Venha conhecer mais 5 lendas urbanas assustadoras – parte 7

Por: - 01/02/2017
Lendas urbanas

Lendas urbanas: ainda temos muitas para apresentar para vocês. Mais uma vez vamos trazer 5 histórias aterrorizantes que são contadas em várias partes do mundo. Você acredita nelas? Ou acha que todas não passam de contou inventados para assustar algumas pessoas? Independentemente de qual seja sua opinião, fato é que algumas dessas histórias são realmente assustadoras. Portanto, prepare-se!

1. Crocodilos na tubulação

Lendas urbanas

As tubulações subterrâneas de água e esgoto de Nova York estariam infestadas de crocodilos assassinos. Eles teriam vindo da Flórida, como animais de estimação. Mas foram se tornando grandes e violentos demais, e os antigos donos os soltaram nos esgotos. Este mito foi criado por jornais sensacionalistas nos anos 1930, e resiste firme e forte até hoje.

2. Não come isso!

Lendas urbanas

Coisas que você não pode fazer se não quiser ter um piripaque e bater a caçuleta, conforme as lendas urbanas: comer manga com leite; beber café depois tomar refrigerante; comer manga depois de feijoada; tomar banho depois de almoçar; comer feijão depois de ingerir jaca; comer jaca com manga; Sempre ocorre que um amigo do amigo do amigo morreu depois de ingerir tal mistura.

A mais clássica de todas é a mistura de Mentos e Coca-Cola, que dizem que dezenas de pessoas que arriscaram a façanha de consumir os dois produtos ao mesmo tempo, tiveram o seu estomago explodido. Claro, aconteceu com aquele cara, o amigo do amigo do amigo do amigo do vizinho do primo do vô do amigo.

3. A mulher da curva

Lendas urbanas

Também conhecida como “O fantasma da estrada”, consiste no aparecimento de uma jovem assim que você faz uma curva em uma estrada – alguns afirmam que ela aparece sempre em um mesmo dia e hora a cada ano, exatamente naquele em que teria morrido em um acidente de carro. Há duas versões diferentes. Na primeira, a jovem é reconhecida por um caminhoneiro que acaba morrendo no mesmo lugar onde ela perdeu a vida. Na segunda, a “mulher fantasma” adverte o condutor que esta curva a matou e desaparece.

4. Seringas do Inferno

Lendas urbanas

Se já recebeu uma corrente por e-mail, então deve conhecer essa história. Um exemplo é a lenda de que seringas foram espalhadas em cinemas de várias capitais do Brasil. As pessoas, sem perceber a presença do objeto, sentavam sobre ele e então descobriam que tinham acabado de serem infectadas pelo vírus da AIDS. Essa leva o Selo lenda urbana clássica!

5. Barghest

Lendas urbanas

Cães Negros fazem parte do folclore da Inglaterra onde são conhecidos por Barghest que aparecem para anunciar a morte, e são descritos como cães de cor preta, enormes, com grandes olhos vermelhos e incandescentes, que têm a estranha capacidade de desaparecer em um estalar de dedos. São seres sobrenaturais que costumam ser vistos em encruzilhadas, e são geralmente ligados ao inferno. Dizem que aparecem para carregar a alma do infeliz para o inferno. É importante ressaltar a semelhança desse cão com Cerberus, o guardião da porta do Inferno na Mitologia Grega, que tem um único ponto diferente dos Barguest’s: ele tinha três cabeças. De resto é igual em tudo.

Tenha acesso liberado ao melhor jornalismo da cidade. Assine o Maringá Post e fique bem informado. Saiba mais aqui.