Hipnose como um meio terapêutico

Hipnose como um meio terapêutico (3)

Hipnose como um meio terapêutico (3)

Fala galera linda! Tudo beleza?

Bem, hoje irei falar sobre um assunto que sempre me incomoda: Hipnose.

A “hipnoterapia” (hipnose como um meio terapêutico) tem sido praticada há milhares de anos pelos povos de outrora como os sumérios, egípcios, babilônios e pelos gregos antigos. Mas passado um tempo surgiram rumores de que a hipnose não era uma coisa tão séria quanto se divulgava, fato esse que muitos mantém esse veredicto até os dias de hoje. Alguns dos “pacientes” estavam convencidos de que, enquanto estavam em estado hipnótico “deuses” falavam com eles, mas na realidade tudo era feito por sacerdotes espertos que usavam as escondidas uma espécie de funil que projetava o som. Nos dias de hoje alguns ainda temem que a hipnose seja fútil ou até mesmo prejudicial, enquanto outros juram na sua eficácia clínica ou terapêutica.

Então quando vejo exibições de hipnose na televisão sempre me pergunto porque não poderia estar eu no lugar daqueles voluntários, só pra tirar a prova se tudo é verdade ou picaretagem. Só para vocês terem uma noção, pano pra manga e discutirem vejam esse vídeo sobre hipnose no programa Super Pop com o hipnólogo Tesser e João de Deus.

E aí, será isso verdade gente?

Agora só para finalizar meu post de hoje, quero dar um exemplo da hipnoterapia.

Muitos fumantes recorrem a hipnose com esperanças de deixar o vício, e se perguntam se funciona! Os terapeutas dizem que sim, mas nem sempre!

De acordo com os especialistas somente quando a pessoa tem a motivação e o desejo de parar com o vício, ou seja, a hipnose funciona precisamente com base na motivação do paciente. Se ele não quiser deixar de fumar, a hipnose não o vai obrigar. Se você quiser saber mais sobre a hipnose clínica clique aqui neste site especializado no assunto!

LEIA TAMBÉM  Fatos curiosos sobre Ben Affleck

Agora só pra descontrair um pouco fiquem com duas imagens sobre hipnose! E vamos debater galera, o que vocês pensam sobre o assunto?

Hipnose como um meio terapêutico (1)

Hipnose como um meio terapêutico (2)

Um grande abraço e até a próxima! 😉

Compartilhe