Conheça Oxana Malaya, a menina cachorro

Ela latia, tinha “quatro patas”, não falava, nem sabia andar. Hoje ela vive em um hospital psiquiátrico e trabalha em uma fazenda. Conheça a história de Oxana Malaya, a menina quem viveu como cachorro por mais de cinco anos e, por consequência, ganhou o nome de menina cachorro

Oxana Malaya, hoje com 33 anos de idade, é apenas uma das cerca de 100 pessoas conhecidas no mundo para ser uma criança selvagem, ou seja, criada com animais, de acordo com o The Age. Oxana nasceu em uma vila ucraniana. Seus pais eram alcoólatras e queriam um filho homem. Como isso não aconteceu, um belo dia resolveram deixar a menina para o lado de fora da casa. Provavelmente com frio, a história conta que ela se arrastou para uma casinha onde seus pais mantinham cachorros e começou a ser “criada” pelos animais.

menina cachorro

Cinco anos depois, um vizinho finalmente avisou as autoridades sobre uma criança que vivia com animais. Em 1991, a Malaya, com oito anos, não conseguia falar e exibia comportamentos parecidos com cães. Na hora de seu resgate, ela foi encontrada andando como os cachorros da casa, ou seja, de 4, com joelhos e mãos no chão e latindo.

Para sobreviver, aprendeu a comer carne crua e restos de comida. Para coçar atrás da orelha, usava o pé. Especialistas dizem que se a criança não aprender a falar até os 5 anos, o próprio cérebro cria um bloqueio e ela não aprende mais.

Anos depois, sua estranha criação surgiu em vários aspectos de sua vida, inclusive em seus relacionamentos. Malaya já mostrou a um namorado quais eram seus costumes diários, como ela andava e comia, enfim, como era sua vida como uma criança selvagem. Esse relacionamento não durou muito.

menina cachorro

“Eu esperava alguém muito menos humano”, disse o psicólogo infantil britânico Lyn Fry, um especialista em crianças selvagens, sobre a Malásia.

LEIA TAMBÉM  Os 25 tobogãs mais malucos do mundo

Fry visitou a Malaya na Ucrânia em 2006 em uma casa para deficientes mentais e descobriu que ela tinha a capacidade mental de uma criança de seis anos.

“Seu idioma é estranho. Ela fala como se fosse uma ordem”, disse Fry. “Não há cadência ou ritmo ou música em seu discurso, sem inflexão ou tom. Mas ela tem senso de humor. Ela gosta de ser o centro das atenções, para fazer as pessoas rirem. Exibir-se é uma habilidade surpreendente quando você considera sua história”.

Hoje em dia Malaya, supostamente, cuida de vacas na fazenda da casa onde ela reside. “(Sua experiência) Foi suja, terrivelmente deteriorada e primitiva”, disse Fry, “mas em termos ucranianos, hoje em dia, sua vida é muito desejável… Oxana está fazendo coisas  que ela sabe fazer muito bem”.

A história de Oxana recentemente viralizou, com muitos duvidando da legitimidade de sua criação.

“Crianças selvagens legitimas muitas vezes nunca recuperam a capacidade de falar normalmente ou ter vidas normais”, comentou um usuário da Reddit. “A falta de contato e socialização humana tem efeitos muito adversos para uma criança em desenvolvimento. Esta história me cheira embelezamento e parece que quer apenas chamar a atenção para desviar o foco de algum outro problema”.

Nesse vídeo, há uma entrevista com Oxana e com médicos.

Compartilhe