam títulos por onde passam.

 Photo by Rafael Henrique Serra (Author), CC BY-SA 4.0

Tabata Vitorino de Carvalho

Tabata nasceu em Maringá em 1996 e se tornou uma velocista. Grande parte de seu sucesso deve-se ao trabalho realizado pelo Centro de Excelência de Atletismo de Maringá, um projeto iniciado em 2010 através de uma parceria entre a Prefeitura do Município e a Associação de Atletismo de Maringá.

Dentre os talentos revelados pelo projeto, destacam-se, além de Tabata, Arthur Langowski Terezan (400 metros com barreiras), Lucas de Araujo Santos (400 metros rasos) e Giovane Cristina Ferrarezzi (salto com vara).

Tabata viveu seu grande momento em 2016, quando terminou a prova dos 400 metros rasos em terceiro lugar no Troféu Brasil de Atletismo e garantiu uma vaga na equipe feminina que disputou os Jogos Olímpicos do Rio, em 2016. Nas Olimpíadas, Tabata integrou a equipe do revezamento 4×400 metros rasos e, infelizmente, não se classificou para a final.

Arthur William Pereira

Arthur William é outro maringaense que vem alçando grandes voos. O armador direito de handebol, após cinco anos defendendo a equipe de Maringá, transferiu-se para o Pinheiros/SP, considerado por muitos como o clube mais forte do Brasil.

Só para se ter uma ideia, o Pinheiros conquistou oito das últimas doze edições da Liga Nacional de Handebol! Arthur agora faz parte dessa potência, o que apenas confirma o bom momento vivido pelo handebol paranaense. Vale destacar também a trajetória de superação do atleta, que sofreu uma grave lesão no fêmur direito e levou onze meses para voltar às quadras.

Photo by Bridget Coila (Author), CC Public Domain

Natália Falavigna

A taekwondista Natália Falavigna já tem o seu nome garantido no rol dos maiores atletas maringaenses de todos os tempos. As suas credenciais são lideradas pela histórica medalha de bronze olímpica conquistada em 2008, em Pequim.

Quatro anos antes, nas Olimpíadas de Atenas, o bronze havia escapado após a derrota para a venezuelana Adriana Carmona. Em Pequim, Falavigna teve uma nova chance e garantiu a conquista inédita ao vencer a sueca Karolina Kedzierska. Em 2005, no Campeonato Mundial de Taekowondo, em Madrid, ela terminou na primeira colocação e foi eleita como a melhor atleta brasileira do ano.

Nas Olimpíadas de Londres, em 2012, Falavigna fraturou o tornozelo direito logo em sua primeira luta. Um ano mais tarde, na Áustria, venceu o Aberto de Taekwondo. A partir de então, ela passou a conviver com uma séria de lesões, o que a tirou dos Jogos Olímpicos do Rio em 2016.

Camila Helena Murakami

Camila Murakami é uma judoca multicampeã que ainda nos trará muito mais alegrias. Recentemente, ela entrou para a história ao se tornar a primeira atleta paranaense a participar do Mundial Universitário de Judô, na Coreia do Sul.

Em seu vasto currículo, destacam-se o Campeonato Brasileiro Pré-Juvenil em 2000, o Campeonato Brasileiro Júnior em 2004, o título nos Jogos Abertos do Brasil em 2005 e 2007, o tricampeonato no Campeonato Brasileiro Senior em 2004, 2005 e 2008 e o ouro nas Olimpíadas Universitárias de 2009.

Wender Oliveira

Outro esporte onde tem maringaense, ou melhor, “maringaense” mandando muito bem é o poker. Wender Oliveira nasceu em Goiás, é verdade, mas radicou-se em Maringá em 2004 e representa a nossa cidade em torneios pelo Brasil e pelo mundo.

Wender, que começou no poker em 2010, hoje em dia fatura uma média de R$ 19 mil reais mensais. Isso o permite viver apenas do esporte, onde divide seu tempo entre torneios online e ao vivo. Em 2015, Wender Oliveira chegou à final do BSOP (Brazilian Series of Poker) em Balneário Camboriú. Mais recentemente, Wender sagrou-se campeão do evento Finale, no Uruguai, na primeira edição do LAPC (Latin American Poker Championship), abocanhando um prêmio de R$ 130 mil.

 Photo by Pat Baker (Author), CC BY 2.0

Everaldo Matsuura

Ainda no campo dos esportes mentais, o enxadrista maringaense Everaldo Matsuura é outro grande destaque. Aos 26 anos, ele tornou-se Mestre Internacional de xadrez. Entre suas conquistas, vale destacar o título de campeão paulista em 1998, o bicampeonato paranaense em 2002 e 2003, o bicampeonato brasileiro em 1991 e 2016 e o campeonato panamericano em 1993.

Um detalhe: no seu primeiro título nacional, em 1991, Everaldo tinha apenas 21 anos de idade! Matsuura tem tantas credenciais que chegou a representar o Brasil duas vezes nas Olimpíadas de Xadrez e também obteve uma inédita classificação para a Copa do Mundo em 2007, onde terminou na sexta posição.

Em 2010, Everaldo alcançou o título de Grande Mestre, sendo o décimo-primeiro brasileiro a conquistar esse status. Atualmente, ele figura na décima-sexta colocação no ranking nacional.

 

Conheça 8 curiosidades sobre criptomoedas

Apesar de ser um assunto em pauta, existem muitas curiosidades sobre criptomoedas a serem descobertas. Confira algumas delas.

As criptomoedas estão se tornando cada vez mais conhecidas, isso atrai investidores para o universo online e faz com que surjam plataformas de investimentos.

Enquanto alguns estão apenas buscando por lucros, outros querem saber mais sobre o assunto que ganhou destaque repentinamente.

Se pensa que sabe tudo sobre as moedas virtuais, veja algumas curiosidades sobre criptomoedas e veja que ainda tem bastante o que descobrir.

Foto: Opcoesbinariasguru.com
  1. O criador do Bitcoin

A moeda virtual mais conhecida em todo o mundo e que possui a maior valorização é o Bitcoin. Uma das curiosidades sobre as criptomoedas desse gênero é que ninguém conhece o seu criador.

A única coisa que se sabe é que o desenvolvedor seria Satoshi Nakamoto, porém, não se tem conhecimento se esse é um nome verdadeiro ou apena fictício. Já se cogitou a hipótese de Elon Musk, o CEO da Tesla ser o seu inventor, porém, ele desmentiu esse fato.

  1. O primeiro caixa de Bitcoins

Os Bitcoins já saíram do mundo virtual e são utilizados para realizar transações no mundo real. Tanto que a primeira delas ocorreu em 2010 e foi pago o valor de 10 mil Bitcoins por duas pizzas, hoje isso equivale a 52 milhões de dólares.

Para conseguir trocar o dinheiro real por virtual ou vice-versa, já existem caixas eletrônicos que permitem a transação. O primeiro deles foi instado em 2013, em Vancouver, no Canadá. Atualmente existem diversos equipamentos desses espalhados pelo mundo, inclusive no Brasil.

  1. Bancos estão incomodados com as criptomoedas

Pode parecer que não existe relação entre as coisas, mas a verdade é que os bancos não estão gostando nem um pouco desses investimentos virtuais.

Estima-se que atualmente existem cerca de 400 bilhões de dólares nesses ativos, valor que antes era aplicado em investimentos em instituições financeiras tradicionais.

  1. São seguras e não rastreáveis

A tecnologia utilizada na criptomoedas é tão segura que tem sido aplicada em outros itens para melhorar a sua segurança.

Elas também não podem ser rastreadas, e isso daria um certo sigilo a quem está pagando com ela. Por outro lado, facilita para que ocorram transações ilegais, como estelionato e sonegação, já que não se sabe quem são os seus reais possuidores.

  1. Algumas são bizarras

Existem centenas de criptomoedas e constantemente surgem novas. Algumas aparecem com nomes e propostas bastante estranhas.

A BananaCoin tem seu preço atrelado ao quilo da banana para exportação. A TrumpCoin é baseada no presidente dos Estados Unidos e para conseguir ganha-la é preciso apoiar e concordar com o presidente divulgando essa visão.

Há ainda a PutinCoin em homenagem a Vladmir Putin e DogeCoin que surgiu de um meme de um cachorro.

Mas vale ressaltar que há outras plataformas bem conhecidas no mercado, como a Bitcoin, Binomo, por exemplo, então não ache que todas podem virar piada.

  1. Computadores são hackeados para minerar

Para conseguir ganhar Bitcoins é preciso ter um poder de alto processamento de dados, o que um computador particular não conseguiria sozinho. Porém, quando se tem um monte de computadores em uma rede controlada isso pode mudar.

Por conta disso, hackers criam malwares para que os computadores possam ser usados para essa finalidades tendo o seu poder de processamento “roubado”.

  1. Algumas moedas possuem limites

As moedas virtuais são geradas por mineração, porém, não significa que são ilimitadas. O Bitcoin, por exemplo, possui um limite de 21 milhões. Estima-se que esse número seja atingido no ano de 2140.

  1. Há montadoras que aceitam pagamento por criptomoedas

Comprar um carro pagando em criptomoedas pode parecer uma coisa estranha, mas é uma realidade. A Lamborghini foi a primeira a adotar esse método de pagamento. Porém, existem muitos outros comércios que adotaram as moedas virtuais.

Essas são algumas das curiosidades sobre criptomoedas, porém, existem muitas outras que você pode ficar sabendo acompanhando mais sobre esse universo.

Fonte: Opcoesbinariasguru.com, Techtudo

Captação e retenção de clientes: o que todo escritório de advocacia precisa saber

Captar novos clientes para um escritório de advocacia, a partir do zero, pode ser uma tarefa complicada e cansativa. Em relação à publicidade e propaganda para advogados, por exemplo, há regras e  situações que não podem ocorrer para que a ética não seja  lesada.

Uma delas é a não permissão de divulgação dos serviços advocatícios por meio de TV, rádio, banners e outdoors vedada pelo o art. 40, inciso I, do Código de Ética e Disciplina da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB).

Então, como conseguir novos clientes e manter os atuais satisfeitos com seu trabalho? Na maioria dos escritórios de advocacia, os advogados precisam enfrentar o receio de fazer contatos com possíveis novos clientes, nem sempre é fácil divulgar o trabalho de forma eficiente e atraente.

Para que isso seja feito melhor maneira possível, elencamos algumas dicas importantes que auxiliarão no processo de captação de clientes e, consequentemente, no crescimento do escritório de advocacia.

Marketing digital é o primeiro passo

Boa parte dos clientes está na internet à procura de soluções para os seus problemas. Às vezes, não necessariamente procurando por um escritório ou advogado, mas pesquisando  sobre questões referentes ao seu problema jurídico, o que gera oportunidade de ser encontrado por meio de seu site ou blog, caso o tenha.

Por isso, se o escritório de advocacia investir em marketing digital, certamente ficará visível para quem procura por consultoria jurídica.

Modernidade, tecnologia e agilidade são essenciais

Outra forma de captar de clientes é demonstrar que o escritório está alinhado às inovações do mercado.

Para demonstrar modernidade e agilidade, a utilização de um software para advogados se faz essencial. Ter todos os casos, controle de processos judiciais e dados importantes de forma organizada e sempre à mão permite ao advogado uma abordagem precisa na hora de fornecer informações aos clientes.

Imagine um grande escritório que tenha muitos clientes. Há muitos processos contendo diversas informações  e inúmeros detalhes para se dar conta. Tudo que, anteriormente, era feito por meio de pilhas intermináveis de papéis ou planilhas lentas de computador, agora, pode ser feito de forma automatizada por meio dos softwares jurídicos.

Com essa tecnologia,  em poucos cliques em um sistema é possível acessar todos os detalhes e informações de cada caso, eliminando as possibilidades de fazer confusão e perder prazos. Essa é apenas uma das maneiras de inovação que seu escritório deveria adotar para ser referência no mercado.

Networking e eventos te tornarão ainda mais conhecido

Não há nada melhor para captar novos clientes do que o bom testemunho de antigos clientes satisfeitos. Promova eventos por meio do seu escritório de advocacia e convide colegas de profissão, clientes e seu público alvo.

Clientes felizes e satisfeitos com os advogados que possuem, estarão sempre contando a outros sobre a boa equipe que os atende. Por esta razão, permaneça sempre em contato com seus clientes atuais.

Mantê-los bem assistidos é de extrema importância não só para o contentamento deles, mas para que essa boa imagem repercuta no âmbito de seu trabalho e até em meio familiar.

Um  evento que pode fazer parte da anual do calendário do seu escritório é o Aurum Summit. Esse evento, com certeza irá unir, pessoas com o intuito de crescimento e palestras de inovação e modernização para advogados. Um evento que mudará sua percepção para captação e retenção de clientes, além de outros temas correlacionados à área.

Nos eventos, a boa conversa e interação geram confiança, sem contar que será uma ótima oportunidade para que novos clientes saibam do bom trabalho que sua empresa tem exercido no mercado..

A captação de novos clientes é um desafio para qualquer escritório de advocacia. No entanto, empregando essas orientações, resultados significativos surgirão em pouco tempo. Seu escritório possuirá uma forte marca no que diz respeito a fidelização de clientes antigos, bem como a conquista de novos.

Sequências curiosas que já saíram na Mega Sena

Por ser um jogo de probabilidades, sequências inusitadas podem surgir na loteria. Seja combinações repetidas ou sequências numéricas, às vezes os resultados mais parecem brincadeiras do que realidade.

Alguns casos rendem até investigações para verificar se não houve fraude no sistema. Veja alguns casos de combinações curiosas que já saíram na Mega Sena no Brasil e ao redor do mundo.


Mega Sena e suas sequências curiosas

Quem gosta de jogar, já deve ter conferido muitos sequências curiosas na Mega Sena. Selecionamos aqui algumas das que causaram mais espantos. Confira!

  1. Três duplas!

Em fevereiro de 2015, a combinação sorteada deixou muita gente com suspeitas, pois era formado por três duplas de números seguidos: 01, 02, 27, 28, 46, 47. Mais inusitado ainda, foi que somente uma pessoa acertou a sequência, levando mais de 5 milhões de reais sozinho!

  1. Sequência desafiadora

Em 1999, os números sorteados desafiavam qualquer lei da estatística. A sequência era composta por 14, 23, 24, 25, 26, 51. Não houve ganhador neste jogo, mas é melhor não arriscar jogar uma sequência como estas! Mesmo se forem sorteadas, você corre o risco de dividir o prêmio com muitos jogadores desavisados, que acabam colocando sequências em seu jogo. Um caso parecido com essa sequência ocorreu no Reino Unido, em 2011, onde os números sorteados foram 13, 23, 24, 25, 26, 30.

  1. Todos na mesma dezena

Pela primeira vez, desde o primeiro concurso em 1996, os números premiados da Mega Sena pertenciam à mesma dezena. Os 6 números eram todos na casa dos 50: 50, 51, 56, 57, 58 e 59. O mais inusitado é que 4 pessoas acertaram as apostas, rendendo quase 10 milhões de reais para cada ganhador.

  1. Sequência quase repetida


No Brasil, ainda não houve nenhuma sequência repetida sorteada na Mega Sena, mas em 2001 houve 2 sorteios em que 5 dos 6 números eram repetidos. Como sempre, várias pessoas repetiram a sequência do primeiro sorteio, tendo mais de 3 mil pessoas levando o prêmio por acertar a quina. Além disso, o segundo concurso teve outra peculiaridade: foi a primeira e única vez em que o prêmio da quadra premiou mais do que o prêmio da quina, por conta de ter mais ganhadores que acertaram 5 números. A divisão de valores da quina foi de R$ 122,53 por pessoa e da quadra R$ 122,69 por pessoa.

  1. Duas trincas

No Reino Unido, a loteria estatal sorteou a seguinte sequência: 24, 25, 26, 38, 39, 40, formada por duas trincas. E ainda assim tiveram 4 sortudos que dividiram todo o prêmio!

  1. Mesma sequência

Na Bulgária, em 2009, as 6 dezenas sorteadas em um concurso, foram sorteadas novamente no concurso do dia seguinte! Foram abertas investigações, mas foi comprovado que não houve manipulação no sistema e que tudo não passou de uma grande coincidência.

  1. Todos na mesma dezena – versão americana

Em março de 2011, a loteria americana sorteou todos os números na casa dos 10: 14, 15, 16, 17 e 18, premiando 47 pessoas. No ano seguinte, o mesmo fenômeno aconteceu quando a sequência 1, 3, 5, 7 e 9 foi sorteada, premiando 98 apostadores. Foi aberta uma investigação após este caso para apurar se houve irregularidade nos sorteios, mas foi puro acaso!

E você, conhece outras sequências curiosas na loteria? Está preparado para arriscar uma sequência na Mega da Virada? Comente!

Fontes: Lottomag e G1.

5 dicas para conseguir mais seguidores no Instagram

Instagram

Não importa se a sua empresa está iniciando ou se já está consolidada, o fato é que a internet não pode ser desprezada em qualquer estratégia.

Seja para divulgar uma promoção, fortalecer a imagem da sua marca, atrair mais consumidores ou interagir com o seu público, a web cada dia demonstra mais relevância.

Por essa razão, a presença online se faz muito importante para quem tem um negócio, seja ele de pequeno ou grande porte.

E é nesse contexto que a criação de um site deixa de ser um diferencial para se tornar de vez um elemento essencial. Hoje em dia qualquer empresa séria investe em um site próprio.

Ainda mais nos tempos de hoje, em que criar e gerenciar um site se tornou muito mais fácil graças a plataformas como o WordPress e o Webnode, que são intuitivas e possuem vários templates.

Além disso, tão importante quanto um site, é ter um blog para a sua empresa, em que você pode criar conteúdos constantemente, se tornando ainda mais presente no cotidiano dos seus clientes.

A importância do uso das redes sociais

Assim como os sites e os blogs, as redes sociais também exercem um importante papel no Marketing Digital. Atualmente os mais variados perfis de público utilizam uma ou mais dessas redes.

O Facebook e o Instagram, por exemplo, possuem vários usuários e a todo instante os usuários utilizam essas mídias para buscar informação, entretenimento e interagir com outras pessoas.

E por falar em Instagram, essa rede social já conquistou o seu espaço entre as preferidas do público e também se tornou uma excelente ferramenta para atrair e conquistar novos clientes.

Saiba como conseguir seguidores no Instagram

O Instagram é uma rede social com um grande apelo visual, pois o usuário a utiliza para publicar fotos, vídeos de curta duração e também interagir com publicações de outros usuários.

Essa interação é feita por meio de comentários e curtidas. E graças a essas características o Instagram cresceu de maneira rápida e hoje conta com mais de 500 milhões de usuários.

Só com essa quantidade é possível concluir que mais de 90 milhões de fotos são publicadas por dia nessa rede.

O Brasil é atualmente um dos países que mais possui pessoas conectadas à rede social, rivalizando com os já famosos Facebook e Twitter.

Por ser uma rede social com grande apelo visual, o Instagram se torna um grande aliado do Marketing Digital, no que se refere à atração, interatividade e engajamento com o público.

Além disso, por usar um logaritmo bem semelhante ao do Facebook, o Instagram identifica usuários que possuem interesses parecidos com o do seu público de consumidores.

Para o Marketing Digital do seu negócio obter sucesso no Instagram, é fundamental que você conte com uma boa quantidade de seguidores. Por isso, conheça aqui algumas dicas valiosas para você atrai-los:

 

Conexão com outras redes sociais

 

Em um mundo cada vez mais conectado, utilizar o Instagram aliado a outras redes sociais é uma dica para atrair mais seguidores, pois isso amplia a abrangência das suas publicações.

 

Outra vantagem de integrar um link do Instagram com o seu blog, site, Twitter e Facebook, é aumentar a chance de ser encontrado por outros usuários.

 

Não descarte as hashtags

 

As hashtags, também conhecidas como “jogo da velha”, são aliadas poderosas das redes sociais, inclusive do Instagram. Elas começaram inicialmente no Twitter e funcionam como espécies de palavras-chaves relacionadas a determinados temas.

 

Ao criar uma hashtag relacionada ao seu produto no Instagram , ou a alguma promoção ou evento, você amplia a interatividade com o seu público.

 

Mas lembre-se que as hashtags mais eficientes são curtas e fáceis de serem lidas.

 

Aumente o engajamento da sua empresa no Instagram

 

Procure estar o mais presente possível nessa rede social, especialmente interagindo com os seguidores da sua marca.

 

Para isso, responda a comentários, avalie críticas e sugestões. Essa dica vale para qualquer rede social.

 

Apoie causas sociais

 

Em uma época em que pautas de cunho social ganham cada vez mais adeptos, o engajamento em determinadas causas traz uma boa imagem para a sua empresa.

 

Por isso, o Instagram pode ser um bom veículo para você aderir a tais temas, utilizando imagens referentes a eles. Entretanto, tenha muito cuidado ao aderir e associar a sua marca a algum tema.

 

Aprenda a utilizar o Instagram Stories

 

O Stories é uma ferramenta que apresentou boa receptividade entre os usuários. Por meio dessa funcionalidade você pode mostrar eventos cotidianos da sua empresa, a humanizando e a aproximando dos seus seguidores.

 

Além disso, muitas marcas e empresas já utilizam o Stories para criar promoções, campanhas e ações de vendas diretas.

 

Conclusão

As imagens possuem um forte apelo em todos os tipos de público, pois causam empatia, emocionam e influenciam na decisão de compra.

 

Portanto, utilize o Instagram para o seu negócio e invista na captação de seguidores, pois hoje em dia, as redes sociais são ferramentas indispensáveis em qualquer estratégia de Marketing.

 

 

 

Como retomar o controle emocional em uma situação de estresse?

estresse

Todo mundo, pelo menos uma vez na vida, já passou por uma situação difícil, que exige tomar a decisão correta. A pressão e o medo de errar,  fazem com que as pessoas se sintam sobrecarregadas, inseguras e é nesse momento que o quadro de estresse aparece.

O estresse, em pequenas doses, pode ter um efeito positivo: servindo para dar o impulso que você necessita, motivação para dar o melhor de si e se manter focado na resolução do problema.  Ele se torna um mal, quando começa a atingir a saúde física e a saúde emocional.

A duração e a intensidade do problema impactam diretamente no nível de estresse da pessoa. Porém, existem formas de  aprender a lidar com esse transtorno de modo que mesmo nas piores situações o organismo não sofra. Uma delas, é através da aplicação de técnicas de coaching.

Neste post, vamos acompanhar como retomar o controle em situações de estresse e como as ferramentas de coaching podem ajudar. Confira!

Qual o papel do coaching no controle emocional?

As ferramentas e metodologias de coaching oferecem o apoio necessário ao desenvolvimento emocional e comportamental das pessoas. O objetivo é fazer com que o coachee (cliente) possa desenvolver seu autocontrole e se tornar uma pessoa mais equilibrada e positiva, além de aprender a administrar as suas ansiedades.

Para tanto, o trabalho é voltado para a identificação das fontes de estresse do coachee, de modo a evitar que ele sempre fique agressivo e impaciente diante de suas questões. Com isso, ele pode trabalhar de forma correta todos os aspectos que o levam ao estado de estresse e descontrole emocional.

Três dicas para retomar o equilíbrio após uma situação de estresse.

1.Identifique seus sentimentos

É importante prestar atenção no que você está realmente sentindo para poder identificar o que ocorre, qual o gatilho que está levando você ao estresse à explosão. A falta de autoconhecimento, muitas vezes, é o maior sabotador de uma pessoa, simplesmente porque ela não sabe o que está acontecendo, e isso gera pensamentos pessimistas e negativos.

Pare e pergunte: que emoção é essa? Tenho motivos para isso? O que me faz sentir assim? É algo externo ou interno? Ao identificar qual a emoção, é possível reduzir a intensidade dos sentimentos ruins e gerenciar melhor as emoções, retomando o estado de calma.

2. Reconheça e aprecie suas emoções

A inteligência emocional traz uma série de vantagens para a vida, e com certeza, é uma forte aliada para gerenciar as emoções. Para isso, reconheça que os sentimentos, tanto positivos quanto negativos, são necessários para exercer uma vida plena.

Quando você atinge o equilíbrio emocional, passa a compreender que cada emoção tem um propósito e colabora de alguma forma para o seu desenvolvimento. Resistir às emoções é algo que deve ser evitado, pois tudo o que você resiste, persiste.  O melhor é aceitar suas emoções e entender que faz parte do seu processo de aprendizado.

3. Entre em ação

Agora que você já sabe que sentir e identificar as emoções é fundamental para evitar o estresse e ter uma saúde emocional em dia, é hora de transformar esse conhecimento em ação.

Se no trabalho algo incomoda você, busque entender qual a situação, como você se sente em relação a ela, e como pode gerenciar tudo isso para que não perca o controle. Essa atitude com certeza trará para você muitos benefícios!

Cinco razões para investir em um sistema de gestão de PDVs

PDVs

Todo gestor precisa ter em mãos dados consistentes para embasar suas estratégias, e para isso, o controle efetivo dos vários PDVs que gerencia é fundamental. Nesse sentido, contar com o auxílio da tecnologia pode fazer a diferença.

Um sistema de trade marketing pode se tornar o diferencial das suas estratégias. Com ele, você pode fazer o monitoramento das ações, obter  maior controle de equipe externa e do estoque, além de muitas outras funcionalidades. Além disso, com a ferramenta você ganha tempo e deixa de lado várias planilhas, e também não tem de investir energia organizando todas as informações de forma manual.

Quer conhecer cinco razões para investir em um sistema de gestão de PDVs? Então continue a leitura!

1. Monitoramento de preços

Você não quer perder espaço na gôndola para o concorrente que baixou o preço, não é mesmo? Com um sistema de trade marketing, fazer esse acompanhamento de preço e ações da concorrência é muito mais rápido!

O Agile Promoter, por exemplo, permite que o promotor ainda no PDV insira os dados no app de trade marketing tornando possível o acompanhamento em tempo real de tudo o que acontece em campo. Essa facilidade é um grande diferencial competitivo, já que é possível reagir rapidamente aos movimentos do mercado.

2. Geolocalização e acompanhamento de rotas de visitas

O app de trade marketing Agile promoter, permite também construir a rota mais eficiente para otimizar o tempo da equipe externa, utilizando o recurso de geolocalização. Com ele, é possível fazer as rotas mais eficientes, e você ainda pode acompanhar tudo do escritório quando quiser.

3. Identificação de rupturas

Um dos grandes desafios enfrentados pelos gestores de trade marketing é o estoque virtual, quando a mercadoria consta no sistema, mas não há produto na gôndola.

Com um sistema de trade marketing, a equipe de promotores pode validar o estoque na loja e pode também identificar rupturas. Com essas informações, você pode agir de forma rápida para antever demandas e fazer a reposição rapidamente, evitando assim, que o shopper procure em outra loja o item que precisa, ou mude de marca.

4. Controle do desempenho das equipes

De nada adianta uma estratégia bem elaborada se não for bem executada. Por isso, o desempenho e o comprometimento dos promotores no PDV é essencial para o sucesso das ações de trade marketing.

Com o auxílio de um sistema de trade marketing, você pode gerar indicadores de performance (KPIs), que o ajudarão a avaliar as atividades de cada integrante da equipe em tempo real. Com esses dados, você faz as correções de execução a tempo de garantir o resultado esperado.

5. Comprovação rápida dos resultados

Com o auxílio de uma ferramenta de automação, você comprova que as ações negociadas pela área comercial de fato estão sendo executadas na loja. Com isso, você fortalece o argumento de venda do representante para as próximas abordagens, pois pode preparar um relatório das conquistas das ações no PDV.

Como pudemos observar ao longo deste post, o uso de um software de trade marketing atua a favor da gestão da área, assegurando que as informações sobre o que acontece nos PDVs sejam rapidamente transmitidas às equipes que estão no back office. Com isso, é possível monitorar as ações e garantir a efetividade total.

Como o marketing digital pode aumentar as vendas das lojas virtuais em tempos difíceis?

marketing digital

O comércio eletrônico tem crescido em plena crise financeira, mas ainda há lojas virtuais com vendas abaixo do esperado por não investirem no marketing digital

Mesmo diante da recessão econômica, o e-commerce brasileiro conseguiu crescer 7,4% em 2016, alcançando um faturamento de R$ 44,4 bilhões. De acordo com um relatório da E-bit — empresa especializada em análises e métricas do comércio eletrônico no Brasil —, 48 milhões de consumidores realizaram pelo menos uma compra pela internet em 2016, o que corresponde a uma elevação de 22% em relação ao ano anterior.

Para os especialistas da área, o crescimento do e-commerce brasileiro deve-se principalmente à massificação do acesso aos smartphones. Com uma população mais “conectada”, às lojas online se tornaram a opção mais prática e rápida para suprir as necessidades de consumo.

Apesar do crescimento real do setor, há algumas lojas virtuais que ainda encontram dificuldades em aumentar suas vendas devido à ausência de uma estratégia de marketing digital realmente efetiva.

Para você que é dono ou gestor de um e-commerce que não está  faturando como deveria, trouxemos algumas sugestões de estratégias de marketing fundamentais:

#1- Invista em uma consultoria SEO

Se uma loja virtual não é encontrada no Google ou Bing, ela simplesmente não existe para a maioria dos consumidores. É por isso que o trabalho de Search Engine Optmization (SEO) é fundamental quando o objetivo é aumentar as vendas do seu e-commerce.

Se você nunca ouviu falar sobre otimização de site, nós explicamos: trata-se de um conjunto de técnicas e estratégias orientadas a fazer um site ou loja virtual aparecer nas melhores posições de pesquisa. Por exemplo, se o seu e-commerce vende sapatos infantis, a cada vez que um consumidor digita no Google “sapatos para crianças” ou outros termos similares, sua loja aparecerá entre os primeiros resultados espontâneos. Com uma consultoria SEO é possível aumentar de forma exponencial, o volume de pessoas que visitam sua loja e, consequentemente, o número de vendas. Veja mais sobre o assunto neste post.

#2-  Aposte no marketing de conteúdo

A criação e publicação de conteúdos relevantes é um dos pilares básicos da consultoria SEO. No entanto, essa estratégia pode ser utilizada não só para atrair consumidores a partir das páginas de pesquisa, mas também para construir uma relação de confiança entre o público e a loja.

Por exemplo, ao apostar em um blog com dicas de utilização dos seus produtos, você estará ajudando o consumidor a esclarecer dúvidas e facilitando sua experiência de compra. Esse diferencial ficará marcado na memória e percepção do cliente, que em médio prazo poderá  retornar à loja e até mesmo recomendá-la para outras pessoas.

#3- Esteja nas redes sociais

Redes como Facebook e Instagram são poderosos canais para aquisição de clientes. Afinal, milhares de consumidores possuem uma conta nessas mídias sociais e passam várias horas da semana conectados às suas atualizações e feed de notícias.

Além de permitir a divulgação de seus produtos para milhares de pessoas, as redes sociais oferecem ferramentas de segmentação conforme o público-alvo da sua loja virtual. Assim, é possível exibir anúncios para pessoas com idades e/ou interesses específicos, aumentando significativamente a precisão da campanha e suas taxas de retorno.

Contrate uma agência de marketing digital

Todas as estratégias mencionadas acima podem ser executadas diretamente na sua empresa pela sua equipe de colaboradores. Mas nem sempre é tão simples obter os resultados desejados. Além da complexidade de execução, a concorrência com grandes players do mercado dificultam o aumento da visibilidade da sua loja virtual. Por essa razão é que, algumas vezes, o melhor é pensar objetivamente em contar com uma equipe multidisciplinar de uma agência de marketing digital. Para que o marketing digital proporcione os melhores benefícios para sua empresa, é importante contar, por exemplo, com programadores especialistas em SEO, além de redatores, publicitários e jornalistas que ficarão responsáveis pelo planejamento e elaboração de conteúdos para o e-commerce.

Como a contratação interna de tantos profissionais pode ser algo custoso, a melhor alternativa é trabalhar com uma agência de SEO e marketing digital. Assim, você poderá adquirir um pacote com as melhores soluções para aumentar e qualificar o tráfego da sua loja virtual, atraindo visitantes com verdadeiro potencial de compra.

Projeto de lei que legaliza jogo no Brasil está pronto para votação no Senado

jogo no Brasil

Projeto de lei que regulamenta jogos e apostas no Brasil está pronto para ser apresentado no Plenário do Congresso Nacional. Ainda assim, PL é rodeado por polêmica

Pese à rejeição na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado, o PLS 186/2014 está pronto para ser votado em Plenário. O projeto, que legaliza os jogos e apostas, online ou presenciais, em todo o território nacional, teve dois substitutivos sugeridos. Ele deve, assim, criar um imposto específico para estes estabelecimentos, bem como incluir o Jogo do Bicho no rol de práticas liberadas.

Atualmente, elas são consideradas contravenções penais. Isto porque a legislação brasileira prevê que as Loterias Federais detêm a exclusividade sobre as apostas realizadas em todo o país. Mas, na prática, há uma próspera indústria paralela que, segundo estimativas, movimenta R$ 20 bilhões anualmente, boa parte disso com o Jogo do Bicho.

Esta realidade, alinhada ao fato de que os cofres públicos estão no vermelho desde meados de 2014, fomentou o surgimento de um movimento legislativo para a legalização destas atividades. Mas, não é só isso: o tema também já chegou ao Supremo Tribunal Federal, e uma decisão da corte poderia mudar totalmente o panorama a respeito do assunto.

Entre idas e vindas, jogo já foi legal no Brasil

Apesar de o jogo atualmente ser uma contravenção penal, nem sempre foi assim. Em 1933, o então presidente Getúlio Vargas permitiu a prática, desde que alinhado a atrações culturais. Na época dos “anos dourados do jogo”, o segmento era tão próspero que a cidade mineira de Poços de Caldas foi apelidada de Las Vegas brasileira. Além disso, foram inaugurados estabelecimentos históricos, como o Cassino da Urca e o que funcionava no Copacabana Palace, ambos no Rio de Janeiro. A bonança, entretanto, durou pouco. Em 1946, o então presidente Eurico Gaspar Dutra assinou um decreto-lei que vedava a realização de todo e qualquer jogo no Brasil.

Contudo, anos depois, parte do setor foi novamente ressuscitado. Em 1993, a promulgação da Lei 8.672/93 (mais conhecida como Lei Zico) definiu normas gerais para o setor, além de firmar competências de fiscalização. Como consequência, os bingos voltaram a funcionar.

Pouco depois, foi promulgada a Lei nº 9.615/98. Conhecida como Lei Pelé, ela revogou a Lei Zico, mas manteve a permissão para o funcionamento dos bingos, que passou a ter direitos e deveres mais claros e detalhados. Contudo, no ano 2000, a promulgação de outro diploma legal revogou os artigos que discorriam sobre o assunto. O jogo, então, voltou à ilegalidade completa.

De um lado, os opositores

Desde então, legisladores favoráveis à edição de um marco regulatório dos jogos têm feito esforços no sentido de aprová-los. Mais recentemente, eles se intensificaram, contando, inclusive, com um grupo de parlamentares favoráveis à regulamentação dos jogos no Brasil, a Frente Parlamentar pela Aprovação do Marco Regulatório dos Jogos.

Entretanto, o sentimento positivo a respeito da legalização está longe de ser unânime. Tanto que, em março deste ano, a Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado emitiu parecer contrário à PL. Parlamentares alegam que a capacidade de fiscalização do setor está aquém daquilo que seria necessário para assegurar que os dispositivos de um eventual diploma legal fossem cumpridos.

Apesar disso, o projeto de lei está pronto para ser votado pelo Plenário. E, se depender dos esforços dos interessados, ele deve ser aprovado: tanto o presidente Michel Temer quanto os presidentes da Câmara e do Senado (Rodrigo Maia, do DEM, e Eunício de Oliveira, do MDB, respectivamente) já acenaram um apoio à aprovação e promulgação da medida.

Do outro lado, os entusiastas

Entre os favoráveis à aprovação do marco regulatório, há dois principais argumentos: o primeiro é que, na prática o jogo já acontece. O segundo é econômico: a legalização geraria empregos e traria mais impostos aos deficitários cofres públicos.

O fato de que o jogo já acontece é incontestável. E, ao contrário do que muitas pessoas pensam, ele não acontece sempre por baixo dos panos, mas de maneira aberta, organizada e transparente, como nos sites internacionais de apostas desportivas e de cassino.

Eles mudaram radicalmente o panorama dos jogos no Brasil pois, quando um cidadão faz uma aposta, ela é processada no país de origem do site, enquanto a lei veda o ato apenas quando praticado no território nacional. Assim, não há crime, mas os cofres públicos brasileiros não arrecadam um centavo em impostos.

Esta queixa, aliás, encabeça outro argumento das pessoas favoráveis: os cassinos seriam uma oportunidade de aquecer a economia, seja por meio dos próprios estabelecimentos ou de um impulsionamento do turismo brasileiro. Há vários casos de sucesso deste tipo no mundo, como Punta del Este, no Uruguay, Macau, região autônoma chinesa, e, claro, a cidade americana de Las Vegas, considerada por muitos a meca do jogo.

Em Portugal, por exemplo, onde a legalização dos jogos de cassino online ocorreu recentemente, a expectativa de arrecadação de impostos era de 25 milhões de euros anuais com a tributação dos jogos online. No primeiro ano completo de operação, o governo português arrecadou mais de 54,3 milhões de euros, com uma fatia de 44,2% desse mercado que atingiu uma receita de mais de 122,6 milhões de euros.

Baseado em fatos e números como esses, os parlamentares afirmam que, ao se observar o cenário internacional, a legalização do jogo é a regra. Ao proibi-lo, o país está em um grupo reduzido de países onde a prática também é vedada, como Cuba e as nações islâmicas. O marco regulatório seria, portanto, uma maneira de trazer o Brasil à vanguarda mundial.

Como ganhar dinheiro em sites de apostas esportivas

apostas esportivas

Método de apostas disciplinado e estratégias como código promocional ajudam quem quer lucrar com sites de apostas

Apaixonados por futebol e por seus benefícios, como a socialização e o lazer, os brasileiros cada vez mais têm colocado essa paixão em prática com outro de seus hobbies. Se antes assistir aos jogos esportivos era suficiente, hoje, eles participam ativamente dando seus palpites em sites de apostas e unindo dois prazeres: o de apostar e o de acompanhar esportes.

O que era diversão tem se tornado fonte de renda para muitas pessoas, que lucram cada vez mais com os sites de apostas esportivas. Já são mais de 500 sites de 70 operadoras em atuação no país, o que ilustra o aumento da adesão dos brasileiros com a atividade. Para ganhar dinheiro em sites de apostas esportivas, muitos têm recorrido a alternativas que envolvem desde vantagens em relação à casa, métodos de apostas disciplinados, com um passo a passo eficaz, e até estratégias como uso de cupons promocionais.

Como ganhar dinheiro em sites de apostas

Nas duas últimas décadas, a expansão dos cassinos online institucionalizou o apostador profissional no mercado. Mesmo sem leis que incluam esse trabalhador autônomo na relação de profissões conhecidas, não faltam relatos de jogadores – ou players – que largaram uma carreira tradicional para viver com a renda obtida nos sites de apostas. É o caso de Juliano Fontes, brasileiro de 28 anos que largou a estabilidade de um cargo público para se dedicar somente a apostas esportivas. Hoje, ele já ganha R$ 15 mil por mês com apostas e até lançou um livro (“Invista em Futebol”) no qual ensina as práticas da atividade.

Mas, para ganhar dinheiro nesse setor, tanto como qualquer outro, é necessário ter disciplina e estar disposto a trabalhar duro. Antes de atingir o auge, o jogador deve se dedicar muito para conseguir fazer das apostas o seu ganha pão. Uma das estratégias de ganhar dinheiro com o segmento é reconhecer que as bancas não são o inimigo. Afinal, quando as cotações são disponibilizadas para que os jogadores deem seus palpites, os cálculos já foram realizados para que a casa de apostas tenha o seu lucro, não importa qual seja o resultado do jogo.

Logo, é mais eficaz investir essa energia para superar os concorrentes, já que as bancas têm interesse em premiar seus clientes, pois são eles que fazem o negócio crescer. Uma das dicas do player profissional Juliano Fontes é “evite apostar no seu time do coração” para que a emoção não domine suas estratégias racionais de jogo. Ou seja: não confunda apostador com torcedor, pois pensando de forma imparcial, fica mais fácil determinar quem tem chances maiores de ganhar determinada partida.

Conhecimento e criatividade a favor de quem deseja ganhar dinheiro com apostas

Outro diferencial é o conhecimento nesse mercado, pois, quanto maior a quantidade de informações adquiridas pelo jogador, maiores são as suas possibilidades de vitória. Por isso a importância de estudar profundamente os jogos, as estratégias, as práticas das operadoras e as probabilidades do mercado. Os iniciantes podem se beneficiar das sure bets, ou apostas certas, desenvolvidas com uma fórmula matemática que ensina como apostar com a certeza da vitória, independentemente do resultado do evento – mais um tema que deve ser estudado profundamente por quem deseja ganhar dinheiro com sites de apostas. Tal prática oferece vantagem aos jogadores em relação às casas de apostas.

Com criatividade, é possível alcançar a maior fatia do bolo ofertada pelas bancas, sem gastar muito e inclusive evitando possíveis tensões nas relações causadas pelo dinheiro. Os bônus de boas vindas, como o código promocional Sportinbet, são uma boa alternativa para quem deseja começar investindo o mínimo possível, além das promoções feitas no decorrer do ano e das cotações mais atraentes que ficam disponíveis nos maiores sites de apostas do setor.

Dicas para quem deseja faturar com sites de apostas

Entre as diversas estratégias para ganhar dinheiro em sites de apostas esportivas, é necessário que o usuário escolha aquela que mais combina com o seu estilo. Estar atento aos jogos, analisar estatísticas e ficar de olho em apostas de valor esperado positivo também é essencial para começar a lucrar no setor. Confira duas dicas para começar a faturar uma renda extra com as apostas:

  • Apostar o bônus: essa é uma boa tática para quem deseja ganhar dinheiro em sites de apostas gastando pouco. Com os bônus ou códigos promocionais é possível avançar nos jogos. O bônus de boas vindas não pode ser levantado. Precisa sim ser convertido em dinheiro resgatável, ou seja, apostado. Depois de avaliar quais são as suas melhores odds (probabilidades) o usuário pode começar a colocar suas estratégias em prática. Entre as suas vantagens, estão começar a compreender o setor, aumentar a banca com pouco dinheiro e com menos riscos.
  • Apostar contra o empate (lay ao empate): divertida, essa técnica é usada no decorrer de um evento desportivo e consiste em apostar contra o empate no início do jogo. Depois que o primeiro gol for marcado,, o jogador deve voltar a apostar uma odd mais alta, já que haverá uma variação da odd do empate. A tática parte de dois pressupostos: de que a grande parte dos jogos tem gols, e que depois de um gol a odd do empate pode subir. Simples, essa é uma das melhores táticas para quem deseja começar a ganhar dinheiro com os sites de apostas esportivas e é a porta de entrada para o primeiro trading, ajudando o apostador a aplicar ténicas mais elaboradas e com ganhos maiores.

Entre as vantagens dessas técnicas, estão às chances de conjugar com outras possibilidades mais elaboradas e que permitam que o iniciante melhore sua técnica a longo prazo. Trata-se de uma boa alternativa para que as chances e técnicas do jogador sejam aprimoradas, com riscos menores e mais chances de vitória. Ao apostar contra o empate, por exemplo, uma dica não deve ser deixada de fora: o lucro só chegará se ao menos um gol for marcado, independentemente da equipe que a marque. Por isso, é importante ter cautela com o tipo de jogo que será apostado.

Inteligência emocional: essencial para obter dinheiro extra com sites de apostas

Além disso, um método de apostas eficaz também envolve anotações e históricos das melhores jogadas e probabilidades. A força da mente é outro fator que não deve ser subestimado, já que a saúde emocional dos jogadores também precisa ser priorizada para que o jogador obtenha bons resultados e mantenha sua lucratividade em alta. Dessa forma, com um passo a passo detalhado para orientar cada lance, é possível manter a cabeça fria e as emoções controladas. Veja algumas dicas:

  • Seus próprios limites e regras básicas devem ser impostos, criando uma estratégia de operação exclusiva;
  • A estratégia pré-definida não deve ser desviada, mesmo diante de uma sequência negativa de lances! Foque nas próximas unidades de apostas;
  • As regras de estratégia de operação devem ser seguidas conscientemente, com a calma e análises friamente calculadas de cada oportunidade nova antes de apostar;
  • A expectativa e a ansiedade devem ser deixadas fora dos sites de apostas esportivas. Afinal, elas só atrapalham seu desempenho, afetando o mindset de jogador.

Para ganhar dinheiro com os sites de apostas esportivas, também é imprescindível que o jogador não queira lucrar rápido demais. Afinal, os rendimentos devem ser visualizados como oportunidades de investimento para que o sucesso seja planejado a longo prazo, com controle emocional e as finanças em dia durante o processo. O caminho para a renda extra é árduo, mas oferece suas vantagens financeiras a quem se dispõe a arriscar e sair da zona de conforto.

 

Entenda o funcionamento do Bitcoin e Opções Binárias

Bitcoin e Opções Binárias

Mesmo em 2018, a internet não nos cansa de surpreender e apresentar possibilidades de todos os tipos, por meio de apps, plataformas e sites novos. Para quem não é um nativo digital – uma pessoa que teve acesso a um computador e a rede mundial desde pequeno – tudo pode parecer complicado de entender.

Não vamos falar sobre tudo que pode ser complicado, mas a pauta é interessante para tratar de investimentos como Bitcoin e opções binárias. Os dois foram temas de muitas notícias, opiniões de investidores tradicionais, instituições, governos e por aí vai. Mas como eles funcionam? Como assim eles só são operados pela internet e não tem um regulador?

Estamos aqui para esclarecer, não para complicar.

O Bitcoin: você já pode ter perdido o bonde?
Bitcoin foi a palavra da moda no fim de 2017. E há uma razão para esse exato momento no tempo: seu valor explodiu para 17.500 dólares em dezembro, seu maior número até então. E é claro que isso gerou notícias e reações.

A principal dessas reações é que corretoras de investimento começaram a olhar e até recomendar a compra de criptomoedas – esse é o termo mais certo, Bitcoin é só uma das criptomoedas – já que os retornos são excelentes.

O site Investopedia fez até uma sacanagem com seus leitores, com uma matéria que trazia a seguinte informação: quem investiu 100 dólares em Bitcoin em 2011 teria agora mais de 2 milhões. E isso que o Bitcoin não vale nem metade do que em dezembro, sendo negociado a 6.500 dólares.

O bitcoin não é regulamentado por um banco central, com seu valor sendo totalmente regulado pelos balanços do mercado. Suas transações são registradas em uma cadeia que é chamada de blockchain. Um dos atrativos do bitcoin é que diferente das moedas, que um governo pode simplesmente imprimir mais e mexer no valor delas, o bitcoin tem limite de produção.

Então, não, você não perdeu o bonde, porque do mesmo jeito que valorizou milhares por cento em poucos anos e caiu para um terço em menos de 10 meses, ele pode e deve voltar a subir. E com cada vez mais empresas aceitando bitcoin como pagamento, é normal que a moeda se popularize ainda mais. Vale a pena pelo menos prestar atenção e buscar informações.

Opções Binárias
Outra forma de investimento que surgiu com os avanços das tecnologias nos últimos anos foram as opções binárias. A ideia delas é que você pode “apostar” em subidas e quedas de commodities como café, ouro, petróleo ou então de moedas como dólar, euro e libra.

Tudo bem, isso não difere de um mercado de ações, mas há algumas mudanças vitais: nas opções binárias, não importa se o ouro subiu um dólar ou um centavo por onça, em um tempo pequeno pré-determinado, você ganhará o mesmo retorno sobre o seu investimento inicial. Já se desceu um dólar ou um centavo e você apostou que subiria, você perde seu investimento.

Então você pode apostar na subida ou na queda e se você estiver no lado errado, perderá o investimento. Ou então, se acertou na lata o movimento, ganhará um valor fixo, que fica entre 70% e 90% sobre o investido.

Isso caracteriza um investimento de risco, que pode ser interessante se você tem bastante conhecimento do mercado e um dinheiro para fazer essas apostas, enquanto outra parte de seu investimento está em fundos mais seguros.

Conclusão
Não há porque ter receio de opções binárias, bitcoin ou qualquer outro tipo de investimento que tiver na internet se você tiver feito uma boa pesquisa antes, confiar em empresas com credibilidade e se informar bastante sobre o assunto. Ficar com receio e guardar o dinheiro no colchão com certeza não é a melhor estratégia.

Fonte: https://www.coindesk.com/6-6k-bitcoin-price-eyes-new-target-for-bull-reversal/

As 5 contratações mais caras da janela europeia em 2018

Os valores das negociações por anos se mantiveram mais ou menos estáveis, com os clubes europeus raramente passando dos 50 milhões de euros para contratar as maiores estrelas do futebol mundial.

O Real Madrid na era dos galácticos, conhecido por abrir a carteira, pagou 77,5 milhões de euros por Zinedine Zidane em 2001, o que por anos foi a maior transferência, já que envolvia um jogador indiscutível.

Hoje o mercado da bola está completamente maluco, com dois goleiros, que não são os melhores de sua posição no mundo, nem candidatos a maiores da história, como Zidane é, valendo mais ou próximo disso. Vamos então à lista das 5 contratações mais caras da janela europeia de verão em 2018.

Riyad Mahrez – Leicester para o Manchester City

Se você não souber quem é Mahrez, não se culpe. O jogador do Manchester City tem bastante habilidade em sua canhota, mas é claro que os 60 milhões de libras (aproximadamente 296 milhões de reais) são um absurdo para o ex-jogador do Leicester, onde foi campeão inglês. Mas se o futebol europeu é inflacionado, é muito por causa da Inglaterra, onde os times ganham um caminhão de dinheiro só de direitos de transmissão.

Alisson – Roma para o Liverpool

Alisson não falhou na Copa do Mundo, mas também não dá para dizer que fez uma grande competição. Mesmo assim o Liverpool investiu 65 milhões de libras (mais de 320 milhões de reais) no goleiro, já que precisava desesperadamente de um após ver Karius, goleiro titular na final da Champions League, frangar miseravelmente.

Kepa Arrizabalaga – Athletic de Bilbao para o Chelsea

Aqui o mesmo se aplica para Mahrez: não se puna se você não conhecer Kepa Arrizabalaga. O jovem arqueiro do Athletic de Bilbao estava se destacando em seu clube e foi até convocado para a Copa do Mundo pela Espanha. Precisando agir rápido depois de perder Thibaut Courtois para o Real Madrid, o Chelsea teve que pagar a multa de 80 milhões de euros, ou 352 milhões de reais.

Cristiano Ronaldo – Real Madrid para a Juventus

Neymar custou mais de 200 milhões de euros. Philippe Coutinho chegou perto de 150 milhões de euros. Por esses valores absurdos, pagar 100 milhões de euros pelo melhor do mundo, Cristiano Ronaldo, não é tão fora. Claro que a idade pesou, mas mesmo assim o português foi a segunda transferência mais cara desta janela, com sua surpreendente saída do Real Madrid para a Juventus. Por estarmos falando de um jogador de topo e linha e produção quase garantida, o retorno futebolístico e em marketing deve pagar a transferência.

Kylian Mbappé – Opção de compra exercida pelo PSG

Espetacular na Copa do Mundo, Mbappé já tinha ido bem em sua primeira temporada pelo Paris St. Germain. Porém, tecnicamente, ele ainda era do Monaco, que emprestou o jogador para o time da capital porque este já tinha estourado suas contas, pelo Fair Play Financeiro da FIFA, para contratar Neymar. Juntos, eles fazem o PSG ser absolutamente favorito para a conquista da França nas casas de apostas, pagando menos de 1,1 para cada real investido.

O valor de 174 milhões de euros, ou 783 milhões de reais, parece quase ridículo. Mas não é, já que estamos falando de um jogador de 19 anos, que já comprovou seu lugar entre os maiores do mundo e pode decidir um jogo a qualquer momento e vender camisas em qualquer canto do mundo. Mesmo assim, é difícil imaginar que Mbappé custa 3 vezes mais que Zinedine Zidane no auge ou quase duas vezes mais que Cristiano Ronaldo saindo do Manchester United para o Real Madrid. Mas é assim que o futebol europeu funciona agora.

Como fazem os diretores para criar a ambientação de um filme?

Os diretores de cinema contam histórias usando ferramentas para criar o cenário apropriado para apresentar os espectadores ao filme, criando o melhor contexto possível para ter um filme que seja registrado positivamente na história do cinema dentro de festivais e as telas de TV de cada casa.

Cores e iluminação para dar um tom à história

Dentro da indústria cinematográfica, as cores são a primeira fonte de ambiente para qualquer filme. Independentemente de ser um dos primeiros filmes mudos da história, ou uma das histórias mais inovadoras desenvolvidas apenas por meio da animação digital, as imagens são a primeira coisa que chama a atenção do público e o motivo da existência do cinema. Muito antes dos atores aparecerem na tela do cinema, as cores da cena já estão lá para adaptar o ambiente e guiar as emoções dos espectadores. De um vermelho que inspira paixão como em American Beauty (1999) de Sam Mendes; verde que vai relacionado à natureza e aventura, como em a saga do Hobbit (2012-2014), de Peter Jackson; e azul, que inspira frio e isolamento, como em Dunkirk (2017), de Christopher Nolan; até mesmo a ausência de cores, com tons de cinza e pouca iluminação para relacionar o espectador com o medo e a incerteza, como Zé do Caixão tem feito frequentemente em filmes como À Meia Noite Levarei Sua Alma (1964) dentro dos cinemas locais.

Locação: O lugar onde a história se desenrola

A locação é uma parte fundamental da atmosfera de um filme. Sem a necessidade de comprar um voo de 250 mil dólares com a Virgin Galactic, é possível levar aos espectadores para o espaço. De uma forma muito simples, com um fundo na cor preta, com suas estrelas apenas visíveis através das pequenas janelas de um local construído com muitas peças eletrônicas e de metal, fazendo que o espectador se sinta tão insignificante, quando comparado com a imensidão do espaço e todas as aventuras que oferece para explorá-lo. Vários exemplos marcaram a história do cinema com base nesse cenário, incluindo 2001: A Space Odyssey (1968), Gravity (2013)ou Interstellar (2014). O fundo com base preta do espaço serve como uma tela para os diretores, permitindo-lhes explorar a sua criatividade, transportando aos atores e espectadores a mundos e situações extraordinárias. Outro exemplo que é capaz de transportar um espectador com seu cenário são os casinos. Com locais facilmente reconhecíveis, como um casino com luzes brilhantes no fundo, o som inconfundível dos slot machines a entregar prémios, a sua iluminação colorida e toda a emoção que transmitem as pessoas que estão dentro; dão ao espectador uma associação imediata com a famosa cidade de Las Vegas. Neste exemplo, é fácil encontrar filmes como The Hangover(2009), 21 (2008), Fear and Loathing in Las Vegas (1998), entre muitos outros. Finalmente, a floresta é também um dos locais capazes de transportar aos espectadores para um lugar isolado e cheio de aventuras e perigos, capaz de ser belo ou aterrorizante com a simples decisão do diretor sobre a música de fundo e a iluminação. É possível encontrar filmes que mostram esse contexto perfeito com exemplos como The Blair Witch Project (1999), The Revenant (2015) ou Into The Wild (2007).

Música: A trilha sonora de cada história

Desde o início do cinema, quando os filmes eram feitos sem som e estavam baseados na mudança de fotografias da maneira mais simples, a música tem sido uma das melhores aliadas para contar histórias. Desde os filmes antigos de Charles Chaplin, como The Circus (1928), onde não havia tecnologia para incluir áudio nos filmes, foram utilizados músicos ao vivo em cada show, que muitas vezes incluía músicas escritas especificamente para os filmes, onde incluindo ritmos como a “Marcha dos Gladiadores”, os espectadores instantaneamente relacionam a música com a de um circo. Além de um lugar específico, a música transporta aos espectadores para momentos específicos. Os anos setenta com o Funk e o Disco são um exemplo da música, apoiando filmes como American Hustle (2013) e ouvindo Donna Summer cantando “I Feel Love”. Além de adaptar músicas comerciais a um filme, muitos diretores usam música original para dar o ambiente exato a seus filmes, como no caso de Batman: The Dark Knight Rises (2012) de Christopher Nolan, onde o diretor trabalhou com o compositor Hans Zimmer para criar a música ideal para o que o diretor quis expressar e fazer sentir ao seu público com seu filme.

Atores para dar vida aos personagens

Cada filme deve mostrar a complexidade dos seus personagens o mais detalhadamente possível e os atores são os que têm a responsabilidade de dar vida às idéias do diretor, através de suas características pessoais, comportamento e expressões. Com o ator certo para o personagem certo, muitas vezes é mais fácil identificar um ator pelo nome do seu personagem ou papel em um filme do que por seu nome atual. Um dos exemplos mais comuns é o relacionamento de Morgan Freeman com seu papel como Deus em Bruce Almighty (2003), porque apesar de ter dado vida a um grande número de personagens durante sua carreira, milhões de pessoas o relacionam a Deus, graças a este filme. Outro caso é o de Wolverine, que tem sido repetidamente interpretado por Hugh Jackman desde o film X-Men (2000), até Logan (2017). Devido aos seus 18 anos interpretando o mesmo personagem, é muito difícil imaginar algum outro ator representando ao mutante Wolverine. Também dentro do mundo dos super-heróis da Marvel está Robert Downey Jr., que interpreta Tony Stark / Iron Man desde 2008, começando com o primeiro filme da Marvel para este personagem Iron Man (2008), até a atual Avengers: Infinity War (2018).

Certamente, o cinema é uma arte muito complexa que precisa de muita prática por parte de um diretor, e através do uso de ferramentas como as mencionadas acima, as histórias ganham vida e saem da imaginação dos diretores para encher aos espectadores de emoções e sentimentos, ganhando o seu lugar na história do cinema e nos corações do seu público.

FONTE DE IMAGENS: Pixabay.com

Conheça novas formas de tortura do mundo moderno

Sabemos que a tortura existe a bastante tempo, mas você sabia que nos dias de hoje esse método ainda é usado, seja para punir ou para conseguir alguma informação? Vamos torcer para que isso acabe logo e, enquanto isso, é importante falarmos para que todos tenham conhecimento sobre as novas formas de tortura.

Nesse texto escolhemos 25, mas existem tantas outras que não sabemos.

Enterrado vivo

Não há muito a ser dito sobre este. Prisioneiros são enterrados vivos (e às vezes recebem canudinhos para respirar). Eles podem ou não ser deixados no chão.

Em 2014, o ISIS enterrou mulheres yazidis e crianças vivas em uma tentativa de acabar com a tribo Yazidi.

O parafuso de dedos

Um dispositivo que era usado para esmagar os dedos do prisioneiro, os parafusos de dedo são usados desde os tempos medievais. O parafuso também foi aplicado para esmagar os dedões dos prisioneiros. As barras de esmagamento eram às vezes revestidas com pontas afiadas de metal para perfurar os polegares e infligir maior dor nos leitos ungueais. Dispositivos maiores e mais pesados baseados no mesmo princípio de design foram aplicados para esmagar os pés.

Há relatos de várias gangues e grupos rebeldes que ainda usam esse método.

Extraindo a unha

 

Tão benigna quanto isso soa, ter as unhas arrancadas é terrivelmente doloroso. Esta técnica tem sido usada desde o início da história registrada por gangues, máfias, etc.

Fontes medievais descreveram o difícil processo de interrogatório conduzido colocando o prisioneiro sobre uma mesa – prendendo as mãos por correntes ao redor dos pulsos e os pés descalços por correntes ao redor dos tornozelos – e usando uma pinça ou alicate de metal – muitas vezes aquecido em brasa – para segure individualmente cada prego, por vez, e retire-o lentamente do leito ungueal antes de arrancá-lo do dedo ou dedo do pé. Uma variante mais dolorosa usada na Espanha medieval foi realizada pela introdução de uma cunha afiada de madeira ou metal entre a carne e cada unha e martelando lentamente a cunha sob a unha até que ela fosse arrancada.

Strappado

Este método foi empregado com bastante frequência durante o Renascimento, mas na era moderna, passou a ser conhecido como suspensão palestina.

As mãos do prisioneiro são amarradas atrás das costas e suspensas por uma corda presa aos pulsos, resultando tipicamente em ombros deslocados. Os pesos podem ser adicionados ao corpo para intensificar o efeito e aumentar a dor. Esse tipo de tortura geralmente não duraria mais de uma hora, sem descanso, já que provavelmente resultaria em morte.

Talvez sem surpresa, isso dificulta muito a respiração.

O agachamento

Pode parecer benigno, mas imagine agachado por semanas a fio. Às vezes, as unhas são colocadas sob os saltos das vítimas, então elas também precisam manter os calcanhares no chão.

Uma vítima é forçada a se agachar ainda por muito tempo, muitas vezes por muitos dias. Essa punição é frequentemente combinada com a privação de comida, água, sono e o uso do banheiro. Essa tortura pode resultar em má circulação sanguínea nos membros inferiores, espasmos musculares e danos nos nervos.

Quarto d’água

Supostamente usado contra praticantes do Falun Gong na China, esse método de tortura envolve colocar a vítima em uma cela (às vezes forrada com pontas) e depois encher parcialmente a cela com água suja até o pescoço do prisioneiro.

Cela Fria

Essa é uma das poucas técnicas de interrogatório “aprimoradas” que a CIA está, de fato, autorizada a usar. A cela fria envolve colocar o prisioneiro na frente de um aparelho de ar condicionado funcionando a todo vapor… às vezes por anos sem parar (supostamente).

Estupro de cachorro

Alegações deste método de tortura surgiram em todo o mundo no século passado em vários momentos. O nome do método não deixa muito para a imaginação e para ser honesto … é exatamente o que parece. Cães são libertados no prisioneiro. O resultado você já deve estar imaginando. Nós não entraremos em detalhes.

A caixa síria

Este também foi chamado de “câmara de tortura”. O conceito é horripilante, mas também bastante simples. O prisioneiro é colocado em uma caixa em que mal há espaço e deixado sozinho por dias a fio.

Chicote de 9 unhas

O mesmo dispositivo de chicoteamento que foi usado em Jesus de Nazaré ainda está sendo usado hoje. Embora a Corte Interamericana de Direitos Humanos tenha pressionado Trinidad e Tobago a pôr fim à prática, ela ainda está sendo usada de tempos em tempos.

Nota: a pior parte sobre o chicote é que ele tem garras de metal no final. Estes se cravam na pele quando a vítima é chicoteada e depois forçosamente arrancada.

A cadeira alemã

Esta é uma das técnicas de tortura preferidas usadas pelo ISIS. Quando um detento é capturado, ele é colocado em uma cadeira de metal. Suas pernas e braços estão presos ao assento de metal enquanto as costas da cadeira são puxadas para trás e para baixo em direção ao chão. Isso causa estresse severo na coluna, pescoço e outros membros, causando danos permanentes. Basicamente, se suas costas não quebram, você é mais que humano.

Tortura Branca

Possivelmente uma das formas mais estranhas de tortura em nossa lista, a tortura branca envolve … você adivinhou … a brancura. E muito disso. Na verdade, todo o quarto do prisioneiro é branco. Sua comida é branca (arroz). E o seu não é nenhum barulho. Nenhum contato humano. Nada. É a forma final de privação sensorial.

O telefone Tucker

Este dispositivo de choque elétrico foi usado em prisioneiros na Tucker State Prison Farm, em Arkansas, durante os anos 60. O dispositivo (e não estamos brincando) dava choques nos genitais das vítimas. Conseguir um telefonema de longa distância significava que você recebeu inúmeros choque repetidamente.

Picana

Adotado a partir da marca de gado, este dispositivo é projetado para dar choques elétricos durante a tortura.

A vítima é despida e então amarrada a uma cadeira ou mesa ou pendurada de cabeça para baixo pelos tornozelos. Muitas vezes água é jogada sobre a vítima para reduzir a resistência elétrica da pele e aumentar o efeito dos choques. Duas pessoas operam a picana. Um ajusta o controle do reostato para aumentar ou diminuir a voltagem. O outro segura a picana e aplica sua ponta a lugares sensíveis no corpo nu da vítima, como a cabeça, boca, genitais, seios e mamilos.

A característica distinta da picana é que os choques são de alta tensão e baixa corrente. A alta voltagem significa que os choques são amplos, mas a baixa corrente significa que eles são menos propensos a matar a vítima, possibilitando mais sessões de tortura e muitos outros choques a serem dados do que com dispositivos de tortura mais elevados.

Banco do tigre

A China gosta de usar esse método em dissidentes políticos. Isso funciona, colocando um prisioneiro em um banco longo, com uma placa contra as costas e cabeça. O prisioneiro é então amarrado de modo que suas costas fiquem presas ao tabuleiro e seus pés e pernas estejam presos ao banco. Em seguida, os tijolos são colocados sob os pés, até que todas as correias segurem as pernas para baixo – ou as pernas do prisioneiro se estalam antes das alças.

Shuanggui

Este é o termo usado para descrever a disciplina interna pelo Partido Comunista Chinês. O que isso implica é envolto em mistério porque suas vítimas geralmente desaparecem e são torturadas. O pouco que foi descrito inclui a privação de necessidades humanas básicas e contato, bem como abuso físico. Às vezes eles não voltam.

No início de 2014, Zhou Wangyan forneceu uma descrição detalhada de seu tempo sob shuanggui. Ele disse à Associated Press que havia sido severamente torturado durante o interrogatório, em um esforço para fazê-lo confessar suborno que ele diz não ter participado.

Os interrogadores do Partido Comunista forçaram as pernas a se separar até que o osso da coxa esquerda estalou com um ruído alto. Zhou disse que ele foi privado de sono e comida, quase afogado, chicoteado com fios e forçado a consumir fezes. Outros oficiais do partido disseram à Associated Press que eles foram “transformados em sacos de pancada humanos, amarrados pelos pulsos de janelas altas, ou arrastados pelo chão, de bruços, pelos pés.

Waterboarding

Esta é outra técnica de interrogatório “aprimorada” que provavelmente não precisa de introdução. Simulando a experiência do afogamento, uma pessoa é amarrada, com a rosto para cima, a uma tábua que se inclina para baixo na cabeça, enquanto grandes quantidades de água são despejadas sobre a face nas passagens respiratórias. A prática foi proibida em 2006 pelo governo Bush.

Cama da morte

Supostamente usado em algumas regiões da Ásia, os prisioneiros são tipicamente amarrados a uma mesa e deixados sozinhos por dias a fio. Isso geralmente leva à atrofia muscular e foi usado para presos políticos antes de sua sentença (geralmente a morte). Como seus músculos ficaram tão fracos, os prisioneiros costumavam parecer muito fracos diante do governo, enviando assim um sinal para outros dissidentes.

Tasers

Embora sejam frequentemente utilizados pelas forças policiais em todo o mundo, várias organizações internacionais, incluindo a ONU, consideram-nas uma forma de tortura.

Eric Hammock, do Texas, morreu em abril de 2005 após receber mais de 20 choques Taser por policiais de Fort Worth. Maurice Cunningham, da Carolina do Sul, que era um preso no Centro de Detenção do Condado de Lancaster, foi submetido a um choque contínuo por 2 minutos e 49 segundos, o que, segundo um médico legista, causou arritmia cardíaca e sua morte subsequente. Ele tinha 29 anos e não tinha álcool ou drogas em seu sistema.

Tortura Musical

Pode parecer loucura, mas vários governos são conhecidos por usar algo chamado tortura musical.

As Nações Unidas e a Corte Européia de Direitos Humanos proibiram o uso de música em alto volume nos interrogatórios. O termo tortura às vezes é usado para descrever a prática. Embora seja reconhecido por especialistas em interrogatórios dos EUA que causa desconforto, também tem sido caracterizado por eles como não causando “efeitos a longo prazo”.

Música e som costumam ser usados como parte de uma combinação de métodos de interrogatório, hoje reconhecidos por orgãos internacionais como sendo de tortura. Atacando todos os sentidos sem deixar rastros visíveis, eles formaram a base da tortura amplamente discutida em Guantánamo e Abu Ghraib.

Pelourinho

Este é o clássico tratamento prisioneiro medieval. Embora tenha sido proibido na maioria dos países, ainda é usado em algumas regiões do mundo como uma forma de humilhação pública.

O pelourinho é um dispositivo feito de uma estrutura de madeira ou metal erigida em um poste, com buracos para segurar a cabeça e as mãos, antigamente usadas para punição por humilhação pública e muitas vezes abuso físico adicional.

Alimentação forçada

Muitas vezes, os prisioneiros em greve de fome são alimentados à força a fim de mantê-los vivos (para serem mais torturados). A Associação Médica Mundial afirma que não é ético para um médico participar da alimentação forçada. Basicamente, viola a lei internacional.

Em 6 de dezembro de 2006, o Tribunal de Crimes de Guerra das Nações Unidas em Haia aprovou o uso da alimentação forçada do político sérvio Vojislav Šešelj. Decidiram que não se tratava de “tortura, tratamento desumano ou degradante, se houver necessidade médica de fazê-lo … e se a maneira pela qual o detido é forçado não é desumana ou degradante”.

Privação de sono

Você acha que a faculdade foi ruim? Imagine não poder dormir. Como sempre. Apesar de não ter nenhuma “agresssão física”, privar alguém de dormir pode levar a alucinações, psicose e esquizofrenia, para não mencionar declarações desordenadas e irracionais diretamente da boca de um cativo. Era também uma forma de interrogatório. Foi dado como ilegal nos Estados Unidos em 2009.

Confinamento do Inferno

Essa técnica é popular entre as forças policiais na China. O Hell Confinement usa um dispositivo que inclui um par de algemas e um par de algemas para os pés, ambos ligados a uma barra de aço. A haste pressiona as costas do prisioneiro, tornando quase impossível andar, sentar, usar o banheiro ou até mesmo se alimentar.

Ferro de Branding

Outro método de tortura que foi adotado no mundo da pecuária, a marcação de humanos existe há séculos.

26 fatos que você não sabe sobre LeBron James, o maior jogador de basquete da atualidade

Cleveland Cavaliers' LeBron James poses for a portrait during the NBA basketball team media day, Monday, Sept. 25, 2017, in Independence, Ohio. (AP Photo/Ron Schwane) ORG XMIT: OHRS10

Desde os tempos de colégio, os amantes do basquete já sabiam quem era LeBron James. Mas e você, conhece LeBron? Hoje em dia é difícil passar despercebido, especialmente quando você é um dos atletas mais reconhecidos do mundo de hoje. Mas talvez haja alguma coisa que você não conhece sobre o homem da cidade Akron, no estado americano de Ohio.

Da sua infância difícil que o transformou em jogador dominante que você vê na NBA – Liga Americana de Basquete – hoje, ao momento em que ele quase quebrou o pescoço, há muitas coisas que você pode não saber sobre “o Rei”. Como MVP – título de melhor jogador do campeonato – da temporada regular de quatro vezes e o duas vezes campeão da NBA , compilamos uma lista das 26 coisas que você não sabia sobre LeBron James.

1- No quarto ano do ensino fundamental, ele perdeu 82 dos 160 dias escolares.

A mãe de LeBron, Gloria James, passou sete dias na prisão do condado por cometer crimes pequenos como transgressão e conduta desordenada. Como resultado, James ficou muito envergonhado de ir à escola e perdeu a maioria do quarto ano. James compensa no ano seguinte com uma participação perfeita no quinto ano.

2- O Grupo Internacional de Gestão analisou LeBron já no nono ano.

Com o monitoramento dos esportes hoje em dia, parece que IMG estava um pouco atrasada.

3- O ortopedista e treinador pessoal de Michael Jordan ajudou a reabilitação de LeBron depois que ele quebrou o pulso em um jogo de futebol americano em Chicago.

LeBron quebrou o pulso da mão esquerda em um jogo de uma liga amadora de futebol americano no verão antes de seu último ano escolar. Isso fez com que a futura escolha n° 1 do draft quase parasse de jogar basquete, mas fez com que ele finalizasse sua carreira no futebol americano.

4- LeBron tentou se declarar para o Draft da NBA antes de seu último ano no ensino médio.

Após perder a final do Campeonato da Divisão II (e um Prêmio Gatorade do Jogador Nacional do Ano), LeBron tentou fazer uma petição na NBA. Antes que a regra “one-and-done” da NBA fosse implementada em 2006, ninguém poderia ser draftado até que se graduassem do ensino médio.

5- Depois de superar a altura de 1,98m de Jordan, ele se recusou a se medir.

No verão anterior ao seu segundo ano do ensino médio, LeBron cresceu mais de seis centímetros. Depois disso, James se recusou a ser medido porque queria manter o anonimato, dizendo: “Não quero que ninguém conheça minha identidade. Eu sou como um super-herói. Me chamem de: “Homem de basquete”. Segredo difícil de manter quando você é tão alto e o melhor jogador de basquete do país.

6- O matéria favorita de LeBron no ensino médio era Ciências.

Nós achamos que esses óculos espessos não são apenas para mostrar.

7- LeBron e MJ são os únicos jogadores a conquistar um MVP de temporada regular, MVP de finais da NBA e uma medalha de ouro olímpica no mesmo ano.

James completou a tríplice coroa em 2012 depois de ganhar seu primeiro título da NBA aos 27 anos. Michael Jordan fez isso em 1992 depois de ganhar seu segundo título aos 29 anos. E que o debate continue.

8- LeBron e Kareem Abdul-Jabbar são os únicos dois jogadores a ganhar pelo menos dois prêmios MVP por 25.

A lenda da NBA anteriormente conhecida como Lew Alcindor ganhou o prÊmio em 1970-71 com o Milwaukee Bucks. LeBron James agarrou sua primeira honra MVP em 2008-09 com os Cavs. Qualquer um que questionou se LeBron estava adequadamente preparado sem a experiência do basquete universitário deveria estar comendo corvo agora.

9- Seu primeiro Nike foi inspirado no Hummer H2 depois do escândalo que envolveu sua mãe e o fato de ela ter lhe comprado carro no colégio.

Depois de conseguir um empréstimo, sua mãe usou o dinheiro para comprar o Hummer H2 para LeBron. Nós nos perguntamos se ela só teve de dizer que seu filho era o “The Chosen One” da NBA para obter aprovação do banco.

10- LeBron serviu uma suspensão de um jogo no colégio para receber camisetas antigas.

Em alguma hora da vida, iremos entender as regras dos esportes amadores. Ou, talvez não.

11- Na sua volta ao Cleveland Cavaliers, LeBron teria perdido as apresentações porque usava o banheiro.

O rei foi ao trono ou tremeu? De qualquer forma, o rei tomou a decisão certa.

12- LeBron quase ficou de fora da seleção americana de 2008 porque “ninguém conseguiu marcar James quando ele tinha 19 anos nas Olimpíadas de Atenas de 2004, nem o Campeonato Mundial de 2006 com 21”.

O coordenador da equipe de basquete dos EUA, Jerry Colangelo e o treinador Mike Krzyzewski achavam que tinham um ouro trancado simplesmente adicionando Kobe. Isso tornou LeBron dispensável. Não é surpreendente descobrir um garoto tão talentoso como James teve sua parcela justa de “facilitadores”. Então, a Team USA usou Jason Kidd como o experiente veterano para ensinar LeBron a se comportar durante o Torneio das Américas de 2007.

13- LeBron é um dos donos do Liverpool FC.

Se você tiver alguns milhões “de sobra”, sugerimos que você faça o mesmo. LeBron ficou sensibilizado pela humildade e pelo sucesso do clube de futebol, dizendo: “18 campeonatos!!! Vejo-me tentando fazer as mesmas coisas que eles”. Já são 3, faltam ainda 15. E Lebron continua no auge. Será que ele consegue?

14- O rap “Blow the Whistle” de Jay-Z foi em defesa de LeBron depois que “o rei” foi chamado supervalorizado por DeShawn Stevenson

Vale a pena ter amigos famosos e artistas. Ouça atentamente enquanto Jay aconselha LeBron a dormir com a namorada de Stevenson. Mantenha a Classe, Jay.

15- LeBron derrubou um aro durante um treino em 16 de novembro de 2002 em Stow, Ohio e, de acordo com a ESPN, ele quase quebrou o pescoço.

https://www.youtube.com/watch?v=S54gFRGVA6k

Claro que o treinador da equipe queria saber se LeBron estava bem, mas será que alguém pensou no aro e na tabela quebrada?

16- Ele chegou a morar com seu treinador do time de futebol PeeWee, Frankie Walker e sua família

LeBron também credita o treinador Walker por tê-lo apresentado ao basquete.

17- Ele tem uma tradição de comer bolo de chocolate alemão para seu aniversário

Esta foi uma tradição que começou quando ele estava morando com o treinador Walker.

18- Michael Jordan queria que ele assistisse aos seus treinos em Chicago no verão antes de seu penúltimo ano na escola.

No final dos treinos, Jordan deu a LeBron seu número de celular, mas os amigos de James pegaram o número de telefone da MJ, ligaram e depois desligaram. Não muito tempo depois, Jordan trocou de número. Mr. Airness deveria saber que isso provavelmente iria acontecer.

19- Inicialmente, ele usava o número 32 no ensino médio porque seu segundo jogador favorito, o Dr. J, “usava o primeiro”.

O Dr. J parou de jogar quando LeBron tinha dois anos de idade, por isso sempre achamos estranho quando o jogador favorito de alguém se aposenta antes de ele poder ler e escrever. Mas poxa, pelo menos, Lebron dá crédito às lendas. Ele também usou o No. 23 de Jordan antes de ele se aposentar  e dizer a NBA inteira deveria retirar o número.

20- Ele tem um aperto de mão secreto com Jay-Z.

Isso faz com que todos os outros apertos de mão secretos se sintam obsoletos. Além disso, LeBron usou esse momento para apresentar Norris Cole a Jay.

21- Durante um jogo entre professores e alunos na 8º ano, ele pegou a bola em um contra ataque e deu sua primeira enterrada

LeBron tinha 1,80m de altura quando estava no 8º ano na Riedinger Middle School em Akron, Ohio. O único coisa que teria sido melhor é enterrar sobre o diretor. Talvez Lebron estivesse meio bravo por terem errado seu nome no livro do colégio.

22- Usou o No. 6 em Miami porque “meu primeiro filho nasceu em 6 de outubro, é meu número olímpico e meu segundo filho nasceu em junho”.

Era hora de The Chosen One forjar seu próprio caminho de qualquer maneira.

23- Seu treinador do ensino médio o fez fazer 10 flexões toda vez que ele falava palavrão

Quem disse que o treinador de LeBron no ensino médio tinha mais coragem que o Coach Spoelstra?

24- Em seu último ano do ensino médio, ele participou do Adidas ABCD Camp usando tênis Nike e no Nike All-American Camp usando tênis Adidas

Quando você é o Rei, você faz o que quiser.

25- Ele escreve e come com a mão esquerda, mas arremessa com a mão direita.

Deus nos ajude a todos se ele acabar com isso.

26 -Ele também teve uma parte das ações da Beats Eletronics

A marca foi vendida à Apple em junho de 2014 por US $ 3 bilhões. Isso significou que ele recebeu um montante de aproximadamente $ 30 milhões de dólares em dinheiro e ações. Parece que ele estará superando a lista da Forbes para o atleta mais bem pago de todos os tempos.

Afinal: celular causa câncer?

É sabido que o telefone celular emite radiação eletromagnética e que uns dizem que causam problemas e outros dizem que não causam.

A Agência Internacional de Pesquisa em Câncer disse que a radiofrequência eletromagnética pode ser cancerígena aos humanos. Os resultados foram parecidos com um estudo feito pelo Jornal da Sociedade Americana de Oncologia em 2009.

No final de 2017, o Departamento de Saúde Pública da Califórnia, nos Estados Unidos (CDPH) emitiu uma advertência contra os perigos da radiação do celular.

O CDPH pede que as pessoas diminuam o uso desses dispositivos e sugere manter distância quando possível. “Embora a ciência ainda esteja evoluindo, há preocupação de alguns profissionais da saúde pública em relação à exposição em longo prazo e alto uso da energia emitida por telefones celulares”, disse a Dra. Karen Smith, diretora do CDPH.

A Dra. Devra Davis, autora do livro Disconnect: A verdade sobre a radiação do telefone celular, o que a indústria está fazendo para escondê-la e como proteger sua família traz algumas dicas para fugir da radiação do celular.

Se você tem costume de dormir com o celular do lado, repense. É aconselhável que o telefone fique em modo avião ou desligado. Caso você dependa de ligações durante a noite, quanto mais longe o aparelho ficar, melhor.

Em 2016, o professor da UC Berkeley, Joel Moskowitz, processou o Estado para que o Departamento de Saúde Pública divulgasse as descobertas feitas no estudo de 2009, depois que ele começou a examinar se o uso de telefones celulares aumentava o risco de tumores.

Um rascunho do documento foi lançado em março de 2017, mas a versão final é mais extensa.

“Os fabricantes de celulares querem que você mantenha uma distância mínima entre seu corpo e é você quem deve descobrir qual é essa distância”, disse Moskowitz a uma estação de rádio local, logo após a liberação do rascunho. “Se você mantiver o dispositivo perto de seu corpo, você excederá os limites de segurança fornecidos pela FCC”.

Segundo a Dr. Davis, nosso corpo absorve radiação de acordo com a distância. Isso vale para crianças que tem ossos mais finos que não são tão eficazes na proteção da radiação vinda do celular. Ela sugere que as crianças usem fones de ouvido para ficarem longe do aparelho.

De acordo com o site da Comissão Federal de Comunicação (FCC), não existe um padrão nacional desenvolvido para os limites de segurança. No entanto, a agência exige que os fabricantes de telefones celulares assegurem que todos os telefones atendam aos “limites objetivos para uma exposição segura”.

O CDPH recomenda não falar por muito tempo no telefone mantendo o uso baixo principalmente se houver duas barras ou menos de sinal. Quanto menos sinal, mais “força” o celular faz para buscar torre e mais radiação ele libera. Outra recomendação é não ficar com a parte de trás do telefone encostada no corpo. Segundo estudos, essa parte libera mais radiação.

Outras organizações alertaram sobre os perigos da exposição à radiação do telefone celular, incluindo o Departamento de Saúde Pública de do estado americano de Connecticut, que emitiu recomendações semelhantes em maio de 2015.

A Dra. Davis também sugere que as ligações feitas com aparelhos celulares se limitem a dez minutos ou menos. Caso a conversa projete-se ser mais longa, o indicado é usar uma linha fixa. Ela também fala que trocar o telefone de lado, ora na direita, ora na esquerda e não colocá-lo diretamente na orelha. A maioria dos celulares emite mais radiação no começo das ligações quando a conexão está sendo estabelecida.

No entanto, Moskowitz mantém que a maioria das agências estatais e federais de saúde não seguiram as indicações da pesquisa. “A preponderância da pesquisa indica que a radiação do telefone celular representa um grande risco para a saúde”, disse ele em um comunicado.

Em contra partida, Salvatore Insinga, neurocirurgião do Instituto Northwell de Neurociência  em Manhasset, Nova Iorque, diz que não há dados suficientes que sugiram que as pessoas diminuam o uso do celular. E a FCC não consegue endossar essas práticas e afirma que “nenhuma evidência científica atualmente estabelece um vínculo definitivo entre o uso de dispositivos sem fio e o câncer”.

10 lugares bem sinistros espalhados pelo mundo que ainda são desconhecidos por turistas

Recentemente, mandamos uma lista com pontes bastante sinistras que os mais corajosos se animariam em conhecer. Se você é daqueles aventureiros, que sempre busca lugares novos e desafiadores para conhecer, que tal essa lista de lugares desconhecidos pelo mundo?

Será que você consegue levar alguém junto ou vai ter de ir sozinho. E indo sozinho, você teria coragem?

1 – A ilha das bonecas – Cidade do México, México.

lugares desconhecidos A ilha das bonecas

Segundo a lenda, uma garotinha se afogou nessa região. Tempos depois, seu pai encontrou uma boneca perto do local da tragédia e decidiu que a alma da menina se transferira para o brinquedo, então ele a pendurou em uma árvore próxima. Ele passou a recolher bonecas abandonadas e as trouxe para a ilha. Eventualmente, ele mesmo deixou sua família para viver neste lugar assombrado.

Informações turísticas: você pode passar a noite chalé do pai. Ao lado da cama em que você deitar estará “sua filha” (uma boneca de tamanho natural). Mas, à medida que a noite chega, você vai precisar de toda sua coragem para suportar a companhia das bonecas com seus olhos vidrados …