Livros para quem tem 20 e poucos anos (ou quem passou e não leu) – Parte Final

Chegamos ao final de lista de sugestão de livros que você precisa ler.

Nessa parte, são livros de histórias reais ou biografias. Vale a pena. E se você não viu as outras sugestões, tem aqui, aqui, nesse link aqui e aqui também.

  1. “A sangue frio”, Truman Capote

Prepare-se para ficar completamente sem fôlego e não conseguir parar de ler a história real do assassinato do fazendeiro Herbert Clutter, sua esposa Bonnie e os filhos Nancy e Kenyon. Este livro inventou (literalmente) o jornalismo literário e, não à toa, até hoje é um dos melhores do gênero.

  1. “Rita Lee – Uma autobiografia”

Da primeira à última página é como se a cantora sentasse com você no bar ou na sala da sua casa e contasse os melhores momentos da vida dela sem filtros, com emoção e sem medo de rir de si mesma. Imperdível para fãs da cantora ou não.

  1. “Vida”, Keith Richards

Há quem diga que, com essa história de vida, ele já deveria estar morto, mas Keith segue firme e forte comandando a guitarra dos Rolling Stones. Só isso é argumento suficiente para te convencer a ler a autobiografia e um dos poucos rockstars do mundo com mais de 50 anos de carreira.

  1. “O livro amarelo do terminal”, Vanessa Barbara

As histórias da escritora Vanessa Barbara têm o poder de transformar o Terminal Rodoviário do Tietê, um lugar de passagem sem a menor graça, em um dos lugares mais interessantes do mundo.

  1. “O irmão alemão”, Chico Buarque

Quando tinha 22 anos, Chico Buarque descobriu que tinha um irmão perdido na Alemanha enquanto conversava com Vinícius de Moraes. Em busca desse irmão, ele acabou escrevendo um livro maravilhoso. Em muitos momentos, o leitor fica em dúvida sobre o que exatamente é ficção e o que é realidade.

  1. “Steve Jobs”, Walter Isaacson

Estamos falando do cara que inventou o iPod, o iPhone, o Mac, a Apple. Pode encarar as 586 páginas do livro, não tem como não ser interessante.

Leave a comment: