O que aconteceria se a Terra parasse de girar?

Em algum momento da sua breve existência você já imaginou o que aconteceria se a Terra parasse de girar do nada? Bom, se você não pensou, alguém o fez e enviou a pergunta ao pessoal do site Ask a Mathematician/Ask a Physicist, que gentilmente pensou em algumas possibilidades e publicou uma interessante resposta.

Se a Terra parasse abruptamente de girar — Deus nos livre dessa tragédia! —, a humanidade se veria em um tremendo apuro. Basicamente, segundo o site, nos polos não aconteceria muita coisa, mas quanto mais próximo da Linha do Equador, maior seria a mudança de velocidade. Nessa região do planeta, tudo e todo mundo começaria a se mover para o leste a mais de 1.600 km/h (ou a 1,4 mach).

Além disso, todas as massas de terra próximas à Linha do Equador seriam varridas pelas águas dos oceanos, que passariam sobre elas “lavando” tudo o que encontrassem pelo caminho. Mas, deixando o cenário trágico de lado, e a força inercial centrífuga — ocasionada pelo giro da Terra — combinada com a gravidade, como ela influenciaria as pessoas e o tudo o que existe na superfície do planeta?

Leve ou pesado?

Apesar de a força centrífuga — vamos nos referir a ela dessa forma para simplificar — resultante do movimento de rotação não exercer influência direta sobre a gravidade, ela pode desequilibrar um pouco as coisas. Caso você não saiba, na Linha do Equador os objetos pesam um pouquinho menos do que nos polos (exatamente 0,35% menos), e também é ali que a força centrífuga é mais forte. Em outras palavras, tudo seria um pouquinho mais leve.

Considerando (hipoteticamente) que a Terra é perfeitamente redonda e que ela não possui nenhuma inclinação, a força centrífuga apontaria para o sentido oposto do eixo do nosso planeta, enquanto a gravidade, ao contrário, sempre apontaria para o centro. A partir disso, podemos assumir que, em algum ponto entre os polos — onde a força centrífuga seria igual a zero — e a Linha do Equador, existiria um ponto no qual essa força apontaria mais para a lateral.

Tudo inclinado

Curiosamente — ou tragicamente, você decide — esse ponto se encontra nas latitudes 45° norte e sul da Terra, e é justamente nessas latitudes que se encontra a Europa, por exemplo. Assim, se o nosso planeta parasse de girar, todos os edifícios nessas latitudes teriam que ser construídos ligeiramente inclinados. Se você se lembrou da Torre de Pisa, sentimos informar que, infelizmente, ela está inclinada para o lado errado.

Com relação à superfície do nosso planeta — que é basicamente fluida —, depois da parada brusca, a força centrífuga deixaria de existir, deixando-nos apenas à mercê da força da gravidade. Assim, com o tempo, a sua ação tornaria a Terra ainda mais redonda, e eventualmente o nosso planeta passaria a apresentar um formato perfeitamente esférico.

Eu acredito que, na verdade, se a Terra um dia parasse de girar abruptamente, as consequências poderiam ser muito mais desastrosas, incluindo fenômenos meteorológicos colossais, terríveis influências sobre o comportamento de espécies animais e destruição generalizada. E você, leitor, o que acha que aconteceria?

Compartilhe